sexta-feira, 16 de março de 2012

ECOFALANTE: EVENTO DE CINEMA AMBIENTAL EM SÂO PAULO

1ª Mostra Ecofalante propõe reflexão e ação sobre meio ambiente



Acontece a partir de hoje, como é destaque no blog http://auroradecinema.worldpress.com e também no webespaço do Instituto Akatu, bem como, em alguns dos principais sites de jornalismo e de ecologia  - também aqui no nosso Folha Verde News - este evento de cultura ecológica que vai até dia 22 de março em São Paulo: na 1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental serão exibidos gratuitamente mais de 40 filmes que têm como protagonista ou conteúdo central o meio ambiente. Além da exibição de longas, médias e curtas, a mostra conta com debates, homenagens e participação de convidados internacionais. A programação será guiada por seis eixos temáticos: Ativismo, Povos e Lugares, Consumo, Energia, Água e Mudanças Climáticas. Haverá ainda filmes organizados para apresentarem um panorama histórico do movimento cultural e de lutas sobre o meio ambiente e a sustentabilidade, também,  uma Mostra Infantil. Debates com especialistas, ativistas e cineastas sobre cada um dos eixos temáticos serão abertos ao público. Os filmes terão sempre duas apresentações, realizadas entre as salas de exibição do Cine Livraria Cultura, do MIS e do Cine Sabesp.
O Instituto Akatu participa no dia 18/3 às 18h30, no Cine Livraria Cultura, do debate sobre erros e limites do consumismo, que terá com ponto de partida os filmes “Food, Inc.” (USA, 2008, Dir. Robert Kemmer), “Bag it!” (USA, 2010, Dir. Suzan Beraza), “The Light Bulb Conspiracy” (Espanha, 2010, Dir. Cosima Dannortizer) e “O veneno está na mesa” (Brasil, 2011, Dir. Silvio Tendler), que questiona ser nosso país o maior consumidor de agrotóxicos, a dano da saúde do meio ambiente e da população. Além do diretor-presidente do Akatu, Helio Mattar, farão parte da roda de conversa sobre Lisa Gunn, coordenadora executiva do Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, e Cosima Dannoritzer, diretora do longa “The Light Bulb Conspiracy”. Mais informações você pode obter também  com todos os detalhes da programação em http://www.ecofalante.org.br/mostra/

Um evento que valoriza a cultural ecológica, como a informação vital para mudar a atual realidade e estimular a criação do futuro: "Os crimes ambientais contrariam este caminho da vida", comenta por sua vez o nosso editor Antônio de Pádua, o ecologista Padinha recomendando este evento como de muito valor  para produtores culturais e todos os que lutam nas causas socioambientais da atualidade.



Megausinas como as termelétricas também no debate

Filmes que revelam conteúdos da luta ecológica da atualidade

Os povos da floresta e a ecologia como protagonistas...

...filmes discutem também temas como poluição urbana...

...40 produções de variados países, do Brasil e da América Latina


Fontes: Akatu
             Aurora de Cinema
             http://folhaverdenews.blogspot.com
 



 





3 comentários:

  1. A cultura ecológica está nestes filmes e no dia a dia da vida atual, como uma das formas de luta mais importantes para que consigamos mudar a realidade ou superar os problemas ou os limites socioambientais, criando o futuro. A luta cultural ecológica é o caminho da vida, como diz nosso editor neste post.

    ResponderExcluir
  2. Uma das produções que estão mais chamando a atenção da mídia e de especialistas em ecologia é o filme “O veneno está na mesa” (Brasil, 2011, de Silvio Tendler) que denuncia ser nosso país o maior consumidor de agrotóxicos do mundo, o que danifica a saúde do meio ambiente e da população.

    ResponderExcluir
  3. A reflexão sobre os problemas socioambientais da atualidade, no país, no planeta, nos ajuda a focar o que precisa ser mudado hoje para tornar possível a existência do futuro da própria vida. Além dos conteúdos políticos e de cidadania dos filmes, o centro de tudo é esta luta ou missão ecológica de nossa geração: criar o futuro.

    ResponderExcluir

Translation

translation