terça-feira, 16 de agosto de 2016

A ECOLOGIA DA CHUVA TRAZ UMA PRÉ PRIMAVERA EM PLENA SECA DE AGOSTO AQUI NO INTERIOR DO BRASIL


"É uma chuva atípica no país agora em agosto": Josélia Pegorim, meteorologista da Climatempo opina e outros meteorologistas falam em ação antecipada de La Niña, é cá entre nós uma pré Primavera

  

Chuva de agosto e de ontem antecipa Primavera no interior do Brasil


Agosto costuma ser um dos meses mais secos no Brasil. Os eventos de chuva são muito raros no Sudeste, no Centro-Oeste, em grande parte do Norte e do Nordeste. Apenas no Sul do Brasil  tem chuva com certa frequência nesta época e mesmo assim sujeito a períodos de seca ou dentro de frentes frias e polares que causam transtornos e geadas. Mas desta vez, graças a Deus e à nossa natureza, choveu ontem, chove hoje e ainda um pouco nesta semana em grande área do país que estava sofrendo um estio de mais de 40 dias, seca brava, doenças respiratórias, queimadas urbanas e rurais, poeira e vírus em suspensão, poluição no ar. A chuvarada podem ter derrubado árvores, telhados ou até pontes e barrancos, mas oxigenou a atmosfera a bem do equilíbrio ecológico do meio ambiente e da saúde das pessoas, em especial, crianças, idosos, alérgicos. "Existe uma certa violência na natureza, como os temporais, mas ela acaba sendo positiva, como os relâmpagos e trovões que energizam as terras, a agricultura", comenta por aqui o repórter e ecologista do nosso blog Folha Verde News. Padinha ainda cita o sitiante à saída da Zona Sul de Franca (SP), Magno Quirino que se lembra que "nessa época quando às vezes chove de surpresa, isso traz a floração das mangas, da jaboticaba, das frutas em geral, abastece as nascentes, é bom demais, graças a Deus". Segundo o site Climatempo, o tempo seco e quente predominou na primeira quinzena de agosto, mas a segunda quinzena deste mês agora deve ter características completamente atípicas. Na linguagem popular é quase uma antecipação da Primavera. Especialistas em Meteorologia estão estudando a situação e alguns já se manifestam, explicando que a chuva extemporânea se deve ao fenômeno La Niña, que já está agindo no centro sul do Brasil. O deslocamento de três frentes frias do Sul para o Sudeste, uma fraca, outra moderada e a terceira forte, mudam a circulação dos ventos pelo interior do Brasil. A maior parte da chuva vai cair sobre a região Sul, mas estas frentes frias vão ajudar a espalhar umidade sobre áreas muito quentes do Centro-Oeste favorecendo um pouco de chuva e as plantações. Estas frentes frias chegam também ao Espírito Santo e ajudam a aumentar a umidade no norte de Minas Gerais onde o clima já estava desértico. Mas o Nordeste e grande parte do Norte ainda ficam muito secos nesta segunda quinzena de agosto, embora na Amazônia já já chuvas de mudança. No Rio de Janeiro, em plena Olimpíada, clima primaveril, ecologia do esporte e da chuva que deveria cair em todo o Sudeste somente no final de setembro.




Até a Amazônia também estava ameaçada até agora pela seca....

Em todo o interior paulista e brasileiro a ecologia da chuva pré Primavera


Fontes: www.climatempo.com.br
             www.folhaverdenews.com 

10 comentários:

  1. Mais tarde, mais informações aqui8 nesta seção de comentários, vamos observar o que acontece no clima e ver as previsões ou comentários dos especialistas que já citam o fenômeno oceânico e atmosférico La Niña entre as explicações.

    ResponderExcluir
  2. "Esta chuva é um bênção de Deus": comentário de Maria de Lourdes Almeida Santos, dona de casa em Ituverava (SP), que estava sendo atendida na Santa Casa de Franca com problema respiratório.

    ResponderExcluir
  3. Aguarde nossa próxima edição mas desde já vc pode colocar aqui a sua opinião ou então enviar a sua mensagem prá redação do blog navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  4. Pode também mandar e-mail pro nosso editor de conteúdo aqui neste blog de ecologia e de cidadania padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. "Se a gente fosse depender das autoridades nem na Primavera começaria chover": comentário que captamos na Rádio Bandeirantes AM de São Paulo, transeunte falando ao vivo, Nei Santos.

    ResponderExcluir
  6. "A chuv a e a natureza cumpriram a sua parte, se a gente tivesse um mínimo de gestão ambiental dos nossos políticos, o Brasil estaria muito bem no clima e na qualidade de vida da população, o que ainda não acontece": comentário de Jacir Pereira, de Vitória (ES)que informa ter descoberto nosso blog no Facebook na chamada desta matéria.

    ResponderExcluir
  7. "Esperamos que os meteorologistas estejam certo e qu esta primeira chuva da Primavera, antecipada agora não venha a faltar no tempo certo, ou seja, que nosso país fique livre da seca": quem comenta é Tina Mendes, de Campinas (SP), que atua hoje em dia na capital paulista como webdesigner.

    ResponderExcluir
  8. "Parece que estão vindo outras frentes por aí e espero que uma chuva emende com outra e depois com a Primavera, melhorando nossa condição de vida em muitos pontos do país que já estavam começando a nos assustar de novo com uma grand3e seca": quem comenta é Fabiano Morais Silva, de Taubaté (SP)que passou na Unesp de Assis mas optou por continuar atuando no comércio.

    ResponderExcluir
  9. "Vejo estas chuvas em plena seca de agosto como uma bênção de Deus": comentário de Isaura Mendes Sousa,industrial na região de Porto Ferreira(SP).

    ResponderExcluir
  10. "Vi na TV agora que no sul do país haverá clima extremo, com ventanias de mais de 80km por hora, temporais, problemas nas cidades, nas estradas, nas fazendas, espero que as novas frentes frias não tragam esta situação por aqui": comentário de Luiz Sérgio de Curitiba (Paraná), técnico em Informática, que é de Ribeirão Preto (SP) e está lá desde 2012.

    ResponderExcluir

Translation

translation