quinta-feira, 4 de setembro de 2014

III FÓRUM MOBILIZE BRASIL A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA EM SAMPA

São Paulo será a cidade sede deste evento de cidadania sobre Mobilidade Urbana Sustentável

              
Finalmente, um evento que debaterá necessidades de mudanças e de avanços, os recentes ganhos nas cidades brasileiras e as novas perspectivas tecnológicas e de luta da cidadania por uma mobilidade urbana sustentável: "Este 3º fórum do Mobilize Brasil vai esclarecer mais o alcance deste conceito de mobilidade urbana sustentável, algo que equilibra o interesse ecológico com o econômico e também o tecnológico, temperado pelo ideal da cidadania e de melhor rapidez no trânsito, no deslocamento das pessoas e é claro, alternativas para melhorar e humanizar o transporte coletivo", comenta por aqui no blog Folha Verde News, ao editar este conteúdo, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha.
O que é certo é que para iniciar as atividades do mês da mobilidade urbana, agora no próximo dia 5 de setembro, sexta-feira, o Mobilize Brasil realiza o III Fórum Mobilize, encontro com especialistas e variados setores da população e em especial da juventude para debater o legado da Copa de 2014 e o desafio da Olimpíada de 2016, bem como o potencial desses megaeventos para a transformação das cidades brasileiras.
 
A realidade urbana é feita só para os carros: isso precisa mudar para aumentar a mobilidade das pessoas

mobilize São Paulo sedia evento sobre Mobilidade Urbana
O Fórum Mobilize II no ano passado já lotava o auditório, é bom os interessados se apressarem
 
Finalmente, um evento que debaterá necessidades de mudanças e de avanços, os recentes ganhos nas cidades brasileiras e as novas perspectivas tecnológicas e de luta da cidadania por uma mobilidade urbana sustentável: "Este 3º fórum do Mobilize Brasil vai esclarecer mais o alcance deste conceito de mobilidade urbana sustentável, algo que equilibra o interesse ecológico com o econômico e também o tecnológico, temperado pelo ideal da cidadania e de melhor rapidez no trânsito, no deslocamento das pessoas e é claro, alternativas para melhorar e humanizar o transporte coletivo", comenta por aqui no blog Folha Verde News, ao editar este conteúdo, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha.
O que é certo é que para iniciar as atividades do mês da mobilidade urbana, agora no próximo dia 5 de setembro, sexta-feira, o Mobilize Brasil realiza o III Fórum Mobilize, encontro com especialistas e variados setores da população e em especial da juventude para debater o legado da Copa de 2014 e o desafio da Olimpíada de 2016, bem como o potencial desses megaeventos para a transformação das cidades brasileiras. O encontro é aberto, com vagas limitadas, e acontecerá no Salão Nobre da FGV/EAESP, na rua Itapeva, 432, 4º andar, em São Paulo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no link da FGV. Além da participação ao vivo, graças à parceria com a empresa de tecnologia UCan, será possível acompanhar os debates em transmissão digital ao vivo no www.mobilize.org.br  O III Fórum Mobilize, que deverá ter a participação de centenas de líderes do movimento de cidadania, da ecologia e de novas alternativas urbanas contará com presenças de alguns novos ícones deste setor, como a de Gilberto Dimenstein, jornalista e escritor com diversas premiações, criador e coordenador do portal Catraca Livre, e comentarista do CBN Mais SP. Sérgio Myssior, arquiteto urbanista, diretor da Myr Projetos Sustentáveis, especialista em meio ambiente e urbanismo e comentarista CBN Mais BH. Lincoln Paiva, ambientalista, consultor de mobilidade sustentável, presidente do Instituto Mobilidade Verde e autor de projetos urbanos como as “biciclotecas” e os “parklets”, recém-instalados em São Paulo. Eduardo Dias, jornalista, autor do blog Mobilize Europa e coordenador da campanha Sinalize!, do Mobilize Brasil. A mediação será feita pelo jornalista Marcos de Sousa, diretor do Mobilize Brasil e da Mandarim Comunicação.
 
III Fórum Mobilize – O legado dos megaeventos e o potencial de transformação das cidades
Dia 5 de setembro, sexta-feira, às 19 horas
Salão Nobre da FGV/EAESP, rua Itapeva, nº 432, 4º andar
São Paulo – Estação Trianon-Masp do metrô (Linha Verde)
Inscrições gratuitas pelo site: www.gvces.com.br/index.php?r=eventos/confirmacao&id=1129
 
                   
Fontes: www.mobilize.org.br
             www.envolverde.com.br
             www.folhaverdenews.com
 
 

6 comentários:

  1. Mande prá gente a sua opinião, informação ou contribuição a este debate: ou aqui pro e-mail da redação de nosso blog navepad@netsite.com.br
    e/ou também para este III Fórum de muito valor para avançar o movimento de cidadania: mobilize@mobilize.org.br

    ResponderExcluir
  2. A questão das ciclovias nas grandes, médias e pequenas cidades, com certeza também é um tema que precisa entrar em pauta. E mais: a saúde dos ciclistas, especialmente nas maiores cidades, com poluição do ar mais pesada e com maiores riscos até para a vida dos bikers.

    ResponderExcluir
  3. "Acredito que deveriam ser feitos convites, pode ser por telefone ou e-mail, para pesquisadores das universidades, que têm muitas propostas que batem com este Mobilize Brasil, como os estudantes, professores e pessoal que faz mestrado ou pós-graduação na USP, na UFSCAR, na UNESP, na UNICAMP": é a mensagem que nos envia Álvaro Ribeiro, quepretende fazer pós-graduação da PUC de BH sobre mobilidade urbana.

    ResponderExcluir
  4. "Ducaramba este evento, gostaria que fosse debatida a segurança dos motociclistas e dos motoboys nas grandes e médias cidades também", é o pedido que nos faz por celular, Di, Creusney Pereira, de Franca (SP), citando os riscos e perigos que se submetem pilotos de motos atualmente.

    ResponderExcluir
  5. "Só pela palestra e pelo contato com Gilberto Dimenstein, jornalista que está com o portal Catraca Livre, esse evento já vale a pena, mesmo que eu só possa participar online": foi o comentário de Josias, que é de Franca (SP) mas atua na assessoria da Câmara em Brasília (DF).

    ResponderExcluir
  6. "Acho que nesse Mobiliza o destaque maior deveria ser um alerta para que as Olimpíadas de 2016 no Brasil sejam melhores para nosso país e nosso povo do que foi a Copa do Mundo agora, estes megaeventos podem ajudar mudanças no turismo e nas cidades": a opinião é de Rosemeire Santos, que estuda Comunicação na Unesp de Bauru (SP).

    ResponderExcluir

Translation

translation