sexta-feira, 9 de setembro de 2011

VITÓRIA DA NÃO-VIOLÊNCIA E DO JOGO COLETIVO




Esta manchete se refere tanto a Corinthians 2 X 1 Flamengo pelo Brasileirão como à campanha espetacular do Brasil no Pré-Olímpico da Argentina: sábado a consagração?

Pelo Campeonato Brasileiro, muita disputa e até deslealdade de alguns jogadores, o clássico transformou o Pacaembu num ringue quando o zagueirão Gustavo do Flamengo deu um soco de direita no estômago de Liédson. Era o que faltava para mostrar a violência e a fragilidade (ou má intenção) da arbitragem, que não puniu o pugilato. Porém, logo em seguida, Gustavo foi afastar de cabeça e a bola sobrou para a sua vítima, Liédson não perdoou e respondeu na bola, empatou e depois virou o jogo para o Corinthians, diante de 40 mil torcedores em São Paulo, em partida mostrada para cerca de 100 países. Vitória da não-violência e do melhor futebol da rapaziada do técnico Tite, realmente um time, jogando coletivamente e não dependente de uma ou duas estrelas, como o Mengo do Luxemburgo. Repito, vitória da não-violência, colocando o Corinthinas na liderança do Brasileirão 2001 outra vez e jogando o Flamengo lá prá baixo.

Liédson da Silva Muniz respondeu à violência com a arte da bola
Um estilo do basquete de Franca na Seleção Brasileira no Pré-Olímpico

No Pré-Olímpico de basquete, acontecendo em Mar Del Plata na Argentina, depois da vitória fora do comum dos brasileiros (comandados pelo argentino Magnano) sobre a que é considerada a melhor seleção da América Latina, o jogo coletivo do Brasil também passou por cima de Porto Rico. Desbancar a Argentina na quarta-feira não apenas ajudou a Seleção Brasileira na classificação do Pré-Olímpico, como tirou também aumentou a autoestima dos verde-amarelos. Livre, leve e solto, o time nacional arrasou, nesta quinta-feira, Porto Rico com autoridade (94 a 72) e ratificou a liderança da segunda fase. Com o resultado, os brasileiros - que não disputam uma Olimpíada desde Atlanta-1996 - estão a um triunfo dos Jogos de Londres-2012. Para isso, a equipe precisará se 'vingar', no sábado, da República Dominicana. Os caribenhos foram os únicos a superar o Brasil em Mar del Plata (79 a 74).  A anfitriã Argentina, por sua vez, terá pela frente na semifinal os porto-riquenhos. Na primeira fase, Los Hermanos ganharam por 81 a 74. Os finalistas do certame se garantem em Londres, tudo indica que serão brasileiros e argentinos, o Brasil reconquistando o direito de disputar uma Olimpíada após quase duas décadas de fracasso do nosso basquetebol. Além do jogo coletivo, outro dado que este sendo o segredo de sucesso desta seleção é a boa defesa e o contrataque rápido, bem no estilo do basquetebol de arte de Franca. Amanhã, 19h, mais uma vitória e a arte brasileira do basquete estará resgatada, para alegria da Nação e para a boa imagem do Brasil na Europa e no planeta, onde o esporte hoje é um fator de desenvolvimento sustentável. Vale a sua torcida. (Padinha).

             http://folhaverdenews.blogspot.com

Um comentário:

  1. As duas espetaculares vitórias da Seleção Brasileira no Pré-Olímpico (falta só mais uma amanhã, para a conquista de vaga na Olimpíada de Londres em 2012)teve o estilo que marca o basquete de Franca, jogo coletivo, defesa forte e contrataque. E a virada do Corinthians em cima do Flamengo, com dois gols de Liédson foi também uma vitória do jogo coletivo e em especial da Não-Violência. Ou seja, algo maior no esporte e em todo jogo da vida.

    ResponderExcluir

Translation

translation