sexta-feira, 11 de julho de 2014

EX-JOGADOR BERNARDO OPINA SOBRE O QUE ACONTECEU COM A SELEÇÃO BRASILEIRA AGORA

O que aconteceu com a Seleção do Brasil na derrota por 7 X 1 para a Alemanha? Responde aqui no blog o ex-jogador (também da Seleção), atualmente empresário no setor futebolístico

 "Na minha modesta opinião,a nível esportivo, a Alemanha nos deixou um grande legado, e de graça!
A Alemanha ontem nos mostrou que a chave do sucesso está e sempre estará no profissionalismo e na organização, fora e dentro do campo. Para quem não sabe, a Alemanha trabalhou duro por 10 anos consecutivos até chegar ao nível atual. Exigiu e investiu na capacitação de todos os profissionais que atuam e fazem futebol, contratou profissionais capacitados para os cargos mais importantes nas federações e clubes, e investiu na educação e formação de jovens atletas. Enquanto nós brasileiros nos iludíamos achando que ainda éramos os melhores do Mundo, nos comportando de forma arrogante e alimentando a falsa idéia de que ainda éramos o "País do Futebol”, os nosso concorrentes trabalhavam em silêncio e nos ultrapassarão. Enquanto isso, nossos clubes falidos e endividados, fingem serem milionários comprando e repatriando atletas da Europa e America Latina, pagando altos salários como se fossem clubes ingleses. Nossa Confederação e Federações, insistindo em utilizar métodos e fórmulas totalmente ultrapassadas, que nada contribuem para o crescimento e organização das competições internas e organização dos clubes. E todos estes erros e amadorismo, com certeza contribuíram e muito até afundarmos e chegarmos ao fundo do poço nesta fatídica terça-feira dia 8/7/2014", escreve Bernardo Fernandes Silva, que é da região de Franca (Itirapuã, SP), atuou com destaque  pelo Corinthians, São Paulo, Seleção Brasileira com Telê Santana, jogou também em equipes do exterior, como o Bayern de Munique, hoje mantém empresa de marketing esportivo e assessoria a profissionais do futebol, no Brasil, em Portugal, na Itália e outros centros. "Nos aqui do blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News abrimos espaço a esta opinião especializada e com todo o conhecimento de causa e dos efeitos desta história e trágica goleada sofrida pelo futebol do Brasil na Copa da Fifa de 2014, aqui, que um dia foi o país da bola", comenta por sua vez o nosso editor de conteúdo, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha ao postar este comentário. Continue você internauta a conferir a opinião de Bernardo Silva



Aqui, Bernardo no Maracanã nesta Copa, ao lado do seu filho (Bê), que joga pelo Curitiba

Uma reformulação geral é mais que necessária, escreve Bernardo

"Adversários que até ontem eram fregueses de carteirinha, hoje nos olham de cima pra baixo, nos encaram e vem pra cima sem nenhum receio. Colômbia e Chile são exemplos claros que estamos ultrapassados e ficando para trás, de forma muito perigosa. Obviamente estes países não tem a tradição do Brasil, mas tiveram a humildade e inteligência de entender que precisavam de ajuda, precisavam mudar e mudaram!  Semana passada quando eu estava na Europa, li uma matéria super interessante sobre como o José Pekerman mudou tudo na Colômbia. De um amadorismo completo, ele regeu uma organização profunda e necessária em um país que, como o Brasil, sempre teve muitos craques, mas a nível coletivo, sempre deixava a desejar por falta de organização e profissionalismo dos jogadores e principalmente de dirigentes. Entendo que nós precisamos de ajuda, precisamos de mudanças profundas, e o momento é este!  Basta de amadorismo e achar que somos os melhores. Talvez ainda tenhamos os melhores jogadores, mas é só, pois dirigentes, treinadores, jornalistas, empresários e torcida, ou seja, todos nos, carecemos de uma profunda e ampla atualização. Glória a Deus!"...(Bernardo Silva).


O país do futebol precisa de nova estrutura para este esporte e vários setores da Nação

Fonte: www.folhaverdenews.com


10 comentários:

  1. Nós aqui do blog da ecologia e da cidadania, que temos ido à luta pela não violência e pelo avanço estrutural dos esportes, também o futebol, nos sentimos honrados ao postar este comentário do Bernardo Silva.

    ResponderExcluir
  2. Um comentário moderado mas que ataca problemas centrais e localizados na estrutura da Seleção Brasileira e do futebol neste que já foi o país da bola. Depois desta goleada de 7 e fim do sonho do Hexa, realmente é preciso criar nova realidade no setor.

    ResponderExcluir
  3. Talvez este clamor nacional, que se levanta no país, desde de ex-jogadores como Bernardo ou do Ministro dos Esportes Aldo Rabello, torcedores e toda a mídia especializada estão exigindo mudanças, não adiante só trocar de treinador ou comissão técnica...

    ResponderExcluir
  4. Um dos mais radicais e ferrenhos críticos da CBF e da necessidade de uma nova estrutura no futebol tem sido (e não é de hoje) Romário de Sousa, hoje deputado e ex-centroavante da conquista do Tetra na Copa da Fifa nos Estados Unidos em 1994.

    ResponderExcluir
  5. Com certeza a cidadania brasileira avançou, apesar dos pesares da Copa da Fifa no Brasil: o congraçamento com torcedores de vários países e o conteúdo ecológico do esporte alimentou este avanço, mesmo com os erros e limites do tal de futebol business, comenta por aqui o nosso editor Padinha.

    ResponderExcluir
  6. Mande vc tb a sua opinião, comentário ou mensagem para o nosso blog, enviando o e-mail para navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  7. "Bernardo sabe o que diz e de repente uma opinião ponderada como a dele funciona mais para as mudanças do que manifestações radicais como as Black Bloc ou do Baixinho Romário, que na política continua tão agressivo como era no jogo de bola": é o comentário que nos enviou Mário Almeida Prado, empresário na área de informática, de São Paulo (SP).

    ResponderExcluir
  8. "O fato do Magazine Luíza tirar do ar das TVs o comercial de uma promoção sua na Copa com o jogador Fred mostra bem o descrédito que alguns jogadores e a CBF têm hoje no país": é o que opina Maria do Carmo Santos, de Franca (SP), elogiando o texto de Bernardo.

    ResponderExcluir
  9. "Jogadores, dirigentes, torcedores, jornalistas, empresários, realmente, todos temos que mudar mas mais ainda, os cartolas da CBF e até da Fifa, sob pena de estragarem o futebol": é a opinião de Alexandre Mendes, advogado e futebolista nos finas de semana, que escreve mais de uma lauda sobre os problemas do futebol business nesta Copa e ao longo dos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  10. Envie vc tb a sua opinião: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir

Translation

translation