sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

UM ACORDO AMBIENTAL BRASIL - CHINA?

Ministra de Meio Ambiente renova acordo com a China


A ministra do Meio Ambiente do já Governo Dilma Rousseff, Izabella Teixeira, fechou ainda na sexta-feira em Brasília, véspera da posse da nova Presidente do Brasil, um novo acordo de cooperação com a China. Em reunião com o ministro chinês dos Recursos Hídricos, Chen Lei, ela destacou a importância da parceria com aquele país, detentor de 6% da água do planeta, também o segundo maior PIB do mundo, além de ser um dos países mais poluídos da Terra.
“Vamos definir uma nova agenda de trabalho bilateral, explorando o nosso potencial de cooperação”, afirmou Izabella. Chen visita o Brasil na qualidade de chefe da missão diplomática e representante do presidente chinês, Hu Jintao, na posse hoje da Presidente Dilma Roussef.

A China tem grandes problemas ambientais

Ministra do Meio Ambiente busca saídas


Chen fala sobre mulher chinesa para Dilma
O novo entendimento prevê a ampliação da cooperação técnica em planejamento e gestão dos recursos hídricos, áreas onde o Brasil tem reconhecida excelência mundial. O ministro chinês afirmou que seu governo entende a parceria como estratégica e se colocou à disposição para o fortalecimento do intercâmbio bilateral. Na China, ganha destaque o fato de o Brasil vir a ser presidido por uma mulher a partir de agora, devido às tradições culturais e ancestrais chinesas, explicou Chen Lei.
Izabella lembrou o apoio da China em questões de relevante importância nos fóruns internacionais de biodiversidade e mudanças climáticas, as COPs 10 e 16, realizadas esse ano. Para ela, “não há dificuldades para o entendimento entre os dois países nas questões ambientais”. Chen convidou a ministra brasileira a visitar seu país durante o 4° Fórum do Desenvolvimento Regional do Rio Yangtze, que concentra a principal bacia hidrográfica chinesa. A proposta é que a delegação comandada por Izabella Teixeira possa fazer um relato da experiência brasileira em gestão de bacias e preservação dos recursos hídricos. A ministra defendeu a definição da agenda bilateral de forma mais ampla no que diz respeito ao meio ambiente. Para ela, é possível um alinhamento político e estratégico de forma a assegurar os avanços nas questões que envolvem o aquecimento global, o combate à poluição e a preservação dos recursos hídricos. Já o ministro Chen, afirmou que seu governo gostaria de aprofundar a cooperação, informando que a China já encaminhou ao Itamaraty uma proposta de renovação do memorando de cooperação. A expectativa é de que o governo brasileiro analise e aprove o documento até a próxima visita da delegação brasileira àquele país, prevista para o primeiro trimestre de 2011. A reunião será preparatória para o 6° Fórum Mundial da Água, que vai ocorrer em Marsélia, na França, em 2012. Fontes: MMA
             Ambiente Brasil
             http://folhaverdenews.blogspot.com/

Ministério da Proteção Ambiental da República Popular da China

Agency overview Resumo Agência
Preceding agency Precedendo agência State Environmental Protection Administration Administração Estatal de Proteção Ambiental
Jurisdiction Jurisdição People's Republic of China da República Popular da China
Headquarters Sede Beijing Pequim
Agency executive Agência Executiva Zhou Shengxian , Minister of Environmental Protection Zhou Shengxian , ministro da Proteção Ambiental
Parent agency Agência Pais State Council Conselho de Estado
Website http://www.zhb.gov.cn/ http://www.zhb.gov.cn/







Um comentário:

  1. De repente, na China, técnicos ambientais brasileiros encontrarão recursos e alternativas para os problemas do meio ambiente do Brasil?...

    ResponderExcluir

Translation

translation