segunda-feira, 23 de abril de 2012

BRUXA SOLTA NO FUTEBOL DO PAÍS NO FINAL DE SEMANA

3 X 2 foi o placar cabalístico de quatro resultados que agitaram os campeonatos estaduais

Resultados surpreendentes e mais do que isso, um mesmo placar em quatro dos jogos nos estaduais, chegando à fase final: o Corinthians, que liderava na fase de classificação, perdeu no Pacaembú para a Ponte Preta (a macaca campineira virou zebra) por 3 X 2 com duas falhas grotescas do seu goleiro Júlio César (que começa a ganhar a má fama de falhar nas finais) e ficou fora das finais do Paulistão, assim como o seu rival Palmeiras, que perdeu pelos mesmos 3 X 2 para o outro time de Campinas, o Guarani e também com falhas do seu goleirão Deola. Coicindências à parte, desta forma, Ponte X Guarani será uma das semifinais, a outra, nenhuma surpresa, São Paulo (que venceu sem problemas o Bragantino) versus Santos (que com novo show de Neymar bateu o Mogi Mirim na Vila). A novidade será a festa do futebol do interior em Campinas. Mas fora do futebol paulista, o domingo de bola teve outras surpresas: o América Mineiro (que faz uma parceria com a Francana) venceu na Boca do Jacaré ao Cruzeiro e por coincidência, pelo mesmo placar de 3 X 2:  lá em Minas a semi é disputada em duas partidas, domingo que vem o Ameriquinha pega em BH o Cruzeiro, podendo ir à final estadual com um empate, Atlético e Tupi em Juiz de Fora empataram e o que vencer será o outro finalista. E no Rio de Janeiro, mais uma vez o placar de 3 X 2, no clássico em que o Flmanego de Ronaldinho de novo perdeu para o Vasco da Gama e assim ficou fora também da final carioca, o Mengão que já havia sido desclassificado na primeira fase da Copa Libertadores das Américas. E a Libertadores é o consolo e o objetivo dos corinthianos, que agora terão 10 dias para recompor energia (talvez, dar espaço para um dos goleiros que estão na reserva, Cássio Ramos e Danilo Fernandes) e acertar a cabeça antes de pegar o Emelec no Equador. Já os palmeirenses, já nesta quarta-feira, têm outro jogo duro, buscam se classificar na Copa do Brasil jogando contra o Paraná, em Curitiba, Felipão Scolari disse que a pijamaterapia poderá reabilidar as forças dos seus comandados. Verdão e Timão tentam esquecer o domingo de azar e buscam mais sorte em outras competições, essa é a esperança dos torcedores e essas situações estranhas explicam também a magia do futebol. (Padinha)


Um domingo de futebol com quatro jogos decisivos terminando em 3 a 2...

...com muita coincidência, zebra, macaca, coelho, bugre e bruxa na rodada do futebol

Fontes: http://www.gazetaesportiva.net/
              http://folhaverdenews.blogspot.com/

4 comentários:

  1. Enquanto no jogo da ecologia, esta semana é de expectativa em Brasília devido à nova votação na Câmara do Código Florestal, no jogo da vida continua a violência aumentando: já no mundo do principal lazer brasileiro, no futebol, fim de semana com resultados surpreendentes, muita coincidência e coisas estranhas nos jogos, aproximando pela tristeza os grandes rivais corinthianos e palmeirenses.

    ResponderExcluir
  2. A final do Paulistão se encaminha para ser a praia do Neymar (caso não aconteça outras surpresas) mas a novidade boa para todos os que amam o interior será a festa em Campinas, com Ponte Preta e Guarani fazendo a semifinal como nos bons tempos do estadual paulista, o que é também surpreendente porque os times do interior estão em crise.

    ResponderExcluir
  3. No Rio, mesmo com a repetição do fatídico placar de 3 X 2, que predominou no domingo, a eliminação do Flamengo já vai virando rotina, mostrando decadência ou crise da ex-estrela Ronaldinho Gaúcho. Em Minas, o América - parceiro da Francana e também fazendo 100 anos em 2012 - mais uma vez se torna muito respeitado em todo o país, sob o comando de Givanildo Oliveira, um treinador se destacando muito no simpático clube de BH, que tem a sua torcida em crescimento também por aqui na divisa entre São Paulo e Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  4. No caso específico dos torcedores de Franca e região, que vai do nordeste paulista ao sudoeste mineiro, o interesse maior foi em cima do América: muita gente curtiu quando o Patrick Oliveira, jovem meia e ala que brilhou em sua rápida passagem pela Francana, entrou no jogo em que os americanos de surpresa venceram o Cruzeiro ainda de Mancini pelo mesmo placar de 3 X 2 que foi um tabu no fim de semana, no lazer mais popular da população, o futebol que assim influi direto na qualidade da vida da gente e tem de repente coisas estranhas, aumentando sua magia.

    ResponderExcluir

Translation

translation