segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

VOCÊ TEM UM TIC-TIC NERVOSO? PODE SER DE ORIGEM AMBIENTAL

Epidemia de tiques nervosos em estudantes

Escola em comunidade de Nova York está sendo investigada pela ativista ecológica Erin Brockovich: tiques de estudantes teriam causa ambiental

Estudantes na pequena comunidade de Leroy, no Estado americano de Nova York, estão adoecendo com um misterioso mal, que provoca tiques, desmaios e descontroles verbais: cerca de 15 alunos foram mais gravemente afetados. Os médicos acreditam que se trata de um mal raro chamado de distúrbio psicogênico em massa, também conhecido como histeria em massa, mas o diagnóstico não foi confirmado.O caso atraiu a atenção da famosa ativista ambiental Erin Brockovich, cuja vida foi vivida no cinema pela atriz Julia Roberts. A equipe de Brockovich investiga se os distúrbios têm relação com um vazamento tóxico ocorrido a mais de cinco quilômetros do local, em 1970.

A ecologista Erin Brockovich foi interpretada em filme por Júlia Roberts, divulgando também esta causa

Alguns casos de tiques nervosos têm origem em problemas ambientais
 Equipe de Erin Brockovich faz investigação sobre a misteriosa doença que causa tiques faciais e explosões verbais entre 15 adolescentes em Le Roy: causa pode ser contaminação

Os adolescentes apresentam sintomas parecidos com o da Síndrome de Tourette - uma condição psicológica que causa sintomas físicos, como tiques espasmódicos, convulsões e até paralisia.  Mas Brockovich suspeita que uma contaminação das águas subterrâneas a partir de um vazamento químico há mais de 40 anos atrás possa estar relacionado aos sintomas. Brockovich disse que um trem descarrilou, derramando cianeto e tricloroetileno a cerca de três quilômetros da escola de Le Roy, na década de 1970. 
Todos os 15 adolescentes afetados - 14 meninas e um menino - frequentavam a escola quando começaram a apresentar os sintomas no último outono.  Institutos Nacionais de Saúde se ofereceram para ajudar a resolver o enigma.  O Dr. Mark Hallett, chefe da Seção de Neurologia Médica, disse que o aglomerado de casos oferece uma oportunidade única de pesquisa média, científica e ambiental.Mais uma vez, a suspeita de um antigo acidente ambiental que pode estar deixando suas marcas, após anos de silêncio, já que muitos setores da mídia têm procurado ao longo de todos estes anos silenciar sobre os acontecimentos, conforme observou a ecologista Erin Brockovich, que também conta com o apoio de pesquisadores universitários e sites ou blogs alternativos, que valorizam a liberdade de informação e a busca da verdade. O episódio pode ajudar na busca de parâmetros e soluções jurídicas e médicas a milhares e até milhões de pessoas, vítimas dos mais diversos e variados acidentes ligados a desequilíbrios do meio ambiente em todo o planeta, cada vez mais constantes, comentou por sua vez o ecologista Antônio de Pádua, o editor Padinha daqui do Folha Verde News.

Fontes: BBC
             ABC News
             www.estadao.com.br
             http://folhaverdenews.blogspot.com


3 comentários:

  1. O alcance comportamental e em todas as áreas da saúde ou da vida humana são fatos e pesquisas que mostram a abrangência do meio ambiente também no equilíbrio das pessoas, como busca demonstrar nesta investigação paralela e particular a ativista ambiental Erin Brockovich.

    ResponderExcluir
  2. Este tema é de interesse não somente ambiental, invade as áreas da medicina, da psicologia, do direito e da livre circulação das informações sobre acontecimentos ainda obscuros, como este de 1970, que a mídia dos Estados Unidos ainda não esclareceu como deveria.

    ResponderExcluir
  3. A ecologia humana, assim como o equilíbrio do meio ambiente, influem em todo o contexto da vida na atualidade, daí a importância deste tema que é o central do nosso blog, todos os dias.

    ResponderExcluir

Translation

translation