sexta-feira, 26 de novembro de 2010

PV NÃO AMARELA E ENCARA DESAFIO DE UM PROGRAMA PARA SP

PV-SP busca negociar com Governo Alckmin em cima de propostas de um programa de ação


O Partido Verde entregou nesta sexta-feira documento com propostas para um possível apoio ao governo de Geraldo Alckmin. O encontro com o PSDB no gabinete de transição dos tucanos contou com a presença do presidente estadual do PV Maurício Brusadin e do ex-candidato verde ao governo estadual, Fabio Feldmann, além de dirigentes e parlamentares da legenda. Outra alternativa, em caso de desacordo com PSDB, será a independência do PV-SP. De toda forma, há que ter muita cautela e precaução, argumentou o Coletivo Verde, pela experiência de acordos anteriores em cidades médias e pequenas do interior, por exemplo, como Franca, conseguido o apoio, partidos como o PSDB não cumprem nem priorizam o programa coimum de políticas públicas e ambientais. A posição crítica serve de prevenção e no caso de desacordo, o apoio do PV será retirado, a tempo de não se envolver com esta prática da velha política, o pragmatismo sem conteúdo.


 A perspectiva de Maurício Brusadin é defender o interesse da população e do PV num acordo
Fábio Feldmann articula o programa comum de ação entre PSDB e PV a bem de todos em SP

O programa comum
São 43 propostas para a elaboração de um programa comum de políticas públicas para o período 2010-2014 com o objetivo de alinhar três importantes vetores: crescimento econômico, qualidade de vida e uso sustentável dos recursos naturais.
O documento tem como base o programa de governo do Partido Verde para o estado de São Paulo na eleição deste ano e divide-se em quatro grandes tópicos: Compromissos estratégicos com o futuro de São Paulo; Políticas públicas inovadoras para o Governo de São Paulo; Agenda Legislativa comum e Estrutura institucional mínima para as mudanças.
Segundo o presidente estadual do Partido Verde, Mauricio Brusadin, através deste processo de discussão programática, o PV quer romper com o instrumento da política velha do leilão fisiológico por cargos. “Nossa utopia é instituir na política brasileira, nas composições de aliança, o leilão de idéias e propostas programáticas. As ideias contidas neste documento sintetizam a busca por um estado mais moderno e cosmopolita, preparando-se para os novos desafios do século XXI.”

Propostas verdes

Dos 43 itens apresentados no documento do PV, destacam-se algumas propostas:
Saúde: controle de alimentos ricos em açúcar, sal e gorduras como forma de combater a obesidade e outras doenças; prioridade para a saúde bucal com distribuição gratuita de creme dental, escova e fio dental; controle da qualidade do diesel comercializado no estado.
Meio Ambiente: Implantação do sistema de hidrovias na Região Metropolitana de São Paulo; despoluição dos rios Tietê e Pinheiros em oito anos; preparar São Paulo para a Rio +20 e manter os critérios definidos pelo Código Florestal Brasileiro.
Economia: incentivo à economia de baixa intensidade de carbono; incorporação das dimensões de felicidade e sustentabilidade ambiental nos indicadores do PIB (Produto Interno Bruto); incentivo à economia criativa.
Serviços Públicos: sistema de avaliação e metas de desempenho sob a perspectiva do usuário; criação da Agência Reguladora de Transportes Coletivos para as regiões metropolitanas; criação do Fórum Paulista de Economia Criativa e criação da Secretaria de Relações Internacionais, entre outras propostas.

Fontes: Notícias Verdes (www.pvsp.org.br)
             http://folhaverdenews.blogspot.com/
  

Um comentário:

  1. Por de tratar de política e de um partido relativamente tradicional, como o PSDB, cercado por políticos quase que somente pragmáticos, o PV tem que mesmo com um programa de ação comum se precaver, ter visão crítica e romper o acordo se houver demora ou dificuldade de se colocar em prática a base programática do apoio. O PV não amarelou, encara o desafio, mas tem que se cuidar para não se comprometer com eventuais erros e limites do novo governo paulista a partir de 2011.

    ResponderExcluir

Translation

translation