sexta-feira, 8 de novembro de 2013

ESTAVAM PROCURANDO ETs E OVNIS MAS DESOBRIRAM MAIS UM CRIME AMBIENTAL

Fotos da Nasa sobre estranhas luzes nas Ilhas Malvinas vistas do espaço revelaram um crime

Uma equipe da Nasa ainda na virada de 2012 para 2013 mostrou aos técnicos do laboratório espacial  uma das imagens espaciais mais impressionantes já vistas: um mapa de luzes de como é o planeta durante a noite. Após quase um ano estudando a imagem, o ponto de destaque curioso foi a concentração de luz entre a Argentina e as Malvinas. Logo se pensou num fenômeno ufológico...

Imagem aeroespacial e geral de como a Terra fica durante a noite...
 
Depois de analisar variadas imagens, decupadas ponto por ponto, a agência astronáutica dos Estados Unidos confirmou via a Reuters que, para surpresa de todos, o local é marcado pela extrema presença de...barcos de pesca, que se utilizam de tanta luminosidade no local que o faz sugerir um estranho fenômeno acontecendo: a matéria corre o mundo, está hoje no site Yahoo e postamos um resumo dela aqui no blog Folha Verde News porque a descoberta tem a ver com ecologia, pior ainda, com um crime ambiental, flagrado por astronautas do espaço sideral. Acompanhe a sequência da informação.
Em comunicado, a própria Nasa se mostra surpresa e explica o fenômeno: "Não são assentamentos humanos e não há incêndios ou plataformas de gás no local e nem ao menos se trata de uma formação de OVNIs. Há sim uma enorme quantidade de barcos, milhares deles que têm luzes muito potentes para atrair seus alvos para a superfície"...
No detalhe como foram vistas  do espaço as "estranhas" concentrações de luz nas Malvinas 
Se algumas pessoas pensaram em "força extraterrestre" ao observas a estranha concentração de luz, a Nasa procurou chamar a atenção para o problema ambiental que é flagrado neste local: milhares de barcos pescam ilegalmente nas Malvinas, já que o número de luzes excede e muito o número de embarcações legalizadas do local. As autoridades argentinas já foram questionadas pela ONU.
Este é o tipo possante de luz que os barcos usam para uma missão bem terrestre, no mau sentido
A presença de barcos ilegais coloca em risco localmente o ecosssistema regional, já que milhares de baleias, focas e pinguins que vivem na região são dependentes de peixes locais para se alimentarem. Com a grande presença de pescadores, a comida fica escassa e diversas espécies estão morrendo no  calar da noite nas Ilhas Malvinas, bem ao sul da América e junto ao Polo Sul do planeta. 
 
Fontes: Nasa
              Reuters
              www.yahoo.com.br
              http://folhaverdenews.blogspot.com
 

5 comentários:

  1. Infelizmente, as luzes flagradas por astronautas do espaço nas Ilhas Malvinas à noite não eram Ets nem OVNIs mas agressão de pescadores ilegais a baleias, focas e pinguins, um crime ambiental bem comum aqui na Terra.

    ResponderExcluir
  2. De toda forma, pela expressividade das imagens, correndo o mundo, o fato chamou tanto a atenção que autoridades ambientais da ONU estão se mobilizando para cobrar uma atitude da Argentina para diminuir a força das luzes possantes e o número de barcos pesqueiros, ali que está um dos focos mais constantes de mortes de baleias, focas e pinguins.

    ResponderExcluir
  3. Você pode também perguntar, como fizeram empresários de pesca no local, o que afinal importa mais, pesar os peixes prá população ou alimentar baleias, focas e pinguins com os peixes?...Na realidade, a pergunta deveria ser, por que a indústria da pesca pensa só em lucro imediato com a megapescaria e não em preservar os peixes para o equilíbrio ecológico do Atlântico e vida da fauna marinha?

    ResponderExcluir
  4. Dentro desta pauta de hoje aqui no blog da ecologia e da cidadania vc tb pode mandar a sua opinião, comentário, pergunta ou mensagem, envie um e-mail para navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. "Pode ser que os homens e os ETs tenham algo a fazer juntos no espaço ou não sei aonde mas por enquanto os chamados seres humanos nem cumpriram a sua função mais básica por aqui mesmo": este é um resumo da mensagem que recebemos aqui no nosso e-mail enviado por Janaina Morais, de Teresópolis (RJ): envie vc tb a sua mensagem aqui pro nosso blog: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir

Translation

translation