sábado, 23 de julho de 2011

UMA DAS MELHORES CANTORAS, UMA DAS PIORES VIDAS

Morre Amy Winehouse que era muito equilibrada em sua música mas desequilibrada na sua vida


Aos 27 anos, falam em overdose ou complicações devido aexcessos de droga, álcool e aborrecimentos em sua vida: morre precocemente Amy Winehouse, considerada talvez a melhor cantora do mundo dos últimos 20 anos, pelo potencial de sua voz e pela qualidade de suas composições, porém, não soube conviver com o seu talento nem com o sucesso: equilibradíssima em suas composições soul, black music, rock, pop, blues, mas vivendo com total desequilíbrio, desaparece a cantora cheia de escândalos que não soube interpretar as suas próprias músicas de grande valor. Ficam as suas músicas, como um alerta e uma poesia na violência da atualidade. Ficam para denunciar a arte da loucura que está virando a vida agora.  Suas músicas ficam para eternizar esta beleza e esta tragédia. (Padinha)

Fontes: BBC
             http://folhaverdenews.blogspot.com

4 comentários:

  1. Uma das maiores compositoras e uma das melhores vozes da atualidade, mas que não conseguiu ela mesma interpretar as suas criações pelo tumulto de sua vida e pela loucura da atualidade do ser humano. A loucura venceu a música, por enquanto.

    ResponderExcluir
  2. A música é uma das provas que o ser humano se aproxima dos anjos e até tem algo de divino. Isso, mesmo no inferno que a vida tem sido ultimamente para muitos na Terra. No caso, Amy Winehouse.

    ResponderExcluir
  3. Poderá haver outras vítimas como Amy Winehouse se nossa geração de seres humanos não mudarmos a realidade atual da sociedade de consumo que só faz aumentar todo o tipo de violência na vida, na Terra.

    ResponderExcluir
  4. O produtor da rede de televisão MTV, Danny Panthaki, afirmou que a cantora britânica Amy Winehouse morreu de overdose de ecstasy. "O namorado de uma amiga é policial e foi ele quem encontrou Amy Winehouse morta, foi uma overdose de ecstasy", disse em entrevista ao jornal britânico Sunday Mirror.
    Amigos da cantora afirmaram aos tablóides que ela participou de muitas festas nos últimos dias, regadas a drogas e álcool. "Amy passou os últimos sete dias em uma farra enorme e as pessoas estavam dizendo que ela iria beber até a morte", disse um amigo.

    Pessoas próximas de Winehouse acreditam que a causa tenha sido a combinação do ecstasy com o álcool. "Havia sempre o perigo de algo assim acontecer. Ela ficava constantemente fora de controle por causa da vodca. Ela bebia garrafa após garrafa, e misturar essas quantidades com drogas é letal", disse outro amigo.

    No sábado, vizinhos afirmaram ter escutado gritos vindo da casa da cantora, mas a polícia de Londres disse que não havia marcas de violência no corpo, o que pode descartar a hipótese de uma briga

    ResponderExcluir

Translation

translation