sábado, 18 de junho de 2011

GAROTOS DO TIMÃO VENCEM MUNDIAL SUB17 DIANTE DO BARÇA

Na finalíssima Corinthians faz 2 x 1 no Barcelona e ganha Mundial Sub17 na Espanha


TImão venceu Barcelona por 2 a 1 de virada e na raça
Aqui, alguns dos garotos do Timãoque surpreenderam a mídia brasileira, nem fotos tem deles

Em jogo válido pela final do VII Mundial de Clubes, categoria Sub-17, a equipe comandada pelo técnico José Augusto mostrou muita raça dentro de campo e conquistou o bicampeonato após vencer o Barcelona por 2 a 1, na Espanha, o Barça havia vencido na semifinal ao Real Madrid nos pênaltis. Os gols corinthianos foram marcados por Juninho e Giovani. A campanha foi invicta e chama a atenção da mídia esportiva da Europa, ao contrário do que acontece no Brasil, apenas sites alternativos acompanharam a final: no jogo de estréia contra o Atlético de Madrid, o Timãozinho vencera por 4 a 1, em seguida, venceu o Ajax da Holanda por 1 a 0, empatou em 1 a 1 com Barcelona e se classificou para semifinal após vencer o Olympique de Marselha por 5 a 4 nos penâltis. O Corinthians contou com os jovens jogadores Ravi, Cris, Lucas, Paulo Cesar, Ayrton, Fernando, Abner, PC, Douglas, Giovani, Washington, Matheus, Edson, Kevin, Léo, Rivelino, Leandro, Juninho, Matheus Camara e o técnico José Augusto, o preparador físico Luiz Fernando, o preparador de goleiros Leandro Idalino, o médico Dr. Eures Soncini e o mordomo Francisco Carlos Pereira para esta conquista do Mundial, na Espanha, com certeza um feito histórico do time de São Jorge contra o Dragão da bola no momento, o Barcelona. Ano passado, o Corinthians, que tem muita tradição em equipes de base, também comandado também pelo técnico José Augusto, conquistou também Mundial Sub17 após vencer o Chivas por 1 a 0. Para os torcedores rivais, o Torneio Mundial Sub17 não vale nada porém, para os corinthianos é a certeza de que muitos talentos virão fortalecer o Timão nos próximos anos: todos os garotos campeões têm contrato com o clube e foram muito assediados após a conquista contra alguns dos maiores times do mundo e sem perder nenhum jogo. Ela serve também para resgatar a força da arte brasileira do futebol, que estava meio em baixa na Europa. (Padinha).

Fontes: www.gazetaesportiva.net
             http://folhaverdenews.blogspot.com
             www.corinthians.com.br

Um comentário:

  1. Nem só de Neymar e Ganso vive o futebol brasileiro. E a mídia do Brasil precisa aomenos informar o que aconteceu e parar com opreconceito anti-corinthiano. Um feito esportivo de valor para nosso país e para o Corinthians também, que neste ano faz 101 anos.

    ResponderExcluir

Translation

translation