segunda-feira, 11 de novembro de 2013

UMA RAPAZIADA QUE HERDA O ROCK HUMOR E A POESIA TROPICALISTA

Músicos herdeiros de Tom Zé trio que é a banda O Terno, terno de três e também de ternura

Pedro Antunes escreve no site Terra que "o fato de ter um único disco lançado e a barba rala, que tenta cobrir o rosto do vocalista e guitarrista Tim Bernardes indicam a pouca idade do trio que forma a banda O Terno. Já as referencias exibidas à exaustão no show do grupo no Festival Planeta Terra, na edição deste sábado em Sampa, vem dos tempos dos pais deles – no mínimo. Os instrumentos antigos de Tim e Guilherme Peixe (baixo), principalmente, trazem um sabor vintage à sonoridade ousada do grupo. É uma gostosa união entre tropicalismo, psicodelia setentista e letras contemporâneas e moderninhas, tudo colocado em um liquidificador e despejado em doses rápidas, com canções curtas e velozes. Eles souberam usar bem o tempo no palco, pouco menos de 50 minutos, para vender bem o peixe da banda. Além de músicas do disco lançado, como “Morto”, eles mostraram composições novas, como “Papa Francisco Perdoa o Tom Zé”, criada em parceria com este tropicalista  (cá entre nós, você pode curtir essa música 10 aqui no blog Folha Verde News  hoje)  e “Quando Estamos Todos Dormindo”, que estará presente no próximo álbum. O trio homenageou duas ótimas parcerias da música brasileira: primeiro, Baden Powell e Vinícius de Moraes, com uma versão roqueira de “Canto de Ossanha”; por fim, “O Trem Azul”, de Milton Nascimento e Lô Borges. Todas com muita identidade própria. Afinal, eles até podem ser novinhos, mas vêm mostrando que sabem bem onde estão pisando"...
 
Tim, Guiherme e Victor: o trio que é uma banda
 
Na verdade, este trio sabe o que eles estão tocando, comenta por aqui no blog da ecologia e da cidadania, Folha Verde News, o nosso editor, o repórter, ecologista, autor perseguido pela censura ditatorial (e o escambau) Antônio de Pádua Padinha: "Curti d+ Papa Francisco Perdoa Tom Zé e outras coisas que pude ouvir/ver de vocês 3, um trio que é banda que é O Terno, podem avacalhar com tudo mas sem perder a ternura jamais: por aqui, faço 1 post sobre o trabalho cult de vocês no meu blog meio que apocalíptico por ser ecológico. E please, Tim, Guilherme e Victor, abracem por mim o amigo que não é ex, mas está distante no tempo e no espaço, meu querido José, Tom, Zé, paz aí onde vc esteja, Padinha". (Esta mensagem foi postada para o trio O Terno ainda agora no Facebook).
Quanto à parceria Tom Zé/O Terno é um rock Brazil, com certeza Papa Francisco perdoará, pois este cara não é nenhum monstro na vida, embora seja isso mesmo na música. A letra cita de passagem a garotinha tropicalista, os xiitas intelectuais, a diferença entre esquerda e direita que não existe mais, se refere sutilmente até aos black blocs e/ou o capitalismo selvagem, a mídia ninja e todo um papo cabeça e não blablablá.
Enquanto isso e ao mesmo tempo, o site Rolling Stone da Uol abriu o seu webespaço com mil elogios aos 3 músicos, com a manchete "Rock Retrô Empolga Público No Planeta Terra".
Todos com cerca de 22 anos e muito ligados no Rock n Roll, aqui, um resumo da ficha deles: Tim Bernardes (acho que ele é filho do músico Maurício e amigo do meu amigo distante André Abujamra), está na banda com guitarra e voz  - ele herdou o óculos de John Lennon - , Guilherme d"Almeida é o baixo com altos sons (embora seja pós-moderno, seu nome lembra um poeta modernista pré-1922) e Victor Chaves é o baterista, na verdade, um superbatera, bate legal com o som de hoje em dia. E a gente fica feliz ao ver/ouvir O Terno, mesmo que eu seja só um ecologista a + ou  a - na equação da realidade de agora, que ao contrário do som deste trio é a cultura da violência, ousa dizer Padinha, aqui na redação do nosso blog, divulgando para o movimento da ecologia e da cidadania lances de interesse todos os dias: os nossos internautas mais assíduos que estão acessando esta que é a 1.761ª postagem do Folha Verde News, que já atingiu aqui na web cerca de 182 mil visualizações: não é uma massa mas uma gente de muito valor.


Os três formam a banda O Terno com rock, humor e até alguma ternura


A gente pode considerar que eles são sobrinhos musicais de Tom Zé

Fontes: www.terra.com.br
             www.rollingstone.uol.com.br
             www.tomze.com.br
             http://www.oterno.com.br
             http://folhaverdenews.blogspot.com 

5 comentários:

  1. No caso da música "Papa Francisco Perdoa Tom Zé", destaque no clipo hoje do Folha Verde News, com certeza Sua Santidade perdoará, o cara em questão não se trata de um monstro, embora na música ou na poesia ele seja graças a Deus mais ou menos isso mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Esta banda ou trio O Terno está sendo considerada um dos destaques cults do festival Planeta Terra, como informa também o site Uol na seção Rolling Stone.

    ResponderExcluir
  3. Não vejo como Rock Retrô o trabalho deste trio de Rock n Roll made in Brazil e sim, como um som pós-apocalipse, que ainda não aconteceu: este é um dos comentários do nosso editor Padinha.

    ResponderExcluir
  4. Mande vc tb a sua msm, comentário, informação, critica ou algo mais que queira dentro desta pauta de hoje, o trabalho da banda O Terno, envie pro e-mail do nosso blog da ecologia e da cidadania: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. "Estudo letras aqui na Unesp de Araraquara e gostaria que essa banda fizesse shows tipo circuito universitário": esta é a msm que recebemos aqui no blog de João Pedro. Mande vc tb seu e-mail para navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir

Translation

translation