sexta-feira, 9 de maio de 2014

ANISTIA INTERNACIONAL QUER O MUNDO DE OLHO NO BRASIL NOS PROTESTOS DURANTE A COPA

Cartão Amarelo é o nome do alerta, da campanha e da coleta de assinaturas durante Copa


Cartaz de protesto (BBC)
Anistia Internacional diz que uso excessivo de força na repressão de protestos 'não serão tolerados'...

Quanto ao esquema de segurança que o governo federal e os Estados que receberão jogos estão montando, que deve consumir quase R$ 2 bilhões e levar mais de 170 mil homens às ruas, a líder de cidadania Renata Nader também se mostra preocupada: "Claro que vemos com muita preocupação esta estrutura de segurança que está sendo montada para os grandes eventos. Não pela escala, porque em outros países também há grandes operações em situações como essa. Aqui o que preocupa é o nosso histórico. O histórico de momentos do uso da Força Nacional e do Exército, em operações no Rio de Janeiro, por exemplo, com saldo de mortes e excessos", manifestou a assessora jurídica da Anistia Internacional. Ela explicou que a campanha mostra como o "mundo estará de olho no Brasil" durante a Copa, e como abusos, excessos e violações de direitos humanos para reprimir protestos não serão tolerados, isso como uma advertência, "antes que o pior aconteça".  Ela destacou a maneira como leis existentes foram usadas para deter manifestantes e as novas propostas que surgiram, como a lei de terrorismo, endurecimento de penas para manifestantes, e até punição ao uso de máscaras. Esta posição e a divulgação da campanha Cartão Amasrelo poderão promover um avanço na situação, a bem do evento Copa do Mundo e também,, claro, da população brasileira e da imagem do país.

A descontração do selfie com Dilma Roussef na Arena do Corinthians sinaliza em outra direção

O uso excessivo de força contra manifestantes e imprensa no Brasil chocou o mundo...

...e contradiz com o símbolo ecológico da Copa do Mundo no Brasil....


....pior ainda, o clima de violência que revolta muita gente

Há alguma chance de que prevaleça a cidadania dentro e fora do campo durante a Copa


Fontes: www.bbc.co.uk/portuguese
             www.folhaverdenews.com

6 comentários:

  1. Esta campanha Cartão Amarelo, da Anistia Internacional, pelo menos é bem melhor na sua elaboração do que a Cartilha da Fifa sobre o povo brasileiro, que vazou na Internet e logo foi tirada do ar no site da Fifa, como aliás noticiamos por aqui naqueles dias.

    ResponderExcluir
  2. A proposta da Anistia Internacional estão longe de um injunção nas coisas do Brasil e nem tem o caráter preconceituoso do Padrão Fifa, já tão criticado no país: esta campanha de alerta pode estimular até que a cidadania prevaleça dentro do campo da bola e fora dos estádios durante a Copa do Mundo.

    ResponderExcluir
  3. A ecologia (simbolizada no Tatu Bola mascote da Copa) e a cidadania do Brasil são, aliás, as maiores forças de comunicação brasileira durante este evento mundial aqui no país, que terá a maior exposição de mídia de todas as outras copas e mais ampla cobertura do que a maioria dos eventos internacionais.

    ResponderExcluir
  4. Isso se dá também pela força da indústria de lazer, que é o futebol hoje em dia. Nós aqui do blog torcemos para não pinte violência (de nenhuma espécie) e que vençam o futebol e a cidadania do Brasil, OK?

    ResponderExcluir
  5. Mande vc tb a sua msm ou opinião ou informação ou comentário aqui pro nosso e-mail: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  6. "Superlegal esse enfoque de cidadania dentro e fora do campo durante a Copa, é a informação da hora": agradecemos o elogio da internauta Clarice Silveira, de BH, que estuda na PUC de Minas. Mande vc tb a sua msm ou comentário ou informação para navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir

Translation

translation