sábado, 21 de abril de 2012

HOJE É O DIA DO BASTA: MARCHA CONTRA A CORRUPÇÃO

No dia de Tiradentes, em todo o Brasil, manifestantes pedem ética na política e amor ao país



Cientista tentam reconstruir o rosto de Tiradentes e no seu dia o Brasil mostra a sua cara



Um evento nacional promete unir cidadãos e movimentos na luta contra a corrupção, impunidade e mau uso do dinheiro público. A Marcha Nacional Contra a Corrupção acontece neste sábado (21 de abril, por sinal, dia de Tiradentes) haverá manifestações em muitas capitais, como São Paulo, Manaus, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro, e em pelo menos outras 38 cidades brasileiras - confirmadas pela página do evento no Facebook, como se informa no site de notícias Terra. Os eventos contam com a participação de diversos grupos e movimentos, como o Dia do Basta, Nas Ruas, Revoltados Online, Quero o Fim da Corrupção, Movimento Brasil Contra a Corrupção (MBCC), Fichas Limpa e desta vez, o escândalo envolvendo Cachoeira e o senador Demóstenes Torres estará no foco dos manifestantes. Organização prevê protestos em praças e ruas de 50 cidades brasileiras hoje à tarde. O movimento de cidadania pede também o voto aberto dos parlamentares para que a população saiba quem é quem nas questões nacionais.
O repórter Leonardo Augusto - do jornal Estado de Minas - relata desde Belo Horizonte que mais uma vez, assim como no ano passado, não vai faltar motivo para que manifestantes compareçam à marcha contra a corrupção. Este ano, o principal atrativo dos protestos, que acontecem hoje com o nome de Dia do Basta, deverá ser o escândalo envolvendo o bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e o senador Demóstenes Torres (agora sem-partido-GO). A expectativa é de que a caminhada aconteça em mais de 50 cidades de todo o país. Em BH, a concentração começa às 16h, na Praça da Liberdade.
Na estreia da marcha, em 7 de setembro do ano passado, e mais concentrada em Brasília, o tom da manifestação ficou por conta da absolvição pela Câmara Federal da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada em vídeo de 2006, quando era deputada distrital, recebendo dinheiro do ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa. Outra marchas foram realizada no ano passado, em 12 de outrubro e 15 de novembro, tendo como mote o fim do voto secreto no Congresso Nacional, a inclusão da corrupção no rol de crimes hediondos, o fim das imunidades parlamentares e do foro privilegiado, além da aplicação da lei Ficha Limpa, que impede a participação, nas eleições, de candidatos condenados por instâncias colegiadas e também críticas ao projeto ruralista do novo Código Florestal.
Nas manifestações, a média de participação tem sido de 20 mil pessoas, conforme o representante do Comitê Ficha Limpa, Diego Ramalho, um dos articuladores das marchas contra a corrupção. “A população vem aumentando a percepção de que é necessário haver transparência no setor público, ética na política, para que os interesses nacionais estejam acima de todos os outros interesses, muitas vezes escusos".
Hoje, agora em 2012, a marcha coincide com as comemorações do 21 de Abril, Dia de Tiradentes, e com o aniversário de Brasília, que vive momento crítico com a greve dos professores que já dura 38 dias, a paralisação dos funcionários do metrô e a operação tartaruga colocada em prática pelos policiais do Distrito Federal.
Segundo o evento no Facebook, mais de 50 mil pessoas confirmaram presença nos vários eventos espalhados pelo País. A marcha acontece também em Salvador (BA); Juazeiro do Norte (CE); Cachoeiro do Itapemirim e Vitória (ES); Goiânia (GO); São Luiz (MA); Alfenas, Belo Horizonte, Governador Valadares e Uberaba (MG); Campo Grande (MS); Cáceres (MT); Belém (PA); Recife (PE); Teresina (PI); Pato Branco (PR); Volta Redonda (RJ); Natal (RN); Passo Fundo (RS); Araranguá, Blumenau, Brusque, Joinville e Florianópolis (SC); Aracaju (SE); Bebedouro, Campinas, Itu, Marília, Osasco, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté (SP); Cariri e Palmas (TO, em Brasília (DF) e em Franca (SP), às 10h na Concha Acústica, centro da cidade. Em São Paulo, a concentração ocorrerá no Masp, às 14h, na avenida Paulista. Em Brasília, o ponto de encontro será na frente do Museu Nacional, às 10h. Enfim, o movimento de cidadania de todas as regiões do Brasil vai às ruas para mudar a realidade do país. (Padinha)


Movimento de cidadania busca mudar a realidade do país


Fonteshttp://www.terra.com.br/
             http://www.em.com.br/
             http://folhaverdenews.blogspot.com/

3 comentários:

  1. Hoje é um dia histórico para a Nação, não somente por causa da importante data oficial de Tiradentes (que lutou pela liberdade do Brasil), mas também devido a ser o dia do Basta, em vátias regiões brasileiras, lideranças de cidadania estão conclamando a população para se manifestarem pela ética na política, para mudar e avançar o país.

    ResponderExcluir
  2. Nosso blog de ecologia e de cidadania abre espaço com entusiasmo para este movimento suprapartidário e nacional, para dar apoio a esta iniciativa popular contra a corrupção, a favor da ética, pela não-violência no dia a dia cada vez com maior crueldade em todas as regiões do Brasil, nas capitais, no interior, no litoral e até nas últimas matas onde também se manifesta o povo da floresta, como na região de Barra do Garça, no Mato Grosso, através dos índios Xavantes.

    ResponderExcluir
  3. E agora, até mais, que vou à rua também, para me unir ao povo e a voz das ruas que aumenta a força do movimento de cidadania para mudar a realidade e criar o futuro em todos os lugares da Nação.

    ResponderExcluir

Translation

translation