quinta-feira, 6 de outubro de 2016

ANTES MESMO DE TOMAR POSSE COMO PREFEITO DE SÃO PAULO JOÃO DÓRIA JÚNIOR JÁ ESTÁ ENFRENTANDO UM DESAFIO ÉTICO DE CIDADANIA


Ciclistas protestaram em nome de todo um movimento social de muita força em frente à casa do prefeito eleito de SP afirmando através duma carta entregue também à mídia que "não aceitaremos nem um metro de ciclovia a menos"

 

Plano de João Dória Jr. de eliminar ciclovias são um tombo para os bikers

Roney Domingos, do G1, Bruno Bocchini, da Agência Brasil e Elia Júnior, da Band, me informaram sobre uma manifestação de cidadania (pacífica por sinal) realizada por bikers na noite de ontem em frente à casa do prefeito eleito de São Paulo, João Dória (PSDB), no Jardim Europa, na zona oeste da cidade, ele que como candidato reafirmou compromissos com a ecologia da Grande São Paulo e com a ética que anda muito distante da atual classe política. O grupo de ciclistas que se manifestou é contrário às propostas do novo prefeito para a mobilidade urbana. "Vamos juntos pedalar pacificamente até a casa do João Dória para mostrar pra ele que os ciclistas existem SIM em São Paulo, e que temos tanto direito à rua quanto os carros e, principalmente, direito à vida. O espaço também é nosso e não aceitaremos nenhum direito a menos! Nenhum metro de ciclovia a menos", trecho de uma das mensagens do evento no Facebook recebidas por aqui também na redação do nosso blog Folha Verde News, editado pelo repórter e ecologista Antônio de Pádua Silva Padinha: "Eu conheço pessoalmente Dória, do tempo em que atuei na Rede Bandeirantes junto com Cláudio Petráglia e acredito que ele não irá cortar o diálogo com os bikers, eles podem sim ser uma minoria em São Paulo, mas são pessoas conscientes, bem informadas e além do mais, formadoras de opinião, aliás, todo o nosso movimento está indo à luta, movimento ecológico, científico, de cidadania e pela ética na política, algo que merece respeito, com certeza", comentou Padinha, que também se lembra que durante a campanha, Dória disse que não pretende ampliar a rede de ciclovias mas irá manter aquelas que funcionam com normalidade. No caso da manifestação dos bikers, eles se deitaram no chão como para simbolizar as mortes e acidentes de trânsito envolvendo ciclistas. Ou seja, foi um ato de grandeza, a favor da não violência e por amor ao direito à vida! 
 
Em frente à casa de João Dória Jr ato pela não violência lembrou bikers mortos








Aqui ato pela não violência e cidadania já mobiliza bikers de todo país




Dezenas de ciclistas, cerca de 200 na avaliação da PM, se manifestaram em frente à casa do candidato eleito à Prefeitura de São Paulo, João Dória Jr. Os ciclistas partiram por volta das 19h30 da Avenida Paulista e foram até o Jardim Europa, área nobre da capital paulista, onde reside Dória, recebendo expressões de apoio da população neste trajeto. Já que o novo prefeito paulistano não estava, um grupo dos ciclistas entregou uma carta a um dos seguranças da casa, reivindicando a continuidade do programa de expansão de ciclovias na cidade e pedindo que o futuro prefeito se comprometa com a manutenção dos atuais 400 quilômetros da malha cicloviária da cidade, consideradas por especialistas em trânsito como essenciais para a mobilidade urbana dos moradores de São`Paulo e não só para aqueles que são bikers. Há pouco em entrevista ao site do Estadão postada hoje, João Dória disse não vai ampliar a rede cicloviária, a não ser por uma “real necessidade” mas que manterá como estão as ciclovias que têm movimento e que não foram construídas sobre calçadas. Os estudos, segundo ele, serão feitos no começo do ano para avaliar quais ciclovias serão ou não eliminadas. "Não aceitamos nem um metro de ciclovia a menos", diz a carta dos bikers.“Firmando esse compromisso, o futuro prefeito conseguirá diminuir a quantidade de mortes junto aos ciclistas no trânsito”, diz o texto desta carta que se orna histórica: “Caso ainda não tenha sido convencido e insista que ciclovias sem ciclistas devem ser removidas então considere que uma calçada vazia, sem pedestres constantes, também deverá ser retirada”...
O ecologista Padinha tambem recebeu convocação para o ato dos bikers
 
