quarta-feira, 16 de novembro de 2016

PAPA FRANCISCO DEIXA CLARO APOIO AO ACORDO DE PARIS E TENTA ESTIMULAR UMA VIRADA ECOLÓGICA NO PLANETA


O Papa pede aos países participantes da conferência do clima e do ambiente da ONU em Marrocos mais rapidez para proteger natureza e restaurar a ecologia do planeta


Papa Francisco se mostra preocupado com a falta de ação dos governantes


Um dos motivos com certeza foi a vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos e a posição deste líder político americano de não cumprir algumas metas de controle de emissões de CO2 e da poluição que Barak Obama já havia antes assumido formalmente na ONU. "As autoridades precisam agir sem mais demora", foi o conselho ecológico do Papa Francisco neste fim de semana, uma mensagem online foi enviada de Roma à 22ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP22) que estava nesse domingo chegando a seus momentos de decisão em Marrakeche, no Marrocos. O Papa Francisco sugeriu em resumo para que os cerca de 190 países participantes comecem a agir com urgência para defender a natureza. As informações são de agências de notícias que captamos aqui no nosso blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News e estão citadas como as nossa fontes desta informação. "Agir sem demora, da maneira mais livre que seja possível, livre das pressões políticas e econômicas, superando os interesses e os comportamentos particulares", apelou o líder católico. Ele deixou entender também a grande importância de cada país implantar dentro da realidade de cada um formas de desenvolvimento sustentável, harmonizando os interesses econômicos com os ambientais. Ainda segundo o pontífice, "o Acordo de Paris, que já entrou em vigor recentemente, mostra a grave responsabilidade ética e moral de todas as nações sobre os preocupantes impactos das mudanças do clima e do ambiente". Ele não citou abertamente em nenhum momento suas discordâncias com Trump.  O Papa Francisco ressaltou  que os problemas ambientais causam impactos "em toda a humanidade, mas em particular, nas populações mais pobres e nas gerações futuras, que representam o componente mais vulnerável nesta situação que precisa mudar". 



Ele tem procurado valorizar as ideias de São Francisco, pioneiro da ecologia

Essa caricatura rola nas redes sociais e jornais na Europa

O Papa nos bastidores diz que continua com o mesmo idealismo de quando era um garoto qualquer na Argentina que curtia muito a natureza



 
Fontes: Agência Ansa - Brasil - Reuters
             www.folhaverdenews.com 

10 comentários:

  1. Claro que a ecologia enfrenta interesses e poderes muito grandes, mas este lado mais humanitário e idealista do Papa Francisco, que se compara a uma criança na sua própria visão, é de muito valor no sentido de popularizar a questão do clima e do ambiente.

    ResponderExcluir
  2. Logo mais, por aqui nesta seção de comentários, mais informações sobre a COP22 e também sobre a polêmica Trump vs Papa: você pode colocar nesta seção a sua mensagem, participando desta pauta de hoje do nosso blog.

    ResponderExcluir
  3. Se preferir, você também pode enviar a sua mensagem para o e-mail da redação deste blog de ecologia e de cidadania navepad@netsite.com.br e/ou então mandar seu e-mail diretamente pro nosso editor de conteúdo padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Seja uma criança ou um Papa, seja um ecologista ou um cientista, o que importa é que todos façamos uma pressão para que sejam controlados todos os desequilíbrios do clima e do ambiente que já se manifestam na realidade": comentário de Irene dos Santos Mendes, de São Paulo (SP), que é médica pneumologista.

    ResponderExcluir
  5. "Acompanhei uma troca de farpas entre Donald Trump e Papa Francisco que o havia criticado por querer construir muros e não pontes, perseguir com preconceito os imigrantes. Trump por sua vez disse que o Papa é politizado demais para ser um líder religioso. As diferenças entre os dois são claras, tem ainda esta questão climática agora": comentário de Heloísa Morais, do Rio de Janeiro (RJ) que atua como voluntária na Pastoral do Menor.

    ResponderExcluir
  6. "Importante um Papa tomar uma posição a favor de avanços ambientais dos países, levando em conta o que anda acontecendo já no planeta por causa dos desequilíbrios do clima e do ambiente": comentário da mesma Heloísa Morais.

    ResponderExcluir
  7. Sobre o fato de ter sido criticado por Trump por ser "politizado demais para um líder religioso", o Papa Francisco respondeu: "Graças a Deus que Trump disse que sou um político, porque Aristóteles define a pessoa humana como animal político, ou seja, sou humano”. Ele não com dizer que Trump não é...(Comentário do nosso editor Padinha).

    ResponderExcluir
  8. "Um Papa que tenta ser humano e um Presidente que não se importa em tomar atitudes desumanas, acho que esta é a diferença básica entre os dois, de toda forma, a polêmica é positiva": comentário de Ygor Gonçalves, de Ribeirão Preto (SP), que atua como representante comercial.

    ResponderExcluir
  9. Site Terra está publicando agora que o vice Ministro das Relações Exteriores da China, Liu Zhenmi, confirmou que a atitude adotada pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, com relação à mudança climática "não afetará os compromissos" internacionais da China nesta matéria e nem o apoio chinês ao Acordo de Paris".

    ResponderExcluir
  10. "Na Igreja também têm os cardeais representantes do reacionarismo de Trump, eles estão fazendo um movimento contra algumas ideias mais avançadas do Papa Francisco no Vaticano": comentário de Isabel Guimarães, de Uberlândia (MG), empresária.

    ResponderExcluir

Translation

translation