sábado, 24 de março de 2012

CAMPANHA NACIONAL DE ECOLOGISTAS PELA VIDA DA AMAZÔNIA

Greenpeace ganha apoios no Brasil para proposta de Desmatamento Zero na Amazônia

A chegada do navio Rainbow Warrior do Greenpeace em Manaus foi o ponto de partida para o lançamento da campanha do Desmatamento Zero, que tem como objetivo garantir um mundo melhor e mais verde para as próximas gerações, como reportaram Marina Yamaoka e Ximena Leiva também para o blog da ecologia e da cidadania, Folha Verde News. Paulo Adario, diretor da Campanha da Amazônia, defendeu a preservação das florestas junto com dezenas de ecologistas que participaram do encontro a bordo do navio ícone do movimento ecológico em todo o planeta: “As matas são responsáveis por manter o equilíbrio climático do país e da Terra. Além disso, elas tornam o solo mais fértil em todo o mundo, e garantem a existência dos rios e dos mares, também de um desenvolvimento sustentável na agricultura". Neste momento de discussão do novo Código Florestal, a entidade também defende uma agroecologia, um avanço da economia rural em harmonia com a natureza.
O grande desafio é passar a mensagem para quem está fora do navio, para aqueles que estão nos grandes centros urbanos do Brasil. “Contamos com a adesão de todos”, afirmou Adario, recentemente premiado pela ONU, por seu trabalho ecológico na Amazônia. Felício Pontes, procurador do MPF-PA (Ministério Público Federal do Pará), que tem mantido uma ação permanente em defesa da natureza e de seus povos tradicionais, observou que “nos últimos 30 anos, a nossa geração viu serem   desmatados quase 20% da Amazônia, uma verdadeira proeza, mas no pior sentido dessa palavra. Dezenas de gerações que nos antecederam não fizeram isso”. Em sua opinião, toda iniciativa que vise a preservação ambiental é bem-vinda e deve ser apoiada incondicionalmente.Os movimentos indígenas também estiverem presentes, representados pela Coiab (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira). Sônia Guajajara disse que a campanha é um salto muito grande. “Precisamos de uma reviravolta no país. Vivemos um retrocesso muito grande, autorizamos leis que vão permitir ainda mais o aumento do desmatamento”.A campanha do Desmatamento Zero também foi prestigiada pelo diretor executivo do Greenpeace Internacional, Kumi Naidoo, que mandou um recado bem claro e direto à presidente Dilma Rousseff: "ou ela escolhe se quer continuar permitindo lucros de curto prazo para poucas pessoas ou desenvolvimento sustentável, que beneficia a maior parte da população no longo prazo". A Presidente da República, que está em missão oficial na Índia, tem sido informada por assessores governamentais sobre a adesão de vários setores do país, em especial, de lideranças ligadas ao movimento ecológico, científico e de cidadania a esta campanha do Greenpeace, que busca inverter a tendência de destruição da Amazônia, uma das maiores riquezas do Brasil e do próprio planeta, pa ra se criar o futuro da vida. (Padinha)



Lançamento da campanha Desmatamento Zero em Manaus pelo Greenpeace  (foto Rodrigo Baleia)

Este é o Raibow Warrior,, ícone da luta dos ecologistas pela natureza e não-violência

Fontes: www.greenpeace.com.br  
              http://folhaverdenews.blogspot.com

4 comentários:

  1. O Greenpeace se notabilizou internacionalmente na luta contra a matança de baleias e a violência contra a natureza, hoje é uma entidade que tem grande respeito pela sua ação ecológica em todo o planeta e em vários setores da luta verde.

    ResponderExcluir
  2. A campanha agora lançada no Brasil de Desmatamento Zero, procura reverter o quadro de destruição da Amazônia, estimulando assim também uma nova realidade mais racional no país, que tem tudo para um desenvolvimento sustentável, com a economia equilibrada com a ecologia.

    ResponderExcluir
  3. O blog da ecologia e da cidadania, Folha Verde News, se coloca à disposição desta campanha e desta proposta de grande valor para o Brasil e para o movimento de criação do futuro da vida, no país e no próprio planeta, dada a dimensão que representa toda a região do Rio Amazonas.

    ResponderExcluir
  4. Nosso editor está mantendo contatos, no Facebook e também via msm com lideranças do movimento ecológico, científico e de cidadania para ajudar o avanço desta boa idéia, a bem também da Nação e da própria ecologia na Terra. Dois grandes ideais de luta de todos nós que amamos a não-violência e a vida.

    ResponderExcluir

Translation

translation