quarta-feira, 10 de junho de 2015

AGORA SECAM O EUFRATES NO ORIENTE E O GANGES NA ÍNDIA COMO SECARAM OS RIOS DO BRASIL

Cada rio seco aqui ou em qualquer lugar do mundo é alerta máximo sobre o clima: a ciência concluiu que em 2105 poderá haver um drama por aqui pior do que em 2014




Não é só o Brasil, a Terra está secando devido à atual civilização


O berço da civilização está secando, alertava o repórter ambientalista Bruno Calixto na Revista Época. analisando os problemas do clima no Oriente Médio, nestes últimos anos agora: postando então foto e informação da Nasa que divulgou imagens impressionantes do impacto da forte seca que o Oriente Médio enfrenta ultimamente. Na bacia do rio Eufrates, em um local que no passado foi chamado de “Crescente Fértil”, o Reservatório Qadisiyah perdeu cerca de 150 quilômetro  Qadisiyah perdeu cerca de 150 quilômetros cúbicos de água – o equivalente a todo o volume de água do Mar Morto – já entre os anos de 2003 e 2009. A bacia dos rios Tigre e Eufrates abastece parte da Turquia, a Síria, Iraque e Irã. A região tem um dos aquíferos mais ameaçados do mundo. Não chega a tanto o Aquífero Guarani, por aqui no interior do Brasil, mas a poluição por agrotóxicos e a superexploração destas águas subterrâneas estão em pauta também e foram tema de postagem também por aqui no blog Folha Verde News, com dados de pesquisas realizadas em Ribeirão Preto (SP). Antes, aqui no mesmo blog, postamos alertas máximos de meteorologistas e cientistas especializados em clima e gestão de águas, advertindo sobre o risco de agora em 2015 termos uma seca no Brasil ainda pior do que foi em 2014. Isso e mais o caos seco da Califórnia (USA), similar ao de São Paulo em nosso país, são fatos que exigem um programa socioambiental urgente através de uma gestão sustentável dos recursos hídricos. 


Reflorestamento nativo monstro

 "Mas o que se fez até agora? Não resolve o governo apenas aumentar o preço da água ou fazer campanha de consumo consciente para os consumidores", comenta o nosso editor de conteúdo, o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha: "Além disso, é fundamental recuperar a ecologia perdida com os desmatamentos e as variadas formas de poluição, além de implantar um programa de reflorestamento monstro com espécies nativas em todas as regiões brasileiras, a partir da Amazônia, monstro no sentido que terá que ser uma operação de grande dimensão, da maior dimensão mesmo, envolvendo governos, empresas e população".  "A gente então alerta mais uma vez que mudar esta situação é defender a própria vida", diz Padinha. 






O Reservatório Qadisiyah, no rio Eufrates, em imagens com 5 anos de diferença, alerta da NASA


O Rio Grande, na divisa entre Minas e São Paulo sofreu a pior seca em 100 anos


A seca do Rio Ganges nestes dias alarma ecologistas e povo na Índia


Esta imagem poderia ser no Brasil, na Índia, no Oriente Médio, na Califórnia, na África...

Nunca em 1 século a nascente do Rio São Francisco na Serra da canastra havia antes secado assim



Fontes:  Nasa
              www.epoca.globo.br
              www.folhaverdenews.com 

8 comentários:

  1. No caso do Rio Ganges agora na Índia o site Uol está fazendo hoje uma matéria completa sobre este tema.

    ResponderExcluir
  2. No caso da bacia dos rios Tigre e Eufrates, ela abastece parte da Turquia, a Síria, Iraque e Irã. A região tem um dos aquíferos mais ameaçados do mundo. Apenas a bacia do rio Ganges, na Índia, perde volume de água em velocidade mais rápida. Mas a situação do Oriente Médio é mais difícil de resolver. Os países da região não cooperam entre si no manejo da água, e a Síria está imersa em uma guerra civil sangrenta. Alguns especialistas chegam até a especular que um dos fatores que desencadearam a guerra síria foi a pobreza causada pela seca, quando agricultores perderam suas colheitas por falta de chuva.

    ResponderExcluir
  3. Mas a culpa não é exclusiva da seca. Segundo a Nasa, pelo menos 60% da água perdida foi extraída dos aquíferos pelos governos da região. O milagre insustentável que está acontecendo no meio do deserto. Países como o Iraque e a Arábia Saudita desenvolveram políticas de estímulo à agricultura sem nenhum planejamento do uso da irrigação. O resultado é que estão tirando mais água do que a capacidade dos aquíferos têm de se renovar. Juntas, a seca e a irrigação sem planejamento podem tornar inabitada uma das regiões que deu origem à civilização terrestre.

    ResponderExcluir
  4. O problema é universal, de toda a civilização terrestre atual, mas aqui no Brasil ganha contornos dramáticos e até trágicos nos rios São Francisco e Grande, pela importância que têm para a sobrevivência do poovo do interior do país e não somente no agreste.

    ResponderExcluir
  5. A culpa não é exclusiva da seca. Segundo a Nasa, pelo menos 60% da água perdida foi extraída dos aquíferos pelos governos no Oriente Médio, lembra Brunno Calixto: "Nós já mostramos aqui no Blog do Planeta o milagre insustentável que está acontecendo no meio do deserto. Países como o Iraque e a Arábia Saudita desenvolveram políticas de estímulo à agricultura sem nenhum planejamento do uso da irrigação. O resultado é que estão tirando mais água do que a capacidade dos aquíferos têm de se renovar. Juntas, a seca e a irrigação sem planejamento podem tornar inabitada uma das regiões que deu origem à civilização".

    ResponderExcluir
  6. Logo mais estaremos postando aqui nesta seção mais informações e comentários. Aguarde.

    ResponderExcluir
  7. "Mande desde já a sua opinião sobre esta pauta, envie a sua msm para a redação do nosso blog navepad@netsite.com.br e/ou envie pro e-mail do nosso editor de conteúdo padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. "A Serra da Canastra faz 10 anos que está secando e governo nenhum faz nada": é o que comentou com o nosso editor Zé Moleque, empresário e esportista em Franca (SP) que é natural deste klugar onde nasce o Rio São Francisco.

    ResponderExcluir

Translation

translation