Fiscalização do Ministério do Trabalho flagra trabalho escravo e infantil em marca de roupas de luxo fabricadas em São Paulo: este fato questiona também cidadania e condição de vida neste momento de problemas na realidade brasileira