quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Kayapós em São Paulo, arte futura em Franca, vegetarianos em Bancoc

Arte e luta pela liberdade e vida hoje em vários pontos do planeta

Aqui a arte do Século XXII tem o nome de Oscar

Nesta quarta-feira, 8 de dezembro, a partir das 20h30 na Casa da Cultura em Franca (rua Campos Salles, ao lado da escola estadual Coronel Francisco Martins, centro da cidade), o parto da exposição das gravuras digitais de Oscar Kellner:  você precisa ir lá, a mostra segue até o final do mês, conhecer os trabalhos que são a mais pura vanguarda cultural e de repente, fazer deles um Papai Noel de arte. Tem tudo a ver com o clima de Natal as criações futuristas de Oscar Kellner, que já lançou romance, prepara o lançamento de minicontos ("Quilombo de Palmeira") e foi pioneiro no Brasil dos poemas-processos, movimento que começou nos anos 60 e que agora ganha o seu tempo ideal.
Como já mostramos aqui, na outra notícia que fizemos sobre a exposição dias atrás, algumas das gravuras digitais, hoje, mostraremos alguns poemas-processos by Oscar Kellner, prá você ter uma noção da criatividade deste cara e do alcance desta tendência de arte, em que as imagens substituem mil palavras, sintetizando  - como na poesia da China  -  sentimentos e pensamentos na velocidade de agora. A arte de Oscar é planetária, feita aqui no interior do Brasil, entre Franca (SP) e a Serra da Canastra (MG).




Julian Assange, Wikileaks, Londres, Austrália, em nome da liberdade

O art-man da Folha Verde News Aguinaldo Lazarini irá documentar o acontecimento Oscar Kellner e enquanto isso, nosso editor de conteúdo participou online do Forum da BBC sobre a prisão do jornalista e hacker Julian Assange e da censura "multinacional" ao seu site Wikileaks. Neste Forum, com força internacional, levando um movimento pela libertação do jornalista censurado pelos Estados Unidos, a seguir o comentário feito pelo nosso colega aqui da Folha Verde News.
"Todas estas pressões ao jornalista e ao seu site Wikileaks, independentes, estão me parecendo ditatoriais e contrárias à liberdade de imprensa. As informações precisam ser livremente divulgadas, por mais críticas que sejam, para que os problemas, erros, limites sejam superados e o ser humano em todos os países possa criar o futuro de liberdade, ecologia e paz no planeta". Antônio de Pádua Padinha, Franca (SP, Brasil).
Nesta 4ª a boa notícia é que a Austrália, país de origem de Assange, ainda preso em Londres (até na Inglaterra, a terra do Direito, não existe Justiça?), a Austrália está dando um apoio ao jornalista perseguido, em nome de todos os que na Terra amam a liberdade de informação.

Momento da prisão em Londres do jornalista


John Lennon: suas idéias ainda vivem já que a violência continua matando


E por falar em liberdade e em perseguição política, exatamente neste 8 de dezembro são 30 anos do assassinato de John Lennon. Ele que morreu pregando a paz, imagine onde ele está neste momento?...

Peta, Bancoc, protesto contra uso de peles de animais em roupas, anti-moda


Na capital da Tainlândia, Bagkok (parece ser assim na língua nativa), o movimento da Não-Violência, sob a liderança dos vegetarianos fez mais uma performance pública e ecológica, por amor à vida. Confira, o grito da anti-moda por amor à vida.

Modelo ecologista cobra pela vida das vítimas animais
                                 
Exposição sobre Índios Kayapós inaugura galeria em São Paulo



Recorte de um trabalho desenvolvido nos últimos dez anos na Amazônia – o projeto "Guardiões da Floresta" –, onze fotos feitas por Rodrigo Petrella compõem a exposição “Índios Kayapós”, que marca, nesta quarta-feira, dia 8, a abertura de um novo espaço para as artes em São Paulo, a Paralelo Gallery.
Nos retratos, Petrella contou com a cooperação dos personagens para criar uma estética baseada na pintura clássica e, ao mesmo tempo, preservar elementos da cultura indígena. De repente, no meio do mato, uma espécie de arte que, ao invés da ameaça de extinção, está crescente nas melhores cidades do país e do planeta. Para o curador, o catalão Amador Grinyo, as obras "oferecem uma visão admirável e realista dos moradores da Amazônia, sem pretensões documentais ou antropológicas".
Com dimensões de 150 x 110 cm, as fotografias já foram expostas na Smithsonian Museum, em Nova York, e no Museu Imperial de Pequim, na China.


Quando: A partir desta quarta-feira, dia 8, às 18h. Até 5 de fevereiro de 2011. De segunda a sexta, das 10h às 19h. Sábados, das 11h às 15h
Onde: Paralelo Gallery (Rua Arthur de Azevedo, 986, Pinheiros)
Quanto: Grátis
Vale um toque a mais, os índios Kayapós, que foram dizimados ou expulsos da divisa entre São Paulo e Minas Gerais, entre o nordeste paulista e o sudoeste mineiro, atualmente sobrevivem no Pará, como explicou o índio Banhi-re, que (este da foto) estará ao vivo durante a mostra em Sampa sobre a sobrevida da Amazônia primitiva. A Amazônia ainda está viva ainda lá. Por enquanto, sim. A ecologia agradece.

Fontes: BBC
             http://www.redepv.ning.com/
             Band
             http://folhaverde.blogspot.com/

2 comentários:

  1. Hoje você está participando de uma das melhores edições da nossa Folha Verde News, informações a serviço da liberdade, da ecologia, ca criação do futuro e da paz.

    ResponderExcluir
  2. O kayapó Banhi-remostra que ele está vivo, sua cultura está viva, sua memória ancestral está viva, suas plantas de cura estão vivas, seus artesanatos estão vivos, sua arte está viva, sua vontade de viver está viva, seu conhecimento e visão de mundo estão vivos, sua liberdade está viva, sua vontade de trocar cultura está viva, mas sabe que sua vida corre perigo se tirarem dele seu peixe, suas plantas, suas florestas, seu alimento, tudo ficará morto mais dia menos dia se não ser cuidado por todos, os kayapó e os não indios que vivem no seu entorno e pelos governantes que se dizem pelo povo e por nós, cidadãos e cidadãs brasileiros, cuja uma das matrizes de formação é a indígena.
    Beijins de Luz e Paz e
    agradendo pela oportunidade
    Angela M. M. Pimenta
    Secretária de Formação do PV Franca

    ResponderExcluir

Translation

translation