sexta-feira, 4 de maio de 2012

PROCURA-SE UM HACKER COM URGÊNCIA

Quem procura por um webespecialista é a superentidade Avaaz sofrendo bloqueio

Recebemos aqui no blog Folha Verde News um comunicado em tom de urgência da entidade internacional de ecologia e de cidadania Avaaz, que vem fazendo campanhas de valor em vários países, inclusive no Brasil na luta contra a megausina de Belo Monte, na denúncia de desmatamentos e de problemas na Amazônia, no Pantanal, casos de abusos aos direitos humanos ou dos cidadãos e consumidores em todo o mundo, em defesa de um avanço da liberdade de expressão e da informação, também aqui na Internet: agora é a Avaaz que está pedindo um socorro aos internautas para si mesma, vem sofrendo uma espécie de bloqueio tecnológico que tira do ar o seu site e prejudica todo um sistema de informações vitais para muitas causas que são prioridade para o movimento ecológico, científico e de cidadania em todos os cantos do planeta, neste pedido de help, a Avaaz curiosamente coloca entre suas prioridades de momento contratar hackers para ajudar a resolver os impasses e bloqueios que está sofrendo na sua comunicação. Abrimos espaço para a mensagem urgente da Avaaz e pedimos aqui que você alerte nas redes sociais ou a pessoas que possam a vir resolver esta situação-limite, o portal está tendo dificuldades cada vez maiores no webuniverso da comunicação. Pelo trabalho realizado nestes anos todos por causas de tanta importância, esta entidade merece ser apoiada e socorrida imediatamente por aqueles que possam fazê-lo e  -  cá entre nós  -  se você tem os dons de um hacker está na hora de uma boa ação ou de uma missão extremamente válida para milhares e até milhões de pessoas que estão sendo atendidas ou problemas que vem sendo resolvidos em vários lugares do planeta, graças à mobilização internacional desta ONG independente. Vamos fazer um mutirão pela Avaaz, um causa do bem. (Padinha)


Lutas ecológicas e de cidadania  com pessoas ameaçadas na Amazônia...

...ou causas como a não-violência de Hazare na Índia têm sido apoiadas pela Avaaz


Aqui, o comunicado da Avaaz, entidade ecológica, humanitária e de cidadania

"Neste exato momento, o site da Avaaz estrá sob um ataque pesado. Segundo um especialista, um ataque deste tamanho provavelmente veio de uma entidade governamental ou de uma grande corporação multinacional, com ataques pesados, simultâneos e sofisticados vindos de todo o mundo para derrubar o nosso site. Não estávamos esperando por isso. Nossas campanhas movidas por pessoas moderadas sempre foram destemidas, e temos enfrentado os piores obstáculos e desafios  do mundo, causando sérios danos a eles - dos regimes Sírio e Chinês, até  Rupert Murdoch, as grandes petroleiras e o crime organizado, fazendo muitas campanhas de valor em vários países, inclusive aí no Brasil.  A Ditadura Síria chamou nosso ativista de "o homem mais perigoso do mundo", e um inquérito no Reino Unido revelou recentemente e-mails entre a corporações de mídia de Murdoch e os mais altos níveis de governos dizendo que a ação da Avaaz contra Murdoch era sua maior preocupação: "Às vezes eu fico acordado a noite querendo saber quando essas pessoas virão atrás de mim ou quando e quanto conseguirão derrubar meus interesses" (Rupert Murdoch).
Os ataques e bloqueios contra nós já começaram, nós temos campanhas urgentes sobre os oceanos, florestas, no Ocidente e no Oriente e precisamos lançar mensagens e por em ação movimentos da sociedade civil por causas de mérito e de urgência, mas o ataque vem acontecendo já há 36 horas seguidas, há mais de um dia ameaçam nossa estrutura técnica e webcomunicação, a nossa capacidade de manter nosso trabalho com as campanhas. Por causa do alto nível de segurança, o nosso site ainda está funcionando (assim este comunicado está chegando até você ou até sua entidade agora) mas não com a intensidade suficiente e a normalidade necessária. Precisamos mostrar a esses agentes contrários ao nosso trabalho que, quando eles atacam a Avaaz, eles estão também mexendo com as pessoas, com lideranças da cidadania, da ecologia, das lutas humanitárias. E o poder popular não pode ser intimidado, a liberdade de informação não pode ser barrada, não podemos ser silenciados se nossas causas são de justiça, se isso ocorrer, "eles" ficam mais fortes. Clique abaixo para ajudar a defesa da Avaaz  ou para elevar nosso nível tecnológico de segurança e mostrar aos que nos atacam que todo o mal que tentam nos causar não nos destruirá, que toda esta perseguição desonesta, ilícita, indevida não vigorará, nossa luta vencerá mais esta violência: 
 
