quinta-feira, 15 de outubro de 2015

CHIACHIRI PESQUISOU E NOS AJUDOU A RESGATAR O PASSADO DE FRANCA PARA A GENTE CRIAR NOSSO FUTURO AGORA

José Chiachiri Filho saiu daqui para uma longa, longa viagem mas antes resgatou a formação do povo da Serra da Canastra às barrancas do Rio Pardo, antigo caminho do sertão, para que agora a gente possa criar nosso futuro: obrigado, Mestre Chacha



Texto de Antônio de Pádua Silva Padinha - Fotos de David Radesca



Hoje acordamos em Franca (SP) sob o impacto socioambiental de uma tristeza, a notícia informando que o historiador, professor e ex-dirigente local do Partido Verde (PV), José Chiachiri Filho, estava de partida para uma longa, longa, longa, longa viagem, para longe daqui. Por ser além do mais um grande amigo, foi uma bomba triste que caiu sobre nós. A cidade, a região e o interior do país perdem um dos seus líderes intelectuais. Ele como doutor da Unesp pesquisou e resgatou o passado do nosso povo, daqui desde a Serra da Canastra às barrancas do Rio Pardo. Aqui era a entrada do sertão, quando Franca nascia há uns 300 anos. Hoje, por aqui começa a via crucis do Cerrado sendo destruído, o Rio São Francisco secando, o Rio Grande pequeno, o Rio Pardo sem peixes, o Sapucaí sumindo...José Chiachiri, o pai, jornalista do Aviso da Franca do Imperador, começou a pesquisa, o filho deu sequência e ampliou o seu alcance, criando mais que o Museu, preservando a história viva do nosso povo, da nossa terra. Agora cabe a nós, que ficamos, ao nos despedirmos do José Chiachiri Filho, partindo para uma longa, longa, longa viagem, para longe daqui, cabe a nós ao invés de somente chorar a sua ausência, irmos à luta juntos, resgatando o passado da nossa gente e recriando a vida da nossa natureza. Essa é a nossa missão Chiachiri. Vamos juntos à luta para criar o nosso futuro.




Canção da América (Milton Nascimento, imagens de Ayrton Senna da Silva) é homenagem no clip aqui no blog ao Chiachiri de todo nosso movimento verde): -  "Coração de estudante..."



Foto que marcou a entrada de José Chiachiri Filho no PV em Franca (SP) em evento no Castelinho, ano 2000, prestigiado por políticos que eram então dirigentes nacionais, estaduais e regionais do Partido Verde, que aqui vieram para abraçar o historiador e amigo da natureza 



Nem direita nem esquerda, contemporâneo do futuro

Chiachiri Neto, seu filho e líder da OAB SP

Jorge Chiachiri, filho, advogado e ecologista

Chiachiri pesquisava o passado com os olhos no presente e visão ligada no futuro

O velho casarão histórico sobrevivente da fundação do nosso povo, hoje Museu José Chiachiri

Aqui, com sua mãe e Drª Ângela da Fundação Paulo Duarte

O Museu Chiachiri fica também como memória viva do trabalho deste pesquisador da Unesp

42 anos lado a lado com a sua muito querida Suzi, professora e parceira
Arte de Lilico para a homenagem dos Verdes ao inesquecível Chiachiri

Suas aulas, suas palestras, suas conversas sempre com muita informação e muito humor





Chiachiri curtia valsas e modinhas antigas do Clube da Saudade e do seu tempo de menino


Quando garoto, Chacha era tão forte que ninguém conseguia ganhar dele na corrida de bicicleta, subindo a rampa do viaduto da Marechal Telles, ele punha sempre uns metros à frente como uma espécie de Senna da bike. E olha que nos anos 50 as bicicletas não tinham marcha, eram bem pesadas, porém, com a sua saúde e a força das pernas, ele sempre ganhava dos outros meninos. Coração de Estudante, essa música fala desse cara também, a Canção da América, América que ainda precisamos criar. Precisamos mudar a cidade, a região, o país e criar juntos o nosso futuro, vamos juntos, é agora a nossa Missão Chiachiri.




