quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

GREENPEACE DO BRASIL E TODOS ECOLOGISTAS COMEMORAM PRÊMIO

 Coordenador de campanha ecológica da Amazônia é premiado pela ONU


Filie-se
Um rebelde de resultados
Paulo Adario, em nome do movimento ecológico e de cidadania, premiado pela ONU e indo à luta

O trabalho do Greenpeace Brasil ganhou um merecido reconhecimento internacional. O diretor da campanha da Amazônia, Paulo Adario, acaba de receber uma premiação inédita da ONU (Organização das Nações Unidas): ele foi eleito "Herói da Floresta" por seu trabalho incansável em defesa da Amazônia. E o prêmio chega no ano que o Greenpeace Brasil completa 20 anos.
Paulo Adário já teve sua cabeça a prêmio, mas nunca fraquejou diante de sua missão de mostrar ao mundo as mazelas que estão empurrando a Amazônia e o clima global para o fundo do poço ou prejudicando o avanço do Desenvolvimento Sustentável no Brasil. Este "greenpeacer" chegou na Amazônia no início dos anos 90 e rapidamente identificou com o povo da floresta, a natureza e a realidade dali e denunciou as principais causas do desmatamento. Para isso, teve que encarar madeireiros, empresas, assassinos e alguns políticos que têm lçigação direta com os lobbies que atuam no Congresso a favor do ruralismo e dos megainteresses, que nada têma a ver com ecologia, cidadania e interesse nacional. Aqui no blog Folha Verde News registramos com alegria  - e em clima de solidariedade também à luta de Paulo Adario  -  esta premiação da ONU, que estimula todos os ecologistas e lideranças de cidadania a irmos à luta para mudar esta realidade e criarmos o futuro da vida. È a nossa missão,  de cada um de nós desta geração internáutica, como disse o editor deste blog, o ecologiosta e repórter Padinha, ao receber a msm do prêmio.
Adario por sua vez comentou que atualmente, a principal batalha é política. O Projeto de Lei que muda o Código Florestal permitirá mais desmatamentos na Amazônia. O Greenpeace e os ecologistas, com apoio das ferramentas da web e graças à liberdade da midia Internet, tiramos essa discussão dos muros do Congresso e a levamos às ruas. Uma petição foi criada para que a presidente Dilma Rousseff vete as alterações. Se você ainda não assinou, clique aqui e participe dessa luta.Junte-se a nós e ajude a construir uma história de defesa do meio ambiente. A mensagem nos foi enviada por Marcelo Furtado, diretor executivo do Greenpeace no Brasil.


             http://folhaverdenews.blogspot.com



2 comentários:

  1. De extrema importância esta premiação de Paulo Adário, refortalecendo o trabalho de muito, muito valor do greenpeace para mudar a realidade e criar o futuro.

    ResponderExcluir
  2. Cada ecologista, assim como todos os ativistas do Greenpeace, bem como da própria ecologia e cidadania também se sentem estimulados a continuarem firmes na luta. É o caso também aqui do nosso blog.

    ResponderExcluir

Translation

translation