quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A POPULAÇÃO NEGRA NO BRASIL CHEGA A 70 MILHÕES DE PESSOAS, HOJE MAIS DE 100 MILHÕES DE AFRODESCENDENTES

 
Pelo menos a metade do povo do nosso país é afro-brasileira
 
Nesse dia nacional da consciência negra a nossa mensagem 
 somos todos brasileiros, irmãos e irmãs 
 
 
 
Não ao preconceito do branco e também  não ao preconceito do negro

 
Abdias do Nascimento de Franca (SP) foi mestre na Universidade de Búfalo em NY (USA)


 
 
Sim, nós podemos nos unir e da nossa união nasceu o Brasil
 



 
 
 
Uma entidade cult e negra da hora liderada pelo musicólogo Estevão Maya Maya
 
 
A cientista e professora Drª Joana D'Arc estudou em escola pública, na USP e foi premiada nos USA
 
 

Joaquim Barbosa contradiz o dia a dia da realidade brasileira...

 
...onde o negro ainda é discriminado cultural, social e economicamente
 


Um menino do povo chamado Joaquim

 


Imagem  do baú da memória do Brasil pós-escravidão
 
 














O Almirante Negro vítima da violência branca

Hoje, Brasil nova nação Zumbi?

















A liberdade e a paz estão na natureza humana de todos nós


Fonteswww.google.com.br e www.folhaverdenews.com

7 comentários:

  1. Este nosso post de hoje não é tanto fruto de pesquisa e sim, de sentimento, emoção.

    ResponderExcluir
  2. Não postamos um texto mas somente imagens e referências da nossa realidade para que assim cada pessoa, de acordo com a sua visão, vivencie esta data de hoje, dia nacional da consciência negra.

    ResponderExcluir
  3. "Eu, pessoalmente, mudaria o nome deste feriado nacional para Dia Da Consciência Brasileira", é a msm do nosso editor Padinha.

    ResponderExcluir
  4. Envie a sua msm, comentário, inforação ou opinião sobre este post ou sobre esta pauta: mande pro e-mail navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. "No Brasil a questão dos negros é mais um problema econômico do que racial, mas a discriminação dos mais pobres inclui os negros": é o comentário que nos envia o rapper Cláudio Santos.

    ResponderExcluir
  6. "Se você quiser, pode usar em alguma legenda ou divulgação no Facebook. No dia da consciência negra, temos que denunciar todo violência cultural, todo tipo de apartheid": a msm nos foi enviada por Geraldo Oliveira, de Salvador (Bahia), artesão.

    ResponderExcluir
  7. "Curti esta postagem e nela redescobri o líder da luta cultural negra, Estevão Maya, que é do Maranhão mas atua em São Paulo com música coral e se formou em Música na Universidade Federal da Bahia. Enfim, um talento do Brasil Negro": é a msm de Alberto Vargas, pintor, que informa que irá entrar em contato com Maya através da entidade dele que está como um banner nesta página de hoje do blog da gente.

    ResponderExcluir

Translation

translation