sexta-feira, 20 de maio de 2011

Presidenta Dilma poderá vetar todo o projeto do Código Florestal?

Código Florestal próximo de ir à votação?
 
A repórter Eugênia Lopes, do jornal O Estado de São Paulo, informa de Brasília que o líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que o Código Florestal será votado na próxima terça-feira. Ele observou, no entanto, que o governo não concorda com a proposta de emenda feita pelo PMDB e apoiada pelos partidos aliados e de oposição. Pela proposta, o Código validará as plantações feitas até 22 de julho de 2008 em Áreas de Preservação Permanente (APPs). "O governo não concorda com a consolidação generalizada do desmatamento", disse Vaccarezza. Sem votos para derrubar a emenda subscrita pela base e pela oposição, o líder fez uma ameaça velada: a presidente Dilma Rousseff poderá vetar parte ou até integralmente o novo Código Florestal. "Acho muito arriscado empreender uma derrota ao governo nesse tema", alertou Vaccarezza. Ele disse que daqui até terça-feira vai tentar convencer a base aliada a não derrotar o governo. "Vou me esforçar para convencer a base que é melhor seguir o governo do que derrotá-lo", disse. "Mas estamos preparados para não ganhar", admitiu. Não disse mas num seguindomomento do processo a Pfesidenta Dilma poderia vir a recusar o projeto integralmente, vetando e zerando tudo. 
O líder governista quer aprovar na semana que vem a MP 517, que prorroga de 2010 para 2035 a vigência da Reserva Global de Reversão (RGR), composta por recursos das concessionárias de energia elétrica para serem aplicados em expansão e melhoria dos serviços. "O governo quer aprovar a RGR na próxima semana", afirmou Vaccarezza. Ele sinalizou que o governo quer alterar pontos do relatório da MP 517, apresentado ontem pelo deputado João Carlos Bacelar (PR-BA). Na quarta-feira, o governo tentará aprovar a medida provisória 520 ou a 521.
Enquanto isso, ambientalistas continuam indo à luta para mover a consciência de parlamentares e da opimião pública: uma destas iniciativas é a manifestação no domingo no Parque Ibirapuera em São Paulo, em que mais de 50 entidades ecologistas, além de Marina Silva e outras lideranças verdes e também da cidadania tentarão alertar a população - via também a mídia - sobre os riscos das mudanças ruralistas na lei ambiental do meio rural brasileiro.
 
             http://folhaverdenews.blogspot.com
 

2 comentários:

  1. Está discussão acreditamos ainda vai dar pano prá manga.

    ResponderExcluir
  2. Ato em defesa do Código Florestal no Parque do Ibirapuera em São Paulo dia 22 domingo as 10h com a participação também de Marina Silva (PV) e lideranças da ecologia e da cidadania

    Mobilização em defesa do Código Florestal

    ResponderExcluir

Translation

translation