quarta-feira, 12 de junho de 2013

CRIANÇAS NORMAIS SÃO EM GERAL GENIAIS PERTO DOS OUTROS SERES HUMANOS

Após projetar avião, garoto de dez anos disputa título de gênio mirim e se destaca hoje na BBC


Com dez anos, menino britânico Hugo Goodwill diz que seus pais têm inteligência média, "eu também, não tenho nada demais", disse ao site da BBC e esta sua expressão corre o mundo via Internet: aqui no blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News, abrimos nosso webespaço para esta notícia com o objetivo de varolizar a sensibilidade e a inteligência das pessoas, "algo que realmente define tudo, pode mudar e avançar a realidade da vida, superando problemas, erros e limitres que todo mundo tem", comenta por aqui o nosso editor de conteúdo, Antônio de Pádua Padinha, completando que "por causa da sua sensibilidade e da sua inteligência, as crianças em geral são o melhor do ser humano e da vida, principalmente quando são humildes diantes destes fatos assim, a precocidade pode ser problemática mas a genialidade infantil é um fator que avança em qualquer situação", finaliza Padinha. A maioria dos pais fica orgulhosa de seus filhos e acha secretamente que eles são mais inteligentes do que seus amigos. Mas alguns deles realmente são pais de gênios. Hugo, de dez anos, é um dos participantes de um concurso da Mensa,  que é uma associação internacional que reúne pessoas que obtém, em testes padrão de QI, um índice de acerto de 98% ou superior. As crianças mais inteligentes têm menor distração lateral, diz estudo. Várias manchetes e notícias relacionadas estão por toda parte: Menino autista gênio da física cotado para um dia levar Nobel. "Gênio desmemoriado" é identificado após vagar por 3 anos pelo sul da Itália. Ele é uma das 21 crianças entre 7 e 11 anos que estão competindo pelo título de gênio mirim da Grã-Bretanha.


O garotinho Hugo parece mesmo ter sensibilidade e intelçigência acima do comum
No caso do garotinho Hugo, ele é um entusiasta de trens e de engenharia, até já projetou um avião inteiro, que pretende fabricar quando for mais velho: "Fico entediado com alguns tipos de tarefas. Eu geralmente faço as tarefas da escola muito rapidamente e às vezes pego trabalho extra", disse também o menino Hugo.
A mãe dele, Michelle Goodwill, disse que "ele sempre deu trabalho. Quando nossos amigos souberam que estávamos esperando outro bebê, acharam que estávamos loucos". Mesmo depois de perceberem que o garoto tinha inteligência acima do normal, Michelle conta que ela e o pai de Hugo se esforçaram para que ele tivesse uma vida social com os colegas de escola. "Sempre quisemos que ele fosse normal, então sempre nos esquivamos de atividades em grupo com outras crianças superdotadas, como as da Mensa e coisas do tipo. Então foi por sorte que caímos lá, porque uma amiga me disse que, se Hugo fosse o filho dela, ela se envolveria na Mensa". "Eles estão na média, acho. Meu pai está um pouco acima da média e minha mãe tem inteligência, o que é bom." É o garoto Hugo falando sobre os próprios pais. "Queremos que ele seja o mais normal possível, porque é assim que se fazem amigos, se faz sucesso, se fica popular. Mas se você se tornar muito 'exclusivo' e só andar com pessoas muito inteligentes o tempo todo, não estará tão envolvido socialmente", disse ela, temendo que isso vá limitar a infância e a vida do seu filho. Entre os adversários de Hugo no concurso está um prodígio do xadrez de oito anos e uma menina conhecida como "ábaco humano", por ser mais rápida que uma calculadora. Quer dizer, crianças geniais estão por todo lado...O garoto Hugo diz ainda que não se sente sozinho, mesmo estando à frente dos colegas na escola, e afirma ter "muitos amigos". Um dos sinais de que uma criança pode ser superdotada parece ser que não é possível impedi-la de aprender mais rápido do que as outras. A consultora da Mensa britânica Lyn Kendall diz ter percebido que seu filho Chris, hoje com 30 anos, tinha inteligência acima da média quando o descobriu quando criança aprendendo sozinho a escrever pela manhã, antes que o resto da família tivesse acordado. Aos quatro anos, ele preferia ler obras de Charles Dickens na escola em vez de brincar com outras crianças como é comum. "Crianças superdotadas geralmente preferem a companhia de crianças mais velhas ou de adultos", diz Kendall. A instituição lista ainda outras características que podem indicar um QI acima da média, que incluem uma memória incomum, um conhecimento mais profundo de determinados assuntos, um senso de humor altamente desenvolvido, aptidão especial para música ou artes e a vontade de estar no controle. A série Child Genius, que irá ao ar no canal de TV britânico Channel 4 nesta terça-feira, acompanhará o dia a dia e os desafios das famílias das crianças superdotadas que participam da competição da Mensa. Esta atração de mídia fez crescer o interesse sobre crianças geniais como Hugo.


A precocidade mal encarada pode levar a problemas, sofrimento, isolamento...

...sendo duperimportante a criança aproveitar a infância e as brincadeiras no dia a dia

Fontes: BBC
             http://folhaverdenews.blogspot.com

5 comentários:

  1. "Vinde a mim as criancinhas" (Jesus) e toda a filosofia ou cultura de vida oriental levam à compreensão de como pode ser feliz (também para os adultos em volta) a sensibilidade e a natural inteligência de toda criança, embora algumas se destaquem mais.

    ResponderExcluir
  2. A criança precoce ou que se destaca no contexto social por uma maior sensibilidade ou por uma inteligência mais ampla em alguns setores ou assuntos, se não for bem orientada pode vir a ter problemas, como o povo diz, perder a infância.

    ResponderExcluir
  3. Um grau maior de sensibilidade, de intelig~encia ou de talento para uma ou outra coisa não poide levar a criança a virar precocemente um adulto, na verdade, vira monstro, levando em conta a realidade comum de hoje em dia...

    ResponderExcluir
  4. Autores como Summer Hill (Liberdade Sem Medo) destacam também a importância da espontaneidade em especial para a criançada, algo que depois na vida adulta é bem mais raro ou complicado.

    ResponderExcluir
  5. Segundo acredita o nosso editor de conteúdo Padinha esta disputa de gênios mirins, realizada na Inglaterra, talvez seja errônea no sentido de provocar uma responsabilidade extra e grande para a criança, que assim fica privada de vivenciar a infância com privacidade. Independente disso, a sensibilidade e a inteligência do garoto Hugo e das crianças em geral alicerçam o valor desta matéria no blog.

    ResponderExcluir

Translation

translation