domingo, 8 de fevereiro de 2015

UM NOVO SATÉLITE A PARTIR DE AGORA PODERÁ APERFEIÇOAR PREVISÕES DA METEOROLOGIA E ESTUDOS DO CLIMA

Nasa lança o Smap para medir a umidade do solo e melhorar a previsão do tempo ampliando assim meios de controlar o clima


A agência espacial americana, a Nasa, acaba de lançar um novo satélite de observação terrestre para proporcionar mapas de alta resolução a cientistas, mostrando a umidade no solo, com o objetivo de melhorar as previsões climáticas. "A informação veio como uma pequena mas é uma grande notícia porque o observatório Smap poderá auxiliar em todos os lugares do planeta a luta ou o trabalho para se recuperar a ecologia perdida da vida", comentou o editor aqui no Folha Verde News, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha, que para editar esta matéria captou detalhes sobre o satélite e o lançamento feito ainda no sábado em sites como BBC, G1, AmbienteBrasil. A informação começa a ser divulgada com mais internsidade neste domingo: o  observatório Smap (Soil Moisture Active Passive) decolou com um foguete United Launch Alliance Delta II da base de Vandenberg, na Califórnia, às 6h22 locais (12h22 de Brasília), informou a agência espacial. Por sinal, comenta ainda o editor aqui de nosso blog, "A Califórnia nos Estados Unidos como São Paulo e em todo o sudeste do Brasil aconteceu uma seca tão inesperada como inédita e perigosa", acrescentou Padinha. Os mapas de alta resolução que serão enviados aos cientistas e aos profissionais de meteorologia  devem ajudar nas previsões futuras, já que eles projetam secas severas e tempestades mais frequentes.


Uma nova ferramenta para monitorar o clima já está no espaço

Os mapas de alta resolução ajudarão cientistas e meteorologistas...
...a recuperar a ecologia perdida aqui e em todos os países da Terra


Fontes: www.ambientebrasil.com.br
             G1
             BBC
             www.folhaverdenews.com


8 comentários:

  1. Samp é uma ferramenta para a criação do futuro no planeta, também por aqui em nosso país...

    ResponderExcluir
  2. Smap é o nome do futuro...Os mapas de alta resolução que serão enviados aos cientistas devem ajudar nas previsões de agora em diante já que eles projetam secas severas e tempestades mais frequentes. Tudo o que vem atrapalhando a vida terrestre em vários países.

    ResponderExcluir
  3. Eles darão aos especialistas melhores ferramentas para prever como a vegetação e os cultivos se transformarão com o aquecimento do planeta.

    A umidade do solo, assim como a do ar, tem um papel importante na previsão do tempo e no conhecimento dos ciclos da água e da dinâmica da mudança climática, segundo os cientistas da Nasa.

    "O receptor de bordo do satélite é extremamente sensível", disse Jeff Piepmeier, chefe do radiômetro Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland.

    O Smap é uma missão de US$ 916 milhões que durará pelo menos três anos. É parte de um programa mais amplo de projetos científicos da Terra no espaço para compreender melhor a mudança climática e o aumento do nível do mar e o estado das reservas de água doce no planeta, explicou a chefe da missão da Nasa.

    ResponderExcluir
  4. Mande você também a sua informação ou comentário sobre esta notícia, envie aqui para a redação do nosso blog navepad@netsite.com.br e/ou direto pro e-mail do nosso editor de conteúdo padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. "Estou curtindo essa fase aeroespacial desse blog que sempre consulto, mesmo porque atualmente a vida terrestre depende demais também da extraterrestre": é o comentário de Isaac de Almeida, de São José dos Campos, se referindo também aos estudantes de engenharia do ITA que lançarm nestes dias um nanosatélite, noticiado por nós.

    ResponderExcluir
  6. "Não precisa ser ET nem estar num OVNI para saber que a vida na Terra hoje depende do espaço, parabéns por notícias e comentários deste blog de ecologia": a mensagem é de Cirino, que se dedica a lutas do movimento ambientalista no nordeste do país e vive em Fortaleza no Ceará.

    ResponderExcluir
  7. "Agora com esse investimento climático de mais de 900 milhões de dólares no Smap da Nasa, agora pode ser que muitos que ironizavam ou desprezavam os ecologistas, mudem de posição, a crise do ambiente e do clima realmente é muito mais grave do que dizem os governos por aí": é o comentário do nosso próprio editor aqui do blog, o repórter Padinha.

    ResponderExcluir
  8. "A salvação para o ambiente e o clima virá do Céu porque da Terra, como estes governantes que existem por aqui e por todo lado do mundo, será o caos": a msm é de Mariana Viera, que diz participar do movimento de cidadania nas manifestações por Tarifa Zero para estudantes: "Gostaria que os jovens dessem mais atenção prá ecologia", conclui Mariana.

    ResponderExcluir

Translation

translation