terça-feira, 31 de janeiro de 2012

REPRESENTANTE DO BASQUETE DE FRANCA NO ALL- STAR GAME

Anderson Varejão pode ser o primeiro atleta brasileiro de basquete no All-Star Game nos States

Apesar da longa cabeleira encaracolada e do jeitão “outsider”, que já lhe valeu o apelido de “Wild Thing”(coisa selvagem), o brasileiro Anderson Varejão faz sucesso na NBA, ele que é capixaba (nasceu no Espírito Santo) mas se formou e se revelou para o basquetebol em Franca, foi tema de matéria do jornalista esportivo Fábio Sormani, no site de noticias IG:  Anderson Varejão pode se transformar no primeiro jogador brasileiro a participar do “All-Star Game”. Alguns sites norte-americanos têm destacado isso e o técnico do Cleveland Cavaliers, seu time na NBA, tem feito campanha para que ele seja convocado, pelo menos entre os reservas.
Segundo Byron Scott, treinador de Varejão, o pivô Dwight Howard, do Orlando Magic, será selecionado pelos torcedores (eles escolhem os dois quintetos titulares). “Isso é óbvio”, disse Scott sobre a presença de D12 no quinteto titular. Mas os olhos de Scott se enchem de brilho quando ele fala de Varejão, o pivô titular de seu time. “Ele tem sido de um valor inestimável”, disse o treinador, que tem ainda mais um ano de contrato com o Cleveland. “Depois (de Howard), eu não sei quem esteja jogando melhor nesta posição”.
Varejão tem médias de 9,9 pontos e 11,0 rebotes por partida. Seu grande adversário é o franco-americano Joakim Noah. O pivô do Chicago Bulls está em segundo lugar na votação dos torcedores para ser o segundo pivô, mas apresenta jogo e números inferiores ao de Varejão: 8,3 pontos e 9,1 rebotes. Por merecimento, Varejão deve ser convocado; por lobby, talvez o escolhido seja Noah.
"O que Sormani não disse em sua matéria, que chega ao Brasil em primeira mão, é que Anderson Varejão teve toda a sua formação ligada ao basquetebol de arte de Franca, sendo um cria de Hélio Rúbens Garcia e aqui teve um grande desenvolvimento que abriu caminho para ele nos States, agora quem sabe possa acontecer um pouco o inverso, a sua evolução na NBA dê um pouco de retorno em prestígio para o basquete francano, que anda tentando resgatar seus melhores dias atualmente", comentou por sua vez o editor do nosso blog, Antônio de Pádua, o ecologista e repórter Padinha que acompanhou o “Wild Thing” desde quando garoto, nos anos 90, quando chegou com dois outros irmãos seus em Franca e de repente, agora virou esse monstro".
Bom para a imagem do basquete e de todo o esporte do Brasil (e de Franca também, ainda a capital brasileira do basquetebol).


Anderson Varejão (Wild Thing)

Nascido em Colatina (ES) se revelou em Franca e hoje é um Neymar da vida no basquete da NBA, a sua cabeleira, o seu estilo também ajudam a sua boas fama

Fontes: IG
             http://folhaverdenews.blogspot.com

4 comentários:

  1. Enfim, uma boa notícia para o basquetebol de arte de Frabca, que não anda numa temporada muito boa, busca se recuperar no Campeonato Brasileiro da NBB: enquanto isso, a sua cria, o Anderson Varejão brilha cada vez mais na NBA. Bom para a NBA e os States, bom também para o Brasil e para Franca.

    ResponderExcluir
  2. Anderson Varejão, nascido em Colatina, em 28 de setembro de 1982, é o jogador brasileiro de basquete que está melhor hoje na NBA. Atualmente joga no Cleveland Cavaliers, da NBA.
    Foi revelado pelo Franca Basquetebol Clube.
    Iniciou sua carreia nas categoria de base do Saldanha da Gama (ES). Entre 1998 e 2001, atuou pelo Franca Basquetebol Clube, time com mais de 50 anos ininterruptos de tradição que o revelou para o basquete mundial. A cidade de Franca é considerada a capital do basquete. Em Franca, o nível de jogo de Varejão cresceu bastante, guiando o jogador para o Barcelona da Espanha.
    Anderson foi escolhido pelo Orlando Magic no Draft de 2004, mas passou para o Cleveland Cavaliers, onde agora pode chegar ao grupo dos 10 melohores do basquete dos Estados Unidos.

    ResponderExcluir
  3. Vieram 3 irmãos do Espírito Santos nos anos 90 para o basquete de Franca, que na história de sua formação tem a participação importante também de 3 irmãos (Hélio Rúbens, Totô e Fransérgio, filhos do Cachoeira): a chegada deles tinha então esta curiosidade ou coincidência. O mais velho Sandro Varejão jogou bem na equipe, também no Flamengo e na Seleção, o do meio passou a se dedicar a outra atividade e o mais novo, Anderson Varejão...

    ResponderExcluir
  4. Jogando muito bem no Franca Basquetebol e se destacando também pelos cabelos e simpatia, Anderson Varejão acabou indo para o basquete de ponta da Espanha (jogou no Barcelona) antes de se consagrar, como é fato agora, na NBA. A sua imagem positiva ajuda o resgate dos bons tempos da capital brasileira deste esporte.

    ResponderExcluir

Translation

translation