quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Em busca do Extraterrestre

Agora é a Argentina que faz investigação sobre Ovnis

A Força Aérea Argentina (FAA) decidiu criar uma comissão para registrar e investigar denúncias de aparecimento de Ovnis (Objetos Voadores Não identificados) no espaço aéreo do país, disse esta quarta-feira à AFP um porta-voz da instituição.

"A Comissão de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais está em processo de formação", disse o capitão Mariano Mohaupt, assessor de imprensa da FAA.
O militar revelou que a Força já tem registro de experiências vividas por alguns de seus pilotos e que não puderam ser explicados, mas "agora dá as cartas no assunto de um ponto de vista formal, profissional, que contribui para a sua própria missão, que é o controle do espaço aéreo".
A equipe será interdisciplinar, com meteorologistas, controladores de voo, pilotos e especialistas em radares, e será a receptora das denúncias feitas pelos cidadãos sobre fenômenos observados no espaço.
"Há muitíssimas denúncias que depois acabam se esclarecendo e ocorre que não se trata de fatos não convencionais", explicou Mohaupt.

Um sonho infantil?...

...Ou cultura cósmica do ser humano hoje?


Preocupação ou pesquisa mundial

Organizações deste tipo já existem em outros países da Europa, como França, Holanda, Rússia, do Oriente, na China, nos Estados Unidos e Canadá, no Cone Sul, como no Uruguai, onde funciona desde 1979 a Comissão Receptora e Investigadora de Denúncias de Objetos Voadores Não identificados, subordinada à Força Aérea.
Em agosto, finalmente o Brasil anunciou que o aparecimento de Ovnis no espaço aéreo do país será oficialmente registrado pelo Comando da Aeronáutica.
As autoridades instaram aos pilotos de aviões civis e militares, bem como os controladores do tráfego aéreo nacional, que relatem suas experiências ao organismo e também enviem provas documentais sobre objetos voadores não identificados.
Trata-se de um tema muito presente nos sonhos ou pelo menos na cultura da realidade presente, o ser humano abre-se para o Cosmos e busca comunicação com outras formas de vida ou mais alternativas de contato no Universo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translation

translation