sexta-feira, 5 de agosto de 2016

PRODUTOR ITALIANO DA ABERTURA DA OLIMPÍADA ADIANTA ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A FESTA QUE CHAMA DE "BRASIL DE VERDADE"

Foi excluída ou censurada da abertura uma performance com Gisele Bündchen com críticas à violência, mas a ecologia e a brasileríssima gambiarra estão entre os conteúdos da festa que irá abordar também as diferenças sociais e a cultura dos mais pobres como o funk que nasceu nas favelas e representa a sua realidade hoje


 
Com certeza o Cristo Redendor participará da abertura dos Jogos do Rio


Gisele Bündchen vai fazer uma encenação sobre a Garota de Ipanema

 
A gente conseguiu aqui para nosso blog Folha Verde News algumas informações extras sobre o show de abertura da Olimpíada nesta noite no Rio de Janeiro, através do produtor italiano Marco Balich, que há 2 anos prepara o evento. Balich é o produtor-executivo da CC2016, uma união do Filmmaster Group, da Itália, com a SRCOM, do Brasil, empresas encarregadas tanto da cerimônia de abertura como de encerramento dos Jogos do Rio 2016, o objetivo central será divulgar o movimento olímpico, a valorização do esporte, como ele adiantou para o site O Dia (IG). Por sua vez, Renata Mendonça fez uma reportagem especial sobre a abertura para a BBC, uma vez que a cerimônia e o show da abertura serão vistos por cerca de 1 bilhão de telespectadores em todo o planeta. Já segundo o portal Brasil de Fato houve a supressão duma performance sobre assalto e violência no Rio e No Brasil, Gisele Bündchen vai representar somente a legendária Garota de Ipanema, símbolo da mulher brasileira e mito da Bossa Nova, de Vinicius de Morais e Tom Jobin, já falecidos.No show oficial que começa às 20h, Anitta em nome da cultura atual da Bahia, do funk e das favelas, vai se apresentar ao lado dos já históricos Gilberto Gil e Caetano Veloso. Antes, haverá a partir das 19h15 um pré-show com outros artistas, como o samba e gente como Zeca Pagodinho. A performance excluída ou censurada e retirada da cerimônia de abertura teria a ícone da moda e da beleza brasileira Gisele Bündchen, criticando a situação das crianças pobres e a atual realidade carioca e brasileira, algo que foi tema até duma pesquisa da Anistia Internacional, enfocando também a violência policial no Rio de Janeiro e em São Paulo. 


Balich informou que a atleta Daniela Hipólito foi quem sugeriu Anitta


Aqui um resumo do que será o show de abertura da Olimpíada 2016 nesta noite


Momento final da cerimônia terá os polêmicos fogos de artifício de sempre

Marco Balich já organizou 19 shows de abertura no mundo todo


Depois de comandar 19 cerimônias de aberturas de grandes eventos esportivos, o italiano Marco Balich se surpreendeu com o alcance da crise econômica brasileira e confessa ter tido que repensar a apresentação. Mesmo com a supressão da performance crítica sobre a violência, o produtor executivo da abertura dos Jogos Olímpicos Balich garante que o evento assim mesmo mostrará "o Brasil de verdade". "Não podemos esconder os problemas. O Brasil é o que é, também com as favelas, com as diferenças sociais, com violência, corrupção, zika e tudo mais. Então não vamos fingir que o Brasil é o país perfeito. Vamos retratar nesse sonho algo próximo do que é a realidade brasileira". Mais do que "apresentar o Brasil para o mundo", a cerimônia de abertura dos Jogos do Rio será única, segundo Balich, porque será a primeira a entregar uma "mensagem política muito forte". Para exemplificar isso, ele adianta que será feita uma declaração profunda sobre mudanças do clima e do ambiente, bem como sobre o valor da sustentabilidade, o equilíbrio entre os interesses econômicos e os ecológicos. Um dos momentos que marcará o espetáculo, de acordo com Marco Balich, será a entrada de cada um dos 12 mil atletas com suas delegações carregando uma semente que será plantada para virar árvore na chamada "Floresta dos Atletas", no Parque Radical, uma das instalações olímpicas. Para definir o show numa só palavra, ele disse esperança. 


Gisele Bündchen brilhou nos ensaios com as suas crianças

Nos bastidores ou no palco ela simboliza bem a mulher brasileira


Fontes: www.odia.ig.com.br
             BBC - Reuters - APF
             www.folhaverdenews.com

8 comentários:

  1. Gisele Bündchen com certeza o símbolo mais atual da beleza e da inteligência da mulher brasiuleira na nossa visão aqui neste blog representa melhor a atualidade do que as músicas ou a digamos expressão corporal de Anitta.

    ResponderExcluir
  2. Um dos pontos adiantados por Marco Balich sobre a festa de abertura é que ela homenageará o que chamou de "gambiarra", ou o famoso "jeitinho brasileiro". Não somos todos nós os brasileiros do dia a dia que enfocamos positivamente esta realidade...

    ResponderExcluir
  3. Segundo o produtor cultural responsável pela festa, a cerimônia de abertura vai fazer os brasileiros refletirem sobre onde estão hoje e para onde estão indo, como aliás um reflexo do ser humano da atualidade.

    ResponderExcluir
  4. Apesar de ter um orçamento reduzido diante da crise econômica do momento, estima-se que mesmo a abertura desta noite no Maracanã custando metade do que custou a de Londres em 2012, vai empolgar.
    "Vai fazer os brasileiros refletirem sobre onde estão e para onde estão indo", observou Marco Balich. "Nossa cerimônia não terá aquele ar grandioso da de Pequim, não será poderosa em termos de alta tecnologia como a de Londres, mas será cheia de paixão e humanidade". Vamos conferir.

    ResponderExcluir
  5. Coloque aqui nesta seção de comentários a sua opinião. Você se preferir pode também enviar um e-mail para a redação do nosso blog através do webendereço navepad@netsite.com.br e/ou mandar um e-mail direto pro nosso editor de conteúdo daqui do blog padinhafranca@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. "Com tantos produtores culturais e artistas brasileiros de muito valor, foram escolher um profissional italiano, vejo isso com um espírito crítico": comentário de Leonor Alves, produtora cultural de São Paulo (SP), especializada em arte e cultura alternativa.

    ResponderExcluir
  7. "Anitta nem tanto mas Gisele Bündchen sim, ela vale por um show pela sua beleza e consciência ecológica da realidade": comentário de Agenor Barros, de São Paulo (SP), ele que é de Pernambuco e trabalha na capital paulista com exportação.

    ResponderExcluir
  8. "Nem ia ver depois do péssimo espetáculo de ontem Brasil 0 X África 0 pelo futebol masculino. Mas por estas informações aqui e por Gisele Bündchen hoje vou dar uma olhada": Adriana Santos Pereira, do Rio de Janeiro (RJ), fotógrafa e designer.

    ResponderExcluir

Translation

translation