domingo, 25 de setembro de 2011

LÁ COMO CÁ: POLICIAIS PRENDEM LÍDERES DE CIDADANIA NOS STATES

Políciais de Nova York detém 80 pessoas nos protestos pacíficos de Wall Street


Antes das prisões houve uma passeata com topless do movimento de cidadania norteamericano

Manifestações pacíficas em todo lugar, no Oriente...

...e também no Brasil, como aqui por ecologistas em Recife
A polícia de Nova York deteve no sábado 80 pessoas relacionadas com o movimento de cidadania em protesto por causa da crise econômica, chamado Occupy Wall Street, quando se manifestavam no centro da cidade, informaram fontes policiais. "Houve cerca de 80 detenções, principalmente dos que bloqueavam o trânsito e as áreas de pedestres, assim como por terem resistido a ser detidos e obstrução à administração governamental, incluindo em um caso de ataque a um agente da Polícia", assinalou o portavoz da polícia nova-iorquina em comunicado. Nenhum manifestante estava armado ou fez algum tipo de violência...
O movimento de protesto está há pouco mais de uma semana realizando um acampamento no sul de Manhattan contra o sistema financeiro americano, a corrupção e a avareza das companhias do país, com a proposta de despertar os cidadãos e cidadãs para os seus direitos diante destes acontecimentos que abalam o dia a dia da realidade norteamericana. As detenções sábado aconteceram em uma praça central do sul da cidade, Union Square, onde também a polícia da cidade tinha colocado vários agentes, para tentar impedir qualquer manifestação pública. Segundo os organizadores do protesto, citados por "The New York Times", os detidos são 85 pessoas e deles cinco disseram que tinham sido borrifados com spray de pimenta. "Onde está a tal de democracia ianque?", disse um jovem estudante de cinema, em gíria, Mark Wayne.
As manifestações sempre pacíficas foram coordenadas por um grupo de ativistas nova-iorquinos denominado General Assembly, informa esse jornal. A maioria dos indignados jovens nova-iorquinos que protesta contra a crise econômica global permanece acampada em dois parques privados do sul da cidade, onde podiam ficar porque têm a autorização de seus proprietários. Após os incidentes, vários manifestantes voltaram para suas zonas de camping, segundo o jornal nova-iorquino. Nesta semana foram detidas outras 16 pessoas por terem pintado grafitis ou usarem máscaras como a que aparece no filme "V de Vingança" (2006), pois segundo detalhou então à  agência de notícias EFE uma porta-voz oficial uma lei do estado de Nova York que data de 1845 proíbe que duas ou mais pessoas usem máscaras em uma mesma concentração...Lá como cá, as leis são manipuladas para que os megainteresses que contrariam o interesse maior da população não sofrem contestação. Fatos como este indicam que a juventude atual está resgatando a rebeldia dos jovens dos anos 60 e 70, que revolucionaram em todos os países a política, a cultura em especial a música e a própria forma de pensar e de viver. E o sistema policial continua basicamente com o mesmo comportamento de 50 anos atrás, reprimindo protesto político e pacífico com violência. Isso, em todo o planeta, por aqui também, na maior parte dos países se fala em democracia mas a realidade é outra, não respeita a cidadania.


Fontes: EFE
             folha.com
             http://folhaverdenews.blogspot.com

3 comentários:

  1. Enquanto não houver realmente liberdade de expressão, de manifestação, de crítica, não existirá democracia em país nenhum da Terra. E sem democracia, como a realidade política, econômica, ecológica e social avançará? Até quando prevalecerão os megainteresses sobre o interesse público?...

    ResponderExcluir
  2. Agora que está acontecendo no Brasil o Rock Rio, a gente resgata o valor da juventude e da liberdade, tanto na vida cultural como na política e no dia a dia de qualquer país que queira resolver seus problemas, a bem da maioria da sua população.

    ResponderExcluir
  3. Os policiais de todo país deveriam é prender os políticos e autoridades que cometem crimes ou irregularidades e não jovens ou líderes da cidadania, pacíficos, idealistas: estas injustiças criam um clima de violência na realidade, influenciando negativamente também as crianças e os adolescentes, que deveriam é ser estimulados ao idealismo e à ação positiva, via a cultura da não-violência e da vida.

    ResponderExcluir

Translation

translation