sábado, 28 de janeiro de 2012

TAMBÉM POR CAUSA DE BELO MONTE VALE É A PIOR EMPRESA DO MUNDO

A pior empresa do mundo em votação popular

Após 21 dias de acirrada disputa, a mineradora brasileira Vale (que participa do consórcio de Belo Monte também) foi ontem escolhida como a pior corporação do mundo no Public Eye Awards, conhecido como o “Nobel” da vergonha corporativa mundial. Criado em 2000, o Public Eye é concedido anualmente à empresa escolhida por voto popular em função de problemas ambientais, sociais e trabalhistas, durante o Fórum Econômico Mundial, na cidade suíça de Davos.

Camponeses interditaram ampliação dos trilhos, cientistas, ecologistas, indígenas, religiosos, MP criticam a megausina no Xingu com todas as suas sequeleas ambientais e sociais, enfim, neste ano, em grande parte de suas ações no Brasil a Vale teve uma péssima performance socioambiental (também do ponto de vista humanitário) e devido a isso concorreu com as empresas Barclays, Freeport, Samsung, Syngenta e Tepco como as piores em todo o planeta. Nos últimos dias da votação, a Vale e a japonesa Tepco, responsável pelo desastre nuclear de Fukushima, se revesaram no primeiro lugar da disputa, "vencida" com 25.041 votos pela mineradora brasileira. De acordo com as entidades de cidadania que indicaram a Vale para o Public Eye Award 2012 — a Articulação Internacional dos Atingidos pela Vale (International Network of People Affected by Vale), representada pela organização brasileira Rede Justiça nos Trilhos, e as ONGs Amazon Watch e International Rivers, parceiras do Movimento Xingu Vivo para Sempre, que luta contra a usina de Belo Monte —, o fato de a Vale ser uma multinacional presente em 38 países e com impactos espalhados pelo mundo, ampliou o número de votantes. Já para os organizadores do prêmio, Greenpeace Suíça e Declaração de Berna, a entrada da empresa, em meados de 2010, no Consórcio Norte Energia SA, empreendimento responsável pela construção de Belo Monte, foi um fator determinante para a sua inclusão na lista das seis finalistas do Public Eye deste ano.
A "vitória" da Vale foi comemorada no Brasil por dezenas de organizações que atuam em regiões afetadas pelos negócios desta megaempresa.  “Para as milhares de pessoas, no Brasil e no mundo, que sofrem com os desmandos desta multinacional, que foram desalojadas, perderam casas e terras, que tiveram amigos e parentes mortos nos trilhos da ferrovia Carajás, que sofreram perseguição política, que foram ameaçadas por capangas e pistoleiros, que ficaram doentes, tiveram filhos e filhas exploradas, foram demitidas, sofrem com péssimas condições de trabalho e remuneração, e tantos outros impactos, como os que começam a acontecer também na Amazônia, por causa da hidrelétrica de Belo Monte, conceder à Vale o titulo de pior corporação do mundo é muito mais que vencer um prêmio. É a chance de expor aos olhos do planeta seus sofrimentos, e trazer centenas de novos agentes e forças para a luta pelos seus direitos e contra os desmandos cometidos pela empresa”, afirmou a nota oficial das entidades que encabeçaram a campanha contra a mineradora. Em um hotsite (http://xinguvivo.org.br/votevale/) criado para divulgar a candidatura da Vale, forma listados os principais problemas de empreendimentos da empresa no Brasil e no exterior. "Esta votação nacional e internacional poderá fazer com que se mudem projetos errôneos, como das megausinas hidrelétricas no Xingu e outras loucuras, para que o Brasil retorne ao bom senso e assuma uma gestão de desenvolvimento sustentável para avançar a sua realidade energética, econômica, ambiental, social, a bem de uma melhor qualidade de vida da maioria da população, que tem sido prejudicada a favor apenas de alguns interesses e negócios que não são os da Nação", comentou por sua vez o editor Padinha, aqui do blog Folha Verde News ao receber e postar esta informação aqui no blog da ecologia.





Visão crítica de ecologistas pede que Brasil invista em energias limpas como a Eólica e a Solar

Não são apenas cientistas, ecologista e líderes de cidadania, a população já rejeita megausinas

Fontes: Brasil de Fato

             www.greenpeace.org
             www.vermelho.com.br
             http://folhaverdenews.blogspot.com

4 comentários:

  1. Uma colocação vergonhosa para o Brasil e mais ainda para empresa Vale, em termos de valores socioambientais, humanitários e de desenvolvimento sustentável. Este 1º lugar no ranking das piores empresas e empreendimentos pode ajudar uma revisão do megaprojeto.

    ResponderExcluir
  2. Aqui no país e em todo o planeta, aumentam cada vez mais a intensidade e o foco das lutas dos ecologistas, cientistas, lideranças de cidadania e mídia mais responsável ou mais independente: projrtos errôneos e negativos, como é o caso da megausina no Xingu, precisam ser revistos para que o Governo Dilma consiga força e credibilidade no conjunto da Nações e avance com todo o seu potencial positivo de avanço, que o coloca já como um dos países de vanguarda na Terra.

    ResponderExcluir
  3. É uma notícia ruim mas não deixa de ser boa pelos efeitos que podem vir de uma classificação tão desonrosa da Vale e de seus empreeendimentos no Brasil, como a megausina hidrelétrica de Belo Monte, no Xingu, Amazônia, e outros que já estão sendo implantados ou ainda projetados.

    ResponderExcluir
  4. Nós do movimento científico e da ecologia, da cidadania, da criação coletiva do futuro da vida temos que divulgar este fato lamentável, para que ele venha a ser uma alavanca para mudar e avançar a realidade brasileira no seu melhor potencial e a bem do conjunto da população.

    ResponderExcluir

Translation

translation