Fontes: www.folhaverdenews.com
              Sindicato dos Jornalistas (SindJor)



Enquanto isso, no Facebook...

VIVA CHIACHIRI - Uma pessoa no Velório São Vicente, questionou que escrevemos no Facebook que Chiachiri olhava todo dia o blog da gente: disse, ele estava cego há anos!...Usei realmente a expressão errada: Chiachiri acessava direto o Folha Verde News, é que o seu computador top transformava imagens e palavras em sons para que ele captasse a informação, OK? Ele pode ter ficado cego mas enxergava muito mais que a maioria de nós, como aliás escreveu Luís Ribeiro, o Dedão, da Rádio Difusora AM.  Sem ele, o Chacha, aumentam as trevas, nosso amigo está fazendo uma longa, longa viagem, nós que ficamos por aqui, vamos todos juntos lutar pela luz e pela paz. Viva Chiachiri, o pai, o filho, os netos e os que virão depois da gente aqui nesse povo que vai da Serra da Canastra às barrancas do Rio Pardo, terra que José Chiachiri Filho historiou tão bem.
Comments
Antônio Pádua Silva Padinha O MOVIMENTO ECOLÓGICO, DE CIDADANIA E O PARTIDO VERDE (PV FRANCA) CELEBRAM A VIDA E A INTELIGÊNCIA DE JOSÉ CHIACHIRI FILHO - Estamos todos tristes com a morte do Chiachiri mas nessa hora nos lembramos da sua inteligência, do seu amor à vida e à ecologia, da sua visão histórica sobre nossas origens, ele fará falta à cidade, à região e ao movimento para avançar o país: mais tarde um post sobre José Chiachiri Filho por aqui nesse no blog que ele acessava direto todos os dias. Valeu, Chacha. 

14 comentários:

  1. Logo mais estaremos postando aqui comentários e mensagens que nos enviaram sobre José Chiachiri Filho, aguarde e participe desta homenagem a um herói cultural do nosso povo.

    ResponderExcluir
  2. Você pode entrar aqui na seção comentários e deixar a sua mensagem. Outra opção, envie e-mail para a redação do nosso blog de ecologia e de cidadania via o navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  3. Outra alternativa ainda, você pode enviar a sua mensagem sobre Chiachiri e esta pauta de hoje (resgatar o passado para criar o futuro) mandando pro editor de conteúdo do blog padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Eu estudei com o Chiachiri, ele foi um dos caras mais alegres e amigos que conheci na faculdade e na vida": a opinião é de José Alberto, que mora em Ribeirão Preto (SP), advogado.

    ResponderExcluir
  5. "No PV em Franca, ele organizou o partido, em especial no sentido do conteúdo, fazendo debates. Foi presidente local, candidato a Deputado Estadual com votação expressiva, um dos 10 candidatos a Vereador mais votados em uma das eleições passadas, só não assumiu porque por azar na sua legislatura a Câmara Municipal de Franca reduziu de 24 para 17 o número de vereadores. Chiachiri comentou então: "Prá mim foi ruim não assumir depois duma votação tão boa, eu poderia ajudar a comunidade. Mas para a cidade foi bom, tem vereadores demais e ganhando muito, sem fazer quase nada pelo povo": a mensagem nos foi enviada pelo departamento de comunicação do Partido Verde São Paulo (PVSP).

    ResponderExcluir
  6. "O Chacha tinha uma visão crítica e bem humorada sobre tudo. Era um aniversário de Franca, anos atrás. Caiu numa 2ª Feira. E ele escreveu numa crônica no jornal Comércio da Franca: "Hoje é segunda e Franca aniversaria. Mas a Câmara Municipal está fechada. Fechada em plena segunda-feira do aniversário da cidade"...Este homem fica para a história como um exemplo": o comentário é de Onofre Pires Júnior, que se diz leitor e eleitor de José Chiachiri Filho.

