quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

NOSSO BLOG DE ECOLOGIA E DE CIDADANIA ABRE ALAS E LOAS A ESSA MULHER DO BRASIL E DO MUNDO NESSE FURO DE NOTÍCIA QUE A GRANDE MÍDIA NÃO DEU

Gisele Bündchen passa pelo Brasil e reafirma que lançará livro de fotos sobre os seus 20 anos de carreira: ela é fashion mas também é mãe e também, ecologista

  
 

Divulgação
Gisele confirmou que lançará neste ano livro de 20 anos de profissão

Aqui, em casa nos States, faz Yoga com uma amiga também modelo
 

A idéia do livro não são estas fotos feitas em sua casa mas as profissionais

Gisele Bündchen está no auge da sua trajetória
 

Ela anunciou o livro de fotos ao megafone em meio ao penúltimo desfile em São Paulo

Na sua vinda a trabalho nesta semana deu só uma entrevista ao jornal e site Estadão

Falou de seu pai, Valdir, se lembrou do seu descobridor (Dílson Stein)

 

Ela chegou sozinha de madrugada no aeroporto de Congonhas e se foi no mesmo dia à noite para os USA

Explicou que sua prioridade são seus filhos em Boston, seus cavalos, sua vida mais pessoal

 

Tenta se dedicar à família e ao mesmo tempo ser profissional ao extremo

Isso, além do seu ativismo pela ecologia
 

Ela se integra junto às energias mais puras da natureza
 
Poema de Lao-Tsé (mestre da Não Violência), arte de Padinha
 

 
Aqui, a única entrevista que ela deu agora no Brasil

Segundo Mariana Belley, que a entrevistou para o jornal e o site O Estado de São Paulo, não tem para ninguém. Só em 2014, Gisele Bündchen faturou 47 milhões de dólares em contratos, cifra que a colocou, mais uma vez, no topo da lista de modelos mais bem pagas do mundo publicada pela revista Forbes (ela ocupa o posto desde 2002). Aos 34 anos de idade e com motivos de sobra para celebrar, a top prepara agora um livro autobiográfico que abordará sua trajetória de duas décadas no mundo da moda. "Devemos lançá-lo até o final do ano”, disse Gisele em entrevista ao Estado, durante passagem por São Paulo para estrelar um lançamento de beleza. “Não se trata de um livro escrito, mas de uma série de fotos que contam a minha história desde os primeiros testes. Essa foi a forma que encontrei de honrar esse tempo de trabalho.” Do desfile de estreia da garota de Horizontina (RS) aos grandes editoriais e campanhas mundo afora, estará tudo lá.  A curadoria e a organização do material é feita pela modelo em parceria com o amigo Giovanni Bianco, renomado diretor de arte carioca (ele assina, por exemplo, a capa do próximo álbum de Madonna, que sairá em março). “O livro vai trazer todas as minhas cores e Giovanni entende meu tempero brasileiro”, afirmou Gisele. Tempero que, aliás, a modelo faz questão de cultivar mesmo radicada em Boston, nos Estados Unidos, onde vive com o marido, o jogador de futebol americano Tom Brady, e os dois filhos do casal, Benjamin, 5, e Vivian, "Como boa gaúcha, sou viciada em chimarrão", contou. "E em casa tem arroz e feijão quatro vezes por semana.  As crianças amam. Também tenho vindo mais ao Brasil do que antigamente por causa delas. Os dois falam português fluentemente. A Vivi até canta em português!". O segredo do sucesso da supermodelo parece estar na tomada de decisões certeiras, tanto profissionais quanto pessoais. Gisele adiou, por exemplo, a ideia de realizar também um documentário comemorativo. "Minha prioridade é ser mãe. Achei que fosse ficar um pouco pesado fazer as duas coisas agora. Aprendi que na minha vida preciso ter prioridade para fazer as coisas bem feitas. Não dá pra querer tudo ao mesmo tempo". Palavra de quem chegou lá. (Íntegra da reportagem do jornal e do site Estadão).
OK, Gisele Bündchen, desde já agradecemos todo o seu empenho, tantas vezes, em defesa da ecologia. Cá entre nós ela está perdida hoje no Brasil, nos Estados Unidos, em todo lugar da Terra. Mas pessoas como a gente, especialmente como você, são uma esperança de que o ser humano conseguirá vencer o desafio monstro e recriar o equilíbrio sustentável do meio ambiente. Você é uma certeza de que o sonho de todos os que amam a natureza sobrevive. Vamos então à luta. O seu livro faz parte desse show da vida.  (Antônio de Pádua Padinha, blog Folha Verde News)
 

Fontes: www.estadão.com.br
             www.folhaverdenews.com

8 comentários:

  1. Segundo foi informado o repórter e ecologista Padinha, editor aqui do nosso blog, o lançamento do livro de 20 anos de carreira de Gisele Bündchen, deverá ser lançado dia 20 de junho, aniversário dela.

    ResponderExcluir
  2. Errata: dia 20 de julho é a data do aniversário e do possível lançamento do livro de Gisele Bündchen: mande a sua msm, comentário ou opinião sobre esta postagem, enviando seu e-mail para nossa redação aqui navepad@netsite.com.br ou direto pro nosso editor de conteúdo padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. "Concordo com o enfoque deste blog, realmente ela é uma mulher de grande valor e liderança positiva, mas em geral a grande mídia só destaca futilidades ou violência ou escândalos, incrível que Gisele Bundchen tenha passado quase anônima pelo Brasil nesta semana, ainda bem que o Estadão e este blog não deixaram a visita dela passar em branco": o comentário é de Pedro Luca, que estuda jornalismo na Unesp de Bauru (SP).

    ResponderExcluir
  4. "Não sei se o silêncio da mídia foi porque Gisele Bündchen veio rapidinho ao Brasil lançar um produto comercial, uma marca de shampu que ela está lançando dentro de uma linha de beleza": quem comenta é Analice, que atua como promoter em São Paulo (SP).

    ResponderExcluir
  5. "Eu também acho que o trabalho dessa mulher nos bastidores faz parte da ecologia que ela defende mais do que muita gente por aí": é a opinião de Ary Santos, de Belo Horizonte (MG), bancário, com formação universitária na UFMG: "Ela é lida em todos os sentidos, uma raridade hoje em dia".

    ResponderExcluir
  6. "Ela pratica na sua vida o que fala e o que acredita, ao contrário de muita gente, autoridades também, que falam uma coisa e fazem outra. Não me importa se Gisele virou milionária, o que vale é que é uma pessoa autêntica e dignifica a imagem brasileira no mundo": é a opinião de Marina Leme, de Sertãozinho (SP), que atua na área do agronegócio e educação ambiental.

    ResponderExcluir
  7. "Ela apoiou Marina Silva quando poucos sabiam quem era, sempre procura divulgar e ajudar a ecologia, tanto que a ONU a elegeu uma embaixadora no setor": o comentário é do estudante da ECA em São Paulo, na USP, Sebastião Dias, para quem Gisele Bündchen "é um exemplo de cidadania para homens e mulheres, não é só cara e bunda".

    ResponderExcluir
  8. "O país precisaria de ter mais gente com esta mulher, em especial pelo seu amor à ecologia": o internauta José Pereira Alves, fotógrafo no Rio de Janeiro, só lamenta nunca ter tido uma oportunidade de clicar Gisele Bündchen.

    ResponderExcluir

Translation

translation