domingo, 19 de agosto de 2012

ONU BUSCA AUMENTAR ESPÍRITO HUMANITÁRIO DAS PESSOAS E DOS PAÍSES

Ban Ki-moon destaca poder das ações individuais para a cultura humanitária

Foi celebrado ontem por iniciativa da ONU o Dia Mundial da Ação Humanitária, o  secretário geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, destacou o poder das ações individuais para provocar mudanças globais e elogiou as realizações dos trabalhadores humanitários que prestam assistência a pessoas vulneráveis em todo o mundo: “O Dia Mundial da Ação Humanitária deste ano apresenta uma oportunidade histórica para reunir um bilhão de pessoas de todo o mundo para promover uma ideia poderosa e pró-ativa: pessoas ajudando pessoas”. Algumas mensagens também citavam: países ajudando países: “Desde esforços internacionais para evitar uma crise de fome na África Ocidental até assistência urgente a civis na Síria, passando por um único ato bom de um vizinho para o outro, o espírito de pessoas ajudando pessoas melhora as condições para todos”, acrescentou o Secretário-Geral. “Essa é a melhor maneira de honrar os muitos líderes humanitários cujas mortes lamentamos hoje e celebrar os esforços de outros que prosseguem em sua nobre missão de apressar a assistência aos que estão sofrendo.”
“As ações individuais podem parecer pequenas, mas, coletivamente, elas vão refletir em todo o mundo, gerando impulso irrefreável de um futuro melhor”, previu Ban Ki-moon..

“I Was Here”

Para este ano, a ONU lançou uma campanha global intitulada “I Was Here” (“Eu estive aqui”), que pode até ter envolvido um bilhão de pessoas por meio de mídias sociais com a proposta de todos e cada um se empenharem em realizar uma ação humanitária. "Nesta próxima semana poderá sair uma avaliação numérica do alcance da campanha, de toda forma, ela conseguiu elevar o conteúdo das preocupações do ser humano, pelo menos, por parte das pessos ou lideranças mais informadas ou mais atentas com a condição de vida, com a não-violência, com a busca da paz e da criação do futuro", comentou o ecologista Padinha, ao editar esta matéria aqui no blog Folha Verde News: "Nós todos e cada um de nós temos que participar para que os objetivos humanitários sejam alcançados e a a vida de todo mundo melhore, por exemplo, diminuindo a violência, injustiças sociais, fome e sofrimento de muita gente em vários lugares".
Organizada pelo Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), a iniciativa é apoiada pela cantora norte-americana Beyoncé, que gravou um vídeo na Assembleia Geral da ONU.
As imagensforam exibidas ontem na Times Square, em Nova York (Estados Unidos), assim como em praças de outras cidades – entre elas, Dubai (Emirados Árabes Unidos), Genebra (Suíça) e Addis Abeba (Etiópia).e estas informções estão aqui também em nosso blog de ecologia e de cidadania como em milhares de webespaços ou sites de jornalismo para levar em frente esta mensagem de solidariedade, mais importantes ainda porque cada dia mais, atualmente, a realidade parece ficar mais desumana na Terra.

A campanha da ONU apoiada e popularizada pela cantora Beyoncé

A iniciativa do secretário geral da ONU pode ajudar a avançar a realidade

Alguns se lembraram também da prisão e censura contra a banda Pussy Riot agora na Rússia...

No Tibet para marcar a campanha monges oraram pela liberdade e pela paz na Terra

Fontes: www.onu.org.br
             http://folhaverdenews.blogspot.com

4 comentários:

  1. O primeiro passo para mudar uma realidade de violência, injustiças, fome e sofrimento de boa parte da população da Terra é mudar a cultura de egoismo para outra de solidariedade humana, segundo a filosofia de ação proposta pela ONU.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza, além de ações individuais e até de uma nova mentalidade, urge que sejam mudadas as estruturas políticas e econômicas dos países, a atual sociedade de consumo tem se mostrado como um sistema que cria muitos problemas a uma condição realmente humana de vida.

    ResponderExcluir
  3. O nosso blog, assim como milhares de lideranças da ecologia e da cidadania em todos os cantos do planeta, apoiaram esta iniciativa de Ban Ki-moon, que assim marca muito positivamente a sua gestão como secretário geral da ONU.

    ResponderExcluir
  4. Recebemos via Unic a seguinte informação da ONU.
    A campanha mundial das Nações Unidas para destacar o impacto que os atos humanitários, sejam eles grandes ou pequenos, podem ter no mundo foi anunciada como um sucesso por seus organizadores, com mais de um bilhão de mensagens de esperança incentivando as pessoas a fazerem algo de bom para alguém no Dia Mundial da Ação Humanitária, que este ano caiu no domingo (19). O nosso blog Folha Verde News fez neste dia matéria especial, para valorizar e divulgar a iniciativa.

    ResponderExcluir

Translation

translation