sábado, 7 de junho de 2014

NO FACEBOOK EXISTE UMA PÁGINA SOBRE O MOVIMENTO "DECORAÇÃO ANTICOPA"

Cartunistas, ilustradores e grafiteiros usam as armas da arte para criticar a Copa do Mundo da Fifa no Brasil e também para denunciar os contrastes ou os problemas da realidade brasileira

Uma das artes que marcam a página especial no Facebook e o movimento Decoração AntiCopa

Estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais pacífica e inteligentemente ocuparam este espaço, que fica na Pampulha, região de BH que fica em torno do estádio do Mineirão e que segundo disse um deles "está minada pela Fifa, o povo não pode entrar na Universidade por causa da Copa, aqui está cheio de militares, fomos invadidos e perdemos nossa liberdade aqui dentro". Eu ouvi  pela Rádio Itatiaia AM. E isso mostra mais um ângulo crítico do mundial de futebol promovido pela Federação Internacional de Futebol que, apesar de ter o potencial de divulgar e valorizar o Brasil, através da arte da bola, está sendo estruturado com uma evidente contradição entre a realidade brasileira e o Padrão Fifa. A gente tem vivenciado deste junho do ano passado as manifestações dos jovens que muito mexeram com toda a população, mas influíram pouco em mudanças na ação dos governos do país, dos estados, das cidades. O povo se mostra mais uma vez adiante de onde ainda estão os políticos. O movimento das ruas, com toda a sua boa vontade e cidadania, só conseguiu praticamente fazer até aumentar ainda mais a violência policial que vem se mantendo assim desde os tempos do já extinto governo ditatorial, como aliás constatou aqui a Anistia Internacional. Acabou a Ditadura mas a violência policial e econômica do Brasil continua quase a mesma, ou seja, não existe ainda uma democracia de verdade. É neste universo que se insere agora a Copa da Fifa por aqui. O vandalismo de revoltados ou o que é encomendado por outros interesses também faz parte deste anti show. Porém, com certeza, não há nenhuma pessoa de sensibilidade mínima neste país e em todo o planeta que não perceba as contradições e os problemas da Fifa, da Copa e do Brasil. Por exemplo, veja você que estes amistosos oficiais antes dos jogos mesmo da Copa têm custado muitas contusões e os atletas de todas as seleções de vários países jogam sob uma pressão excessiva (resultado, performance, não se contundirem): o Brasil escapou ileso mas talvez também por isso foi medíocre em termos futebolísticos no último amistoso contra a Sérvia. Espero que a partir desta semana com o começo do evento mundial melhore a qualidade dos jogos e se destaque um pouco mais a arte da bola, a bem do próprio futebol e como um oásis no dia a dia de violência que tem sido a nossa vida. No caso da Seleção Brasileira, agora é tarde. (Eu fui um dos poucos em toda a mídia a criticar o excesso de jogadores que atuam na Europa. 75% deles em quase todos os selecionados, mais um ângulo do tal do Padrão Fifa). Alguns atletas que ficaram fora e que atuam por clubes brasileiros mereceriam estar na Copa. Agora infelizmente o que nos resta é esperar que aqueles que foram os escolhidos se superem, seja quem for quem jogue por decisão da dupla Felipão e José Maria Marim: apesar da CBF, da Fifa, de tantos erros e controvérsias, torço para o Brasil conseguir o Hexa. Com toda estas críticas por aí, por aqui e em todo lugar do mundo talvez haja até um amadurecimento cultural ou até uma evolução de cidadania. Este é também o sentido ou o lado mais positivo do conteúdo da página e do movimento que está bombando nas redes sociais Decoração AntiCopa. O mundial deixa claro que o nosso país por essas e outras ainda não é uma nação de verdade. Vamos à luta para isso...Em nome da emoção de nosso povo e da alegria de nossas crianças, a Copa pode vir a ser importante para estimular (em tempo) mudanças na realidade toda do Brasil. Eu pessoalmente torço para o Brasil vencer a Copa do Mundo de futebol e também os seus desafios, problemas e contradições em tantos setores. Este avanço vai demorar mais tempo do que a Copa mas é muito mais vital para o Brasil.  (Antônio de Pádua Padinha)

Confira aqui algumas das críticas via arte feitas pelo movimento Decoração AntiCopa
















Fontes: www.facebook.com 
             www.folhaverdenews.com


7 comentários:

  1. Além aqui do nosso blog da ecologia e da cidadania, emissoras de rádios como a Itatiaia ou do próprio Facebook, sites jornalísticos, como já aconteceu hoje com o portal do jornal Estado de Minas, de Belo Horizonte (MG), já estão divulgação as manifestações inteligentes e pacíficas através da arte Decoração AntiCopa. Uma esperança de mudanças e de avanços.

    ResponderExcluir
  2. Esta página e esta movimento Decoração AntiCopa mostra também mais uma vez a força da mídia Internet, que está justamente na sua liberdade de expressão.

    ResponderExcluir
  3. Nossa equipe aqui do blog espere que esta liberdade crítica, criativa, positiva contamine a grande mídia brasileira, o que convenhamos é um pouco difícil, devido a interesses, lobbies e outras coisas mais...

    ResponderExcluir
  4. Mande vc também a sua opinião, manifestação sobre a Copa, crítica, comentário ou mensagem sobre esta pauta aqui para o e-mail do nosso blog Folha Verde News: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. Sil Anja e Aguinaldo Lazarini avisam que também curtiram no Face este post que procura valorizar uma luta de cidadania, com inteligência e sem violência: mande por aqui o seu comentário, a sua opinião sobre o movimento Decoração AntiCopa: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  6. "Muuuuuito melhor usar a arte e as charges criticando os erros é os problemas do país da Copa do que sair por aí quebrando, dando uma de Black Block da Fifa": é a mensagem do estagiário de comunicação na Siemens em São Paulo (SP): mande vc tb a sua msm aqui pro nosso e-mail: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  7. "Padinha Bolado, curti as charges iradas e a análise deste texto neste blog que tem sempre o que a gente ver": agradecemos os elogios e mandamos um abraço ao ex-atleta e hoje professor de Educação Física, que passou rapidamente pelo Corinthians, antes de se contundir, Guimarães, pontaesquerda e meia, na época em que o ataque era Bataglia, Zague, Rafael e Tite. Envie vc tb a sua msm aqui por e-mail do Folha Verde News: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir

Translation

translation