quinta-feira, 17 de outubro de 2013

UM CINEJORNAL DA VIDA AGORA NO BRASIL E NO MUNDO NA 37ª MOSTRA DE CINEMA

Documentarista destaca a importância cult desta mostra que começa hoje em São Paulo

Você pode localizar em blogs.estadao.com.br a seção de Adriana-plut: ela que estudou direção de filmes em Londres e hoje está ligada à Grifa Filmes, dá todas as dicas sobre esta  nova e importante edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo que começa com uma sessão apenas para convidados nesta quinta-feira, quando será exibido o filme “Inside Llewyn Davis”, de Joel e Ethan Coen. A partir de sexta-feira, amanhã, o público poderá assistir aos cerca de 350 títulos de vários países em mais de 20 salas de cinema da capital paulista. Entre eles estão muitos documentários e o blog .DOC preparou uma listagem de todos eles. Na sua coluna no site do jornal O Estado de São Paulo, Adriana
além de informações, posta os trailers de 40 produções de vários países e escreve: "Muitos títulos que ganharam prêmios em outros festivais pelo Brasil serão exibidos na Mostra. Entre eles, o melhor documentário segundo o júri do Festival do Rio, “Histórias de Arcanjo – Um documentário sobre Tim Lopes”, dirigido por Guilherme Azevedo. O filme relata a trajetória do jornalista Tim Lopes – morto em 2002 por traficantes quando fazia uma reportagem sobre prostituição infantil na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro – por meio de Bruno Quintella, filho de Tim Lopes e roteirista do filme, que se reencontra com amigos, colegas de profissão e personagens de matérias que marcaram a vida de seu pai. Aliás, sobre este documentário, o editor de conteúdo do blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha (que está em meio à realização de um documentário sobre a cultura da violência) aproveita para comentar aqui que "o assassinato de Tim Lopes que gerou este filme de Guilherme Azevedo, também foi uma das fontes que levaram a ONU tentar uma alternativa de solução para a violência contra jornalistas no país e no planeta". Nesse ponto, ele resume as informações de um e-mail que recebeu da UNIC - assessoria de imprensa das Nações Unidas - uma tentativa de diminuir este tipo de crime e acabar com a impunidade deles, o evento de alerta teve o apoio da UNESCO, fez parte da programação da Conferência Global de Jornalismo Investigativo, realizada agora nesta semana no Rio de Janeiro pela Global Investigative Journalism Network e também pelo Instituto Prensa Y Sociedad. No evento a ministra Maria do Rosário, da secretaria nacional dos Direitos Humanos, defendeu como uma  das saídas para a violência da atualidade, "a desmilitarização das polícias que ainda usam práticas de abordagem da época da Ditadura Militar no Brasil". Ela se referia a Tim Lopes e também ao caso do momento, o desaparecimento do pedreiro Amarildo de Sousa, na favela da Rocinha. Nosso editor Padinha foi contatado por estar pesquisando ocorrências violentas, em especial contra repórteres, que são um dos enfoques do seu seu documentário (a ser lançado durante a Copa do Mundo em 2014). Mas voltando à 37ª Mostra, Adriana-plut destaca no seu blog  o Prêmio Especial do Júri no Festival do Rio, “A Farra do Circo”, de Roberto Berliner e Pedro Bronz,“Revelando Sebastião Salgado”, da diretora Betse de Paula, que abriu o Festival de Brasília, e “Morro dos Prazeres”, que levou os prêmios de melhor direção e fotografia em Brasília, estão entre os títulos brasileiros. E Adriana ainda destaca que "a oferta internacional também é ampla e vai de um filme sobre um campo de refugiados no sul do Líbano (“Um Mundo Que Não É Nosso”, de Alam Laysa Lana e Mahdi Fleifel) à história de três garotinhas chinesas que querem se tornar lutadoras de Kung Fu (“Dragon Girls”, de Inigo Westmeier). Além disso, a Mostra traz uma retrospectiva da obra de um dos maiores documentaristas brasileiros, Eduardo Coutinho, com filmes como “Cabra Marcado Para Morrer” (1984), “Edifício Master” (2002) e “Jogo de Cena” (2007). Serão mostrados também dois trabalhos do diretor para o programa Globo Repórter, onde foi editor de 1975 a 1984". Você pode confirar a  lista de documentários desta 37ª Mostra de São Paulo, que vai até o dia 31 de outubro, com dicas de Adriana-plut que no seu blog posta um link com toda a programação do festival de documentários, questionando de diferentes ângulos da vida e do cinema, a realidade atual.