Um movimento social e ecológico expressivo em SP e em todo o país

 
Em frente a casa de Dória, os ciclistas deitaram no chão como forma de simbolizar tantos usuários de bicicletas mortos no trânsito da capital paulista e gritaram palavras de ordem como fica, ciclovia, nem um metro a menos e poderia ser seu filho!...Os manifestantes gritaram ainda em tom irônico desacelera, Dória, em referência ao tema da campanha eleitoral do candidato eleito, “acelera, São Paulo”. Os bikers ali representados nesta manifestação de cidadania solicitaram pacificamente ainda a continuidade do Plano de Mobilidade Urbana, publicado pela Secretaria de Municipal de Transportes em abril de 2015 e que garantia à população o planejamento de construção de uma malha cicloviária de 1,5 mil quilômetros na capital até o ano de 2030. E a gente aqui no blog da ecologia questionamos: quais outros interesses pressionam para acabar com metade das ciclovias já conquistadas por São Paulo?...Elas são uma conquista ícone da cidadania brasileira. 




João Dória Jr. pode antes de assumir já se indispor com um setor da população

Os bikers foram chegando de várias direções convocados pelo Facebook



Fontes: Agência Brasil - G1 - Band
             www.folhaverdenews,com

8 comentários:

  1. Logo +, aqui nesta seção de comentários do nosso blog de ecologia e de cidadania, acessado por aqui no interior paulista e em todo o país, + dados ou outras informações sobre o movimento dos Bikers de São Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Aguarde e depois confira aqui outros comentários e você desde já pode postar nesta seção a sua opinião ou pode também, caso prefira, enviar um e-mail para a redação do blog navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  3. Outra alternativa para participar desta pauta é mandar um e-mail direto pro nosso editor de conteúdo do blog, podendo inclusive também sugerir alguma pauta ou enviar fotos deste movimento ou outro da cidadania: padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Pesquisando sobre esta manifestação pelas ciclovias no Google descobri este blog e digo que curti muito a forma e o conteúdo do post, temos mesmo que valorizar nossa cidadania": comentário de Manuel Alves Pereira, de São Paulo (SP), técnico de Informático e ciclista.

    ResponderExcluir
  5. "Na hora da campanha só faltou botar o governador Alckmin em cima duma bike junto com o Dória, agora que venceram a eleição, já mostram a verdadeira face do poder": comentário de Roseli Santos, de Araraquara (SP), estudante da Unesp.

    ResponderExcluir
  6. "Acredito que vamos ter que fazer um ato monstro em São Paulo de todo nosso movimento em defesa da ciclovia e inclusive também da própria ecologia, que é algo que os políticos fingem esquecer quando chegam ao poder": comentário de Mônica Sousa, de Campinas (SP), que participa de competições de velocidade em ciclismo e faz parte dum movimento de bikers naquela região.

    ResponderExcluir
  7. "Vi aqui a mensagem de Mônica de Campinas sobre um ato monstro em São Paulo, me chamem que eu vou também com a minha magrela": comentário de Jurandyr Bentes, de Embu, Grande São Paulo, artesão.

    ResponderExcluir
  8. "Consegui chegar na zona oeste de São Paulo quando a manifestação já estava acabando, mas valeu muito eu ter me esforçado e atravessado a cidade toda porque temos que ser respeitados por qualquer uma das autoridades porque somos um movimento e nós ao contrário dos políticos todos, temos o futuro": comentário de José Maria,que atua como executivo de gravadora e batalha pelas ciclovias que usa todos os dias para se deslocar por Sampa.

    ResponderExcluir

Translation

translation