    ResponderExcluir
  7. "Ótima matéria Antônio Pádua Silva Padinha. Chiachiri era chamado com justiça "arquivo vivo" e sempre atendeu bem a imprensa. Um cara muito bacana, vai deixar saudades": o comentário é de Cássio Freires, repórter da Rádio Imperador AM, site PopMundi e apresentador da Nova TV Franca. A gente aqui agradece o elogio, vamos juntos à luta, inclusive o SindJor (Sindicato dos Jornalistas) também nos enviou material sobre Chiachiri, obrigado, paz.

    ResponderExcluir
  8. "Achei da hora a Missão Chiachiri, mas será que a galerona de Franca entendeu esse lance? Espero que sim": a mensagem é de Antonio Alves, que estuda na Unifran e veio de Goiás (Goiânia). Ele diz não entender como a Prefeitura de Franca não decretou luto oficial e nem ter aparecido no enterro de José Chiachiri.

    ResponderExcluir
  9. "Margarida Pansani, diretora do Museu de Franca, disse ao site PopMundi que José Chiachiri Filho ficou marcado pela grande contribuição sobre a história da cidade e da região através de pesquisas e obras como “Do Sertão do Rio Pardo à Vila Franca do Imperador” (1986) e “Entrantes no sertão do Rio Pardo” (1991)".

    ResponderExcluir
  10. "O mestre perfeito é o que consegue realizar o que diz em suas aulas ou em seus livros: li isso hoje e esta mensagem se adapta ao Chiachiri que nos ensinou a pesquisar e pesquisou a formação do nosso povo": quem comenta é uma ex-aluna do professor Chiachiri, Lúcia Hélen dos Santos, que fez a História e se especializa em História Contemporânea ana UnB.

    ResponderExcluir
  11. "Costumo dizer que quando um parente ou um amigo próximo morre é um pouco de nossa história que vai junto. História que não é esquecida, mas ficará guardada em nosso coração. Hoje pra mim é uma dia triste, pois se vai um grande amigo, o José Chiachiri Filho, a quem tenho um grande afeto. Com certeza ficarão as recordações dos bons e longos anos de amizade e de respeito. Que Deus te receba e nos conforte juntamente com seus familiares Maria Ângela Chiachiri, Chiachiri Neto, Jorge Chiachiri e Sara": o comentário é de Luís Daniel Gilberti, advogado da Apeoesp, filho de Maurício Sandoval, ex-prefeito e companheiro de Chiachiri.

    ResponderExcluir
  12. Ligada ao movimento ecológico e de cidadania, Renata Luz, de Franca (SP) deixou a seguinte mensagem sobre Chiachiri: "Continuará vivo, carinhosa e eternamente em meu coração".

    ResponderExcluir
  13. Centenas de amigos se manifestaram pelo Facebook sobre Chiachiri e este post do blog. Um deles, o espiritualista Luiz Fanan, hoje em Brasília (DF), que disse: "Que ele seja recebido pela luz e pelo amor".

    ResponderExcluir

  14. Tellini Tellini (de BH, Minas): "Grande Chiachiri! uma lenda viva da nossa história! ama Franca! ama a ecologia! ama a cultura! vc professor, já está no colo do nosso amado Jesus Cristo!". Hélio Pinheiro Vissotto: "Esse vai fazer falta!". Rodolfo Bassi, líder da maçonaria em Franca (SP) captou um detalhe expressivo: "Até o destino o homenageou,seu feretro será no dia do Professor"...O apicultor, ecologista e técnico agrícola Valdivino Franco comentou assim: "Sua passagem por aqui?........ Todos aprenderam muito com você. Amigo! Que os bons mentores espirituais lhe ampare e o protejam. Amém".

    ResponderExcluir

Translation

translation