A liberdade e as várias faces dos documentários...


...na 37ª Mostra, inclusive filme sobre Tim Lopes



...no momento quem que a Unesco destaca a violência crescendo....


também contra repórteres aqui e em todo o planeta




A Mostra de SP agora lembra o pique dos primeiros filmes  do Glauber Rocha



Fontes: www.estadao.com.br
               www.onu.org.br
               http://folhaverdenews.blogspot.com

7 comentários:

  1. Realmente de grande valor a mostra de documentários em São Paulo, destacada pela cineasta Adriana-plut no seu blog no site do Estadão hoje, bem como também importante a referência sobre a questão da violência contra jornalistas que mobilizou um evento no Rio de Janeiro com o apoio da Unesco.

    ResponderExcluir
  2. A UNIC informa: "Estamos mapeando aquelas circunstâncias que inclusive levaram à morte, justamente nesses assassinatos, para que não tenhamos a impunidade. E neste mapeamento, acompanhando esses casos, nós identificamos que, em geral, os jornalistas são ameaçados por matérias que escrevem, porque desequilibram relações de poder, e a proteção eles precisam ter. Então, hoje nós estamos pensando qual é a política de proteção que deve existir, que integre inclusive a responsabilidade não só do Estado como dos próprios veículos no momento da cobertura de temas que realmente colocam os profissionais diante de um risco maior”, explicou o e-mail a nós enviado pelo centro de informações da ONU.

    ResponderExcluir
  3. Fizemos questão neste post de misturar as informações sobre a Mostra de documentários de SP com o evento em defesa da liberdade de informação e segurança dos comunicadores, que aconteceu nesta semana no Rio. Elas têm um objetivo comum, na nossa ótica.

    ResponderExcluir
  4. Mande a sua informação, opinião, mensagem ou comentário sobre esta pauta dupla aqui para o nosso blog da ecologia e da cidadania vc tb: navepad@netsite.com.br Participe da luta cult para mudar e avançar a realidade do país e da vida.

    ResponderExcluir
  5. Adriana Put, documentarista da Grifa Filmes e blogueira no site do Estadão, passa muita informação e dicas sobre a Mostra SP de filmes documentais: eles são destaque hoje aqui no nosso webespaço que tb fala das pautas da Conferência Global de Jornalismo Investigativo, realizada nesta semana no Rio de Janeiro pela Global Investigative Journalism Network e também pelo Instituto Prensa Y Sociedad.: os dois eventos têm em comum a luta pela liberdade de expressão e por um avanço cult.
    Curtir · · Compartilhar · Promover · há 9 segundos ·

    Antônio Pádua Silva Padinha Adriana Put dá dicas sobre documentários e um link da programação do festival de filmes documentais de vários países, que começa amanhã em Sampa: no Rio, a Unesco deu apoio à luta dos jornalistas pela liberdade de informação e segurança no trabalho de comunicação. Dois ângulos da mesma luta cult hoje em http://folhaverdenews.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. "Depois que entrei aqui no Folha Verde News, fui conhecer o blog da Adriana Put, muito legais estas alternativas de informação": este e-mail nos foi enviado por Cleacir dos Santos, que se prepara para fazer Comunicação na Unesp de Bauru (SP).

    ResponderExcluir
  7. Os críticos de cinema Luiz Zanin e Luiz Carlos Mertem analisaram a Mostra de SP como muito positiva e fizeram comentários sobre os 80 filmes brasileiros que estará neste festival internacional, destacando alguns, como "Rio Corrente", "Lobo Atrás Da Porta", "O Homem Das Multidões", bem como, o trabalho de cineastas como Paulo Sacramento, Paula Gaetan (viúva de Glauber Rocha) e Lina Chamie, que fez uma abordagem holística da Corrida de São Silvestre para via ela e muita música mostrar a maratona que é viver em SP.

    ResponderExcluir

Translation

translation