sexta-feira, 24 de abril de 2015

AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS HABILITARÁ MAIS DE 3 MIL PESSOAS EM TODAS AS REGIÕES DO PAÍS

A ANA abriu nesta semana 3,3 mil vagas em cursos gratuitos sobre recursos hídricos e as inscrições (já quase esgotadas) podem ser realizadas online até nesse sábado 25 de abril: aproveite você também e se habilite em alguns dos temas de maior importância hoje em dia



São cursos online e gratuitos para todo cidadão e cidadã ligado no tema da hora

 
Desde segunda-feira a Agência Nacional de Águas (ANA) tem recebido inscrições para 3 mil e 300 vagas em cursos gratuitos à distância, elas podem ser realizadas seja onde você estiver através do site http://eadana.hospedagemdesites.ws/ até no máximo 26 de abril ou antes desta data, quase todas as vagas já podem estar preenchidas até o final desta sexta-feira, 24, os interessados e interessadas precisam se apressar. Há capacitações nas seguintes áreas: Água na Medida Certa; Água e Floresta: Uso Sustentável da Caatinga; Comitê de Bacia: O que É e o que Faz; Comitê de Bacia: Práticas e Procedimentos; Cuidando das Águas; Gestão Integrada dos Recursos Hídricos no Nordeste; Manejo e Gestão de Bacias; Planejamento. As capacitações acontecem online, à distância e sem tutoria.  Os que assim quiserem podem se inscrever em até dois cursos simultaneamente e receberão a confirmação de matrícula no primeiro dia de cada capacitação. A seleção será feita por ordem de inscrição. Os alunos que conseguirem 60% de aproveitamento nas avaliações terão direito a um certificado, sendo que o tempo de duração das atividades pode ser menor que o previsto, conforme o desempenho de cada um. Para facilitar a aprendizagem, as atividades são estruturadas através de uma navegação sequencial entre módulos. De 28 de abril a 24 de maio acontecerão as atividades do curso Cuidando das Águas, cuja carga é de 40 horas. Com 400 vagas, a capacitação aborda a responsabilidade no uso sustentável da água, o que envolve a cooperação dos setores usuários de recursos hídricos com governos, ONG e entidades de meio ambiente. No mesmo período e com a mesma carga, vai então estar acontecendo o curso Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias, com 500 vagas. Para o curso Água na Medida Certa há 400 vagas divididas em duas turmas, que vão de 28 de abril a 10 de maio e de 11 a 24 de maio. As atividades têm 20 horas previstas e buscam tratar da disponibilidade hídrica, monitoramento das águas e outros temas do setor de recursos hídricos que atualmente ganharam grande importância. Mais quatro turmas, com 100 vagas cada, serão oferecidas sobre o tema Sala de Situação, no caso, esta capacitação visa a apresentar a contribuição da ANA na prevenção de desastres naturais, a partir do monitoramento de rios, chuvas e reservatórios. Com duração estimada de quatro horas, as atividades para os quatro grupo s vão de: 28 de abril a 3 de maio, de 4 a 10 de maio, de 11 a 17 de maio e de 18 a 24 de maio. Já o curso sobre Gestão Integrada dos Recursos Hídricos no Nordeste oferece 500 vagas para a turma agendada para o período de 28 de abril a 10 de maio. Nas atividades, com carga de dez horas, os alunos poderão ampliar seus conhecimentos sobre a gestão de águas com um enfoque na disponibilidade hídrica de cada região. Neste mesmo período acontece a capacitação Comitê de Bacia: o que é e o que faz? Com 20 horas de carga e 300 vagas disponíveis, o curso aborda as atribuições e responsabilidades dos comitês e incentiva a participação de ecologistas, lideranças da cidadania e da sociedade civil em geral na gestão de recursos hídricos. Também com 300 vagas, a capacitação Comitê de Bacia: Práticas e Procedimentos acontecerá de 11 a 24 de maio com uma duração estimada de 20 horas. O foco do curso é o funcionamento da estrutura organizacional desses colegiados a fim de melhorar o processo de gestão de recursos hídricos. No mesmo período, está marcada a turma sobre Água e Floresta: Uso Sustentável da Caatinga, com a carga é de dez horas. A capacitação oferece 300 vagas e tem como objetivo de apresentar noções básicas sobre práticas mais sustentáveis de uso dos recursos florestais da Caatinga e sua relação com a água. A agência nacional das águas realiza capacitações para as entidades que compõem o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH) e para toda a sociedade brasileira. O objetivo destes cursos todos é estimular a conservação e o uso sustentável da água, além da participação cidadã na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos. Em 2014, a Agência capacitou mais de 22 mil pessoas. Para 2015 agora, a expectativa é bater este recorde com mais de 33 mil alunos. Saiba mais no Portal da Capacitação da ANA: http://capacitacao.ana.gov.br/Paginas/default.aspx ou ainda outros detalhes e informações no site desta agência nacional que está qualificando pessoas de todos os setores da nossa população para poderem encarar e superar problemas e desafios relacionados à agua, seca e gestão destes recursos, vitais para se buscar um reequilíbrio ecológico, econômico e sustentável do meio ambiente em todo o Brasil. O site é o que aparece primeiro entre as fontes deste post aqui em nosso blog que hoje  tem um sentido de educação ambiental, cidadania e cultura da vida.


Por aqui no Rio Paraíba e em todos os rios, lagoas, nascentes a luta pela reequilíbrio da ecologia

Em todas as bacias hidrográficas brasileiras, recursos e problemas
 

O lazer nas águas faz parte do show da vida


Fontes: www.ana.gov.br
             ABr/EBC
             www.ecodebate.com.br
             www.folhaverdenews.com

7 comentários:

  1. No post anterior (a visão de economia e de ecologia de Barack Obama) a gente teve por aqui 1025 visualizações e assim a cada atualização, a cada postagem aumenta também a nossa responsabilidade de passar uma informação limpa, livre e atual sobre ecologia e cidadania.

    ResponderExcluir
  2. Envie uma mensagem sobre o curso da ANA que estamos divulgando, no sentido de valorizar a questão hídrica e também de habilitar as pessoas da população a agirem para resolver problemas, carências na gestão pública neste setor que é um dos que tem maiores desafios na realidade.

    ResponderExcluir
  3. Mande seu e-mail para nossa redação navepad@netsite.com.br e/ou direto pro nosso editor de conteúdo padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Acredito que é uma boa chance para jovens e para desempregados estes cursos podem habilitar pessoas em prefeituras e instituições públicas ou mesmo elevar o nível de informações sobre o tema que é mesmo da hora": o comentário é do nosso editor ecologista Padinha. Envie o seu nos endereços indicados e vamos à luta ecológica.

    ResponderExcluir
  5. "Não só jovens nem somente desempregados poderão aproveitar estes cursos gratuitos e online, no meu caso vou me inscrever em dois deles apenas para melhorar minha informação sobre a água": quem comenta é Marilene Silva, de Santos (SP), estudante de vestibular que pretende fazer Biologia na Unesp, na USP ou Unicamp.

    ResponderExcluir
  6. "Vou tentar me inscrever e fazer alguns destes cursos para ter mais chance no mercado de trabalho, quem sabe arrume algo na prefeitura aqui da minha cidade": Benedito Shauer, de Piracicaba (SP).

    ResponderExcluir
  7. "Uma boa, vou tentar": Ana Maura, de Ribeirão Pires (SP) que informa estarem as águas do Vale do Ribeira cheia de problemas: "Posso até arrumar um trabalho mas minha meta é a luta ecológica'.

    ResponderExcluir

Translation

translation