quinta-feira, 6 de novembro de 2014

MESMO SUPERAGREDIDA NATUREZA FAZ SUA PARTE MAS NÃO HÁ PLANO AMBIENTAL PARA EVITAR CAOS DO CLIMA E DA ENERGIA EM 2015

Climatempo prevê chuvas em novembro mas governos ainda não apresentaram planos sustentáveis para evitar mais caos do clima e da energia em 2015 e nos próximos anos



A falta de chuva no centro do Brasil e no Sudeste, que nos últimos meses havia se tornado um caos na ecologia e na economia desta região tanto no meio rural como nas cidades, por causa da seca, está sendo contornada pela chegada ainda que tardia das chuvas da primavera: "A primavera demorou mas veio, porém, a falta de gestão ambiental nos estados mais atingidos por esta seca nordestina poderá complicar ainda mais o clima e a oferta de energia em 2015 e nos próximos anos", comentou aqui no blog Folha Verde News o nosso editor de conteúdo, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha: "Toda a população já está alerta sobre a gravidade da situação socioambiental, mas parece que os governantes estão em outra realidade, não estão sendo debatidos nem os planos emergenciais nem um programa sustentável para buscar novas soluções, o que poderá agravar a situação climática, energética e também econômica em São Paulo e no país". Ele afirmou que planejar a utilização de 10% do esgoto tratado para abastecer a Grande São Paulo é algo muito insignificante para mudar o panorama do meio ambiente: "Cientistas já mostraram com clareza, como foi o caso de pesquisas do IPAM, que é urgente um reflorestamento em massa com milhões e bilhões de espécies nativas para reequilibrar o clima e toda a vida no Brasil, mas quem fala nisso são apenas as entidades ambientalistas, os cientistas e os ecologistas, os governos se calam e se omitem, até parece que estas poucas chuvas de agora já resolveram o problema, o que não é um fato, há previsão meteorológica de uma seca ainda pior em 2015 se não houver uma gestão para se evitar o caos no país, prejudicando a qualidade de vida do povo e todos os projetos de desenvolvimento brasileiro". Apesar deste pesar, este mês de novembro agora, dependendo tão somente de ações espontâneas da natureza, começou com maior disponibilidade de umidade sobre o Sudeste e o Centro-Oeste, o que vem permitindo uma maior formação de nuvens carregadas. A frequência e a intensidade das pancadas de chuva aumentou muito sobre estas regiões desde o fim de outubro.  Na primeira quinzena de outubro ainda tínhamos o predomínio de ar muito seco. Apesar do calor extremo, predominavam níveis de umidade baixíssimos que dificultaram a ocorrência de chuvas. Não temos mais a situação de bloqueio atmosférico. O fluxo de ar úmido e quente vem sendo distribuído do centro-norte para o centro-sul do Brasil e as frentes frias voltaram a avançar para o litoral da região sudeste. Novembro promete mais chuva! É a boa notícia da nossa natureza. O mapa mostra a previsão do volume de chuva para o Brasil nos próximos 15 dias, até 19 de novembro. As manchas nos tons de verde representam uma estimativa média de acumulados de chuva superiores a 100 milímetros. Nas áreas em verde escuro pode até mesmo chover mais de 200 milímetros. "A depender de ações de nossas autoridades públicas, não teríamos nenhum milímetro de chuva nesta virada da primavera para o verão", conclui o ecologista Padinha.


Chuvas previstas para os próximos 15 dias
 
 
No meio rural estas poucas chuvas já diminuíram o rombo da seca
 


Nas cidades, cada chuva é comemorada como uma bênção
 

 


Além do mais as chuvas ajudam a questão energética no país...

...mas se não houver uma recuperação florestal e fim dos desmatamentos, o caos poderá ser ainda maior
 
 
 
 
             www.noticiasagricolas.com.br
             www.folhaverdenews.com
 
 
 

8 comentários:

  1. Nas cidades e nas fazendas cada chuva é comemorada pelo povo como uma bênção da natureza e de Deus, mas também vista com o temor de que continue a falta de uma ação sustentável governamental para reequilibrar o meio ambiente em SP, no Sudeste, no Centroeste e no país.

    ResponderExcluir
  2. Além de uma gestão ambiental e climática, definitiva e sustentável, é urgente um replanejamento da questão energética, a crise das hidrelétricas, o apelo emergencial às termoelétricas, poluentes e caras, a falta de implantação de opções mais limpas de energia, isso encarece a conta de luz, ameaça apagões e a economia brasileira.

    ResponderExcluir
  3. Está muito claro o caminho para a solução sustentável do problema do clima, o reequilíbrio, segundo variados cientistas e pesquisas, somente virá com um reflorestamento em massa de milhões, bilhões, trilhões de mudas nativas, recuperando-se as florestas e o potencial hídrico no país.

    ResponderExcluir
  4. Mande aqui para o nosso blog a sua opinião, comentário ou msm, envie para o e-mail: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. "Procurando notícias no Google e em sites pro jornal aqui da minha região, descobrir este blog da ecologia e para minha surpresa, vejo que aqui tem informações mais completas com argumentos e fatos que não se encontram na mídia mais tradicional": é parte do comentário de Geraldo Mariano, de Goiânia (GO), que atua como repórter em rede regional de jornais e de rádios no interior goiano. Ele envia sugestões que vamos analisar. Desde já agradecemos e estaremos entrando em, contato.

    ResponderExcluir
  6. "Por informações de rádio fiquei sabendo que por aqui entre o nordeste de São Paulo e o sul de Minas Gerais choveu em uma semana entre 50 e 70 mm, o que é algo muito bom e de que deve continuar por mais umas duas semanas. Mas este blog tem razão quando questiona sobre projetos para se conseguir solucionar as causas da seca, bem como de todos os outros problemas ligados ao desequilíbrio do clima": este é um resumo da msm que nos envia de Altinópolis (SP), Mário Jorge, que é advogado nessa cidade e região.

    ResponderExcluir
  7. "50 mm de chuva fazem as pessoas em geral pensarem que a seca foi embora e os problemas de clima foram resolvidos, mas o alerta tem que continuar e a busca de soluções ambientais também, vai daí que posts como estes deste blog são muito oportunos hoje": quem comenta é o técnico em prospecção de água e poços artesianos Gilmar Morais, de São José dos Campos (SP).

    ResponderExcluir
  8. "Curti i clip do Valter e Paula MB, a luta ecológica em forma de música, melhor que tantas baboseiras que abundam por aí": quem envia este comentário é Gabriela, que informa estudar Ecologia na Unesp de Rio Claro (SP).

    ResponderExcluir

Translation

translation