Algumas declarações de Joseph Blatter

"O Brasil tem 200 milhões de amantes do futebol, e eles vão receber a Copa com amor, o desempenho da seleção brasileira também vai influir, mas estou convencido de que será um Mundial muito bom, no que diz respeito ao futebol. Esperamos que contribua para apaziguar esses protestos sociais que vivemos já meses atrás  na Copa das Confederações".

"Não se sabe o que pode acontecer, e eu não sou nenhum profeta. Estou convencido de que no Brasil os protestos sociais já não vão poder apelar aos mesmos argumentos que na Copa das Confederações, eles se esvaziaram, as palavras de ordem teriam que ser outras e já é tarde demais para dizer que a Copa não deve ser feita ou que não vai ter Copa. Estou convencido de que a situação se acalmou. Mas vamos fazer a cerimônia de abertura de modo que não haja discursos, para não haver mais protestos ou problemas".

"Os sul-americanos querem ganhar, naturalmente. Não me refiro apenas à Argentina e ao Brasil, mas também ao Chile e ao Uruguai. E a Colômbia também tem uma seleção muito forte. Todos querem evitar que a Europa ganhe pela primeira vez. Vai ser muito difícil que os europeus conquistem essa vitória na América do Sul, no Brasil. Na Europa, é preciso falar de um tridente composto pela Espanha, Alemanha e Itália. Apenas duas seleções podem chegar à final, e será muito difícil para os europeus chegar lá. Vai ser emocionante até o final ver quem ganhará a Copa do Brasil".

"Queremos aprofundar o compromisso sociocultural e com nossa sociedade, em especial com um grande programa de saúde para os jovens, levando o futebol às escolas e levando disciplina, fair-play e respeito para a sociedade. Mas não podemos modificar o que já está previsto quanto às Copas do Mundo. Vamos jogar a Copa de 2014 no Brasil, a Copa da Rússia em 2018 até agora não tem nenhum problema por enquanto e os problemas com o Qatar em 2022 são conhecidos e já despertam
polêmica desde já, o que também mostra a força deste evento e do próprio futebol".













Fontes: DPA
             www.brasilpost.com.br
 .           www.folhaverdenews.com