https://secure.avaaz.org/po/massive_attack_on_avaaz_po/?vl

As autoridades constituídas de várias nações estão sendo alertadas sobre o ataque. Mas precisamos urgentemente de um fundo de defesa para nos ajudar a:
  • construir rapidamente uma segurança em escala industrial para que nenhum ataque nos impeça de trabalhar em nossas campanhas
  • contratar excelentes hackers e tecnólogos para gerenciar nossos sistemas, defender-nos e testar nossas defesas
  • aumentar a segurança física do nosso pessoal em lugares de conflitos e vulneráveis como neste instante o Líbano e a Rússia
  • tomar uma série de outras providências para ampliar nossa estrutura e para melhorar a nossa tecnologia e segurança
A Avaaz tem sido um sistema que emana vozes de todo o mundo, desde incrivelmente corajosos, manifestantes tibetanos, russos e sí­rios que arriscam tudo por sua liberdade, até comunidades indígenas bolivianas que salvam suas florestas de serem dizimadas pela metade. Estas pessoas enfrentam um perigo intenso e repelir ataques ou ameaças, são várias as frentes  na luta nossa pela democracia, pela liberdade, por causas de valor em toda a Terra.

Milhares de pessoas e entidades tem apoiado nossas campanhas via Internet para impedir que corporações e governos censurem e controlem a web -- desde ameaças globais como SOPA/PIPA nos EUA e a ACTA na Europa, até ataques nacionais na Itália, Brasil e Síria. Entretanto, agora um dos adversários , um deles está nos tentando censurar diretamente. Até momento, ainda estamos funcionando graças a sistemas de tecnologia e de comunicação financiados por membros ou voluntários que permitem que possamos fazer esse apelo de apoio de forma segura. Mas nossas campanhas como um todo já sofrem uma ameaça real de paralização. Precisamos agir e mostrar que essas táticas acbarão por nos tornar mais fortes:

https://secure.avaaz.org/po/massive_attack_on_avaaz_po/?vl

A Avaaz tem podido resistir a governos e corporações porque toda a nossa força, legitimidade e financiamento vem de pessoas, e pessoas independentes. Não aceitamos dinheiro - qualquer tipo de dinheiro - de governos, corporações, fundações ou mesmo de grandes doadores individuais. Nossa força é o ideal coletivo que tem fortalecido nossa luta.
Com esperança e determinação,
Ricken e toda a equipe da Avaaz".

Fontes: www.avaaz.org
              http://folhaverdenews.blogspot.com

5 comentários:

  1. ASSIM COMO ACONTECEU COM A WIKILEAKS DE JULIAN ASSANGE, AGORA É A ENTIDADE AVAAZ QUE SOFRE UM BLOQUEIO TECNOLÓGICO COMO UMA FORMA DE CENSURA OU DE PARALIZAÇÃO DAS AÇÕES HUMANITÁRIAS, PELA ECOLOGIA, CIDADANIA E LIBERDADE DE EXPRESSÃO, TAMBÉM NA INTERNET.

    ResponderExcluir
  2. Assim como a Wilileaks de Julian Assange de forma silimar, a entidade Avaaz vem sofrendo um bloqueio tecnológico para paralizar as ações humanitárias e de conteúdo ecológico, de cidadania, a luta pela liberdade de expressão também na Internet.

    ResponderExcluir
  3. A equipe do Folha Verde News tem recebido mensagens de busca de apoio à Avaaz e assim, por conhecer o trabalho desta entidade internacional em campnahas feitas no Brasil, abre espaço para a sua defesa.

    ResponderExcluir
  4. Ontem foi Wikileaks, hoje a Avaaz, amanhã pode ser a sua própria entidade, enfraquecendo assim a sociedade civil neste momento de muitos desafios e violências em todos os lugares do mundo,

    ResponderExcluir
  5. O apoio de outras entidades civis junto também a autoridades de maior cidadania do Governo, do Poder Judiciártio e de todos os setores empresariais e em especial da mídia, tradicional ou nas redes sociais de internautras, poderá ajudar a Avaaz resolver os problemas e superar mais este desafio tecnológico e político. Este é o sentido de apoio do nosso blog Folha Verde News, que sempre se ali à defesa da liberdade da informação.

    ResponderExcluir

Translation

translation