quinta-feira, 20 de agosto de 2015

COMIDA DE ASTRONAUTA: AO INVÉS DE PÍLULAS VERDURAS FRESCAS DO ESPAÇO

A nutrição diferente e muito saudável na Estação Espacial Internacional foi criada por astronauta ecologista: ela ajudará atenuar o stress dos astronautas em missão fora do seu habitat




Os tripulantes a bordo da Estação Espacial Internacional terão um prato muito especial no dia a dia em órbita do nosso planeta: alface vermelha. Pode ser que você coma verduras todos os dias, mas esta é a novidade top na nutrição dos astronautas da ISS, agora eles podem comer verduras frescas cultivadas ali mesmo na nave no espaço. Segundo a Nasa, as alfaces vermelhas do cardápio cosmonáutico foram cultivadas pelo astronauta ecologista Scott Kelly, começaram a ser plantadas em 8 de julho e um mês depois já estavam sendo colhidas, agora, já fazem parte do menu espacial no espaço. Mas o experimento é bem mais complexo do que plantar algumas sementes e comê-las após elas crescerem. Como não existe terra na Estação Espacial, os astronautas precisam usar um sistema de agricultura artificial, chamado Veggie. A tecnologia usa "travesseiros" pré-fabricados de sementes, colocados sob luzes vermelhas e azuis emitidas por lâmpadas LED. O sistema produz vegetais desde 2014, mas as plantas precisaram ser trazidas de volta à Terra para serem analisadas. A Nasa precisava ter certeza de que os vegetais poderiam ser ingeridos, já que o ambiente da Estação poderia transferir alguns resíduos contaminantes para as plantas. A partir de agosto de 2015 liberadas as alfaces espaciais.


Um alimento fresco, natural e que atenua o stress de navegar no espaço

As alfaces espaciais são vermelhas mas se aproximam da cultivada em terra
























Agora que a Nasa autorizou o consumo das verduras, os astronautas precisam apenas limpar os vegetais com um líquido especial, que retira eventuais impurezas do alimento. Ainda assim, os tripulantes da Estação Espacial precisam guardar metade do que está no prato para análise por técnicos na estação terrrestre. Além de servir como fonte de nutrientes para longas viagens, as plantações espaciais também podem trazer benefícios para a saúde mental dos astronautas. A Nasa afirma estar monitorando os efeitos desse novo tipo de alimentação no organismo dos tripulantes da Estação Espacial, como preparação para a futura missão até Marte da agência espacial americana. "Uma boa notícia, a gente já sabia que o alimento sintético que os astronautas vem comendo contém quínoa, uma espécie de aveia muito leve e nutritiva dos Andes, agora, com a produção de verduras na ISS, um passo a mais para tornar mais natural o alimento no espaço e mais ecológico o dia a dia dos astronautas", comenta por aqui no blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News o nosso editor o repórter e ecologista Antônio de Pádua Padinha: "Sabendo que alface é comida de astronauta, as crianças terráqueas também vão querer verduras espaciais no seu prato".



O dia a dia dos astronautas na Estação Espacial tem um clima...

...de aventura sendo uma vivência que foge da rotina terrestre....

...comer alfaces mata um pouco a saudade dos terráqueos no espaço


Fontes: Nasa
              www.planetasustentavel.abril.com.br
              www.folhaverdenews.com


7 comentários:

  1. Logo mais estaremos postando aqui nesta seção mais informações e comentários, aguarde e participe.

    ResponderExcluir
  2. Entre aqui nesta seção e deixe sua opinião ou comentário: outra opção é você enviar a sua mensagem p/a redação navepad@netsite.com.br e/ou direto pro nosso editor de conteúdo padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. "O futuro chegou mesmo, astronautas comendo alface e quinoa": a msm é de Helen Ribeiro, educadora, de Piracicaba (SP), ligada à Agronomia.

    ResponderExcluir
  4. "Logo o ser humano nesse ritmo estará pronto para sair por aí em turismo espacial ou até...conviver com os ETs em seus OVNIs": o comentário é de Hugo Fernandes: "Estas coisas parecem fora da realidade, mas tudo o que vem do espaço é top, vira moda aqui na Terra, é positivo".

    ResponderExcluir
  5. "Não deixa de ser um desafio o homem se desgarrar da natureza, da sua mãe Terra": comenta Irineu Pedreira, de Salvador Bahia, músico.

    ResponderExcluir
  6. "O que acontece com o homem, seja na superfície da Terra ou no espaço, quanto mais ligado à natureza, melhor para a condição de vida": é a opinião de Walter Santos Ribeiro, estudante de Física na USP em São Paulo.

    ResponderExcluir
  7. "Na época do fast food, dos alimentos com aditivos, nada melhor do que divulgar verduras para a alimentação, seja onde for": quem opina é Maria Áurea Cintra, de São José do Rio Preto, designer de moda. em sua cidade que diz ainda "sempre dou uma olhadinha nesse blog de informação".

    ResponderExcluir

Translation

translation