quinta-feira, 26 de abril de 2012

AMÉRICA REABRE INDEPENDÊNCIA VENCENDO ARGENTINOS

Bom jogo, vitória, homenagens a Euler e Jair Bala e o América avança em seu centenário

Com dois gols de Alessandro e de virada, o América Mineiro bateu ontem à noite por 2 X 1 ao Argentinos Júniors em amistoso internacional para reabrir o Estádio Independência, totalmente remodelado e transformado numa arena, já pronta para a Copa das Confederações da Fifa: agora, BH já tem o seu estádio, enquanto o Mineirão ainda continua em obras e pelo que se viu no jogo-festa o "caldeirão" americano vai marcar na história do futebol do Brasil um crescimento ainda maior deste clube, que já foi 10 vezes campeão mineiro. Foi a despedida oficial de Euler, que atuou pouco mais de um tempo, o Filho do Vento, atleta de Cristo com uma carreira exemplar, tanto como jogador como cidadão, da mesma forma, se homenageou o ex-ídolo Jair Bala (que passou também pelo Botafogo do Rio e de Garrincha, tendo jogado também por aqui na região, no Comercial de Ribeirão Preto): pai do atual gerente de futebol Jair Albano, Jair Bala deu o pontapé inicial, ele que fez história pelo seu talento no América, sendo inclusive o maior artilheiro do Independência. Talvez no domingo o clássico com o Cruzeiro, pela segunda partida da semifinal do Campeonato Mineiro (na primeira, vitória americana por 3 X 2 na Arena do Jacaré)  talvez a decisão de vaga na final venha a ser realizada no Independência, na Arena do Horto, que é administrada pela empresa BWA. Ao completar 100 anos, o parceiro da Francana por aqui na região nordeste paulista e sudoeste mineiro, mostra com a nova arena que está pronto para criar o futuro. Por falar no parceiro de Franca, o ala e meia Patrick Oliveira, que foi destaque na Francana na Copa Paulista, atuou 45 minutos e foi elogiado pelo treinador Givanildo Oliveira. A parceria entre os dois clubes deverá continuar e crescer, no rítmo da evolução do América, simbolizando também a fraternidade entre mineiros e paulistas no futebol e na vida. (Padinha).

Uma reabertura com vitória de virada e festa do 100 Anos...

...o América venceu time argentino e mostrou sua nova cara...

...sem esquecer de ex-ídolos como Jair Bala, homenageado

...despedida do grande Euler e chegada de Gilberto...

...o América Mineiro mostrou sua nova casa, nova cara para o futuro


Fontes: http://www.em.com.br/
            http://folhaverdenews.blogspot.com/
            BWA

2 comentários:

  1. Aqueles torcedores da Francana, por aqui na macrorregião nordeste paulista e sudoeste mineiro, com certeza também ficaram felizes com a notícia deste evento, que marca os 100 Anos do América Mineiro no futebol, com a reabertura do Estádio Independêdncia que se transformou numa Arena via a empresa BWA.

    ResponderExcluir
  2. Agora, BH já tem o seu estádio, já que o Mineirão continua em reforma, tanto para a Copa das Confederações da Fifa como para os jogos dos grande clubes da capital mineira, onde o América retoma o seu lugar histórico, clube que está se transformando num dos maiores do país da bola, como disse o jornal Estado de Minas.

    ResponderExcluir

Translation

translation