quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

MORRE A ÁRVORE NEGRA DE ARAXÁ

Morreu a Árvore dos Enforcados de 200 anos, símbolo da cultura negra em Araxá/MG


Uma árvore de cerca de 200 anos, que simbolizava a cultura negra em Araxá, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, morreu. Mesmo após tentativas de recuperação, a cidade perdeu a Árvore dos Enforcados, que era um dos principais pontos turísticos da região. O pau de óleo, como é conhecida popularmente, fica no alto da cidade. O coordenador do Centro de Referência da Cultura Negra, Clayton Ayres da Silva, conta que a árvore chegou a ter frutos e folhas no início do ano passado. Foram os últimos sinais de vida.

O popular pau d'alho é uma árvore robusta
De acordo com engenheiro florestal Romildo Klippel, do Instituto Estadual de Florestas, a árvore chegou ao fim do ciclo e morreu de causas naturais. A ausência de folhas e a soltura da casca indicam a morte, após 200 anos de história e lendas. A morte foi constatada pelo IEF no fim de dezembro agora. Ainda segundo o instituto, a árvore não será retirada do local e os galhos devem cair naturalmente.
Ela é considerada patrimônio histórico da cidade. A historiadora Bete Abdanur diz que a lenda relata que escravos foram enforcados na árvore, em meados do século XIX. Dois deles têm registro, foram condenados, em júri, pela morte do senhor. Na época, moradores da cidade diziam que a árvore chorava e, por isto, ela virou símbolo da cultura negra.

Há uns 10 anos a velha árvore escapou de um incêndio

Ainda restam algumas destas árvores na região
Em dezembro de 2008, vereadores da cidade tentaram trocar o nome da árvore para “Libertação”, mas moradores teriam impedido a alteração, por meio de um abaixo-assinado. Porém, agora, a Árvore dos Enforcados é cada vez mais citada como a Árvore Negra, restando agora como a última memória dos africanos que ajudaram a formar o povo de Araxá, cidade mineira rica pela sua natureza e pela sua história no interior do país.
Fontes: Ambiente Brasil
             folhaverdenews.blogspot.com

Um comentário:

  1. Era uma árvore reverenciada por todos os afro-descendentes, parcela que envolve cerca de 40% da população do interior na região mineira de Araxá, região com muita riqueza hidromineral. Agora, quem sabe, a morte da Árvore dos Enforcados gere um movimento de plantio de centenas ou milhares de Árvores Negras, celebrando a memória africana de nosso povo.

    ResponderExcluir

Translation

translation