sábado, 24 de dezembro de 2016

PESQUISADORA DO BRASIL E DE PERNAMBUCO FOI ESCOLHIDA PARA LIDERAR RANKING MUNDIAL DE CIENTISTAS NESTE ANO


Brasileira está colocada entre os 10 cientistas mais importantes de 2016 pela revista Nature

 

Crédito: Reprodução Fiocruz Pernambuco
Aqui a cientista pernambucana em foto de Isabela Faggiani


A revista Nature é uma das publicações de maior prestígio da área da ciência do mundo. E nessa época de final de ano e retrospectivas, ela decidiu fazer uma lista com os 10 cientistas mais importantes de 2016. Uma das escolhidas foi Celina Turchi Martelli, pesquisadora de Pernambuco. Ela é especialista em doenças infecciosas da Fiocruz e ganhou reconhecimento da revista internacional após realizar a sua pesquisa e descobrir a relação entre a microcefalia e a zika. Para isso, ela contatou cientistas do mundo todo e formou uma força-tarefa de pesquisadores para conduzirem as pesquisas. Uma rede do bem, a favor da evolução da ciência.

A pesquisadora pernambucana explica sua descoberta e critica Saúde Pública no Brasil
  
Esta revista de importância mundial fez o ranking

Em entrevista à Nature a Drª Turchi afirmou que "Nem no meu pior pesadelo eu imaginei uma epidemia de microcefalia em bebês". E ela ainda disse que acredita que o Brasil está passando por uma situação de emergência na Saúde Pública, carecendo de mudanças estruturais. Dentre os 10 cientistas selecionados neste ranking de cientistas, quatro são mulheres e seis são homens. A argentina Gabriela Gonzalez, a "espiã da gravidade", também está na lista por causa de sua pesquisa sobre as ondas gravitacionais. Por sua vez o espanhol Guillen Anglada-Escude foi selecionado por ter descoberto um planeta parecido com a Terra próximo à estrela Alpha Centauri. 

Um novo planeta tipo Terra descoberto junto à estrela Alpha Centauri

Demis Hassabis, cocriador da empresa de  inteligência artificial DeepMinds, está na lista por criar o programa AlphaGo.John Zhang, especialista em fertilidade, ganhou seu lugar na lista após conseguir trazer ao mundo o primeiro bebê através de uma técnica feita através da reprodução assistida que usa o DNA de três pais diferentes. Já Kevin Esvelt descobriu possíveis efeitos negativos da dição genética CRISPR. Por isso, também foi incluído na lista. Os outros nomes que completam a lista são: Terry Hughes, Guus Velders, Alexandra Elbakyan e Elena Long. Realmente, uma seleção dos melhores cientistas da atualidade, felizmente, o Brasil foi convocado através de uma pesquisadora de Pernambuco, por outro lado, infelizmente, já que ela detectou um problema de extrema gravidade na Saúde Pública do país, esperamos que ela seja ouvida pelas autoridades governamentais na busca da solução da microcefalia e da zica. Bem como, que sejam levadas em conta também as críticas da renomada cientista Celina Turchi Martelli ao sistema brasileiro, para que nossa Nação tenha futuro e qualidade de vida melhor para toda a população.

 
Um nova esperança na solução deste novo drama da saúde humana


Fontes: www.ondda.com
             www.folhaverdenews.com
.

8 comentários:

  1. Logo mais, mais informações e comentários aqui nesta seção, aguarde nossa próxima edição, confira e participe voc~e também com sua mensagem ou opinião.

    ResponderExcluir
  2. Você pode postar aqui direto o seu comentário ou então se preferir enviar um e-mail para a redação do nosso blog navepad@netsite.com.br e/ou então mandar sua msm pro e-mail do nosso editor de conteúdo do blog padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. "Uma conquista de importância mundial de pesquisadora do nordeste e do Brasil, boa notícia, mas a questão da saúde pública por aqui, como esta cientista critica, realmente é negativa": comentário de Josué de Morais Alves, de Salvador, ligado à uma equipe de pesquisa na Universidade Federal da Bahia.

    ResponderExcluir
  4. "Gostaria de cumprimentar Celina Turchi Martelii, em nome dos pesquisadores do interior do país, nós precisamos de mais verbas e mais mídia para as nossas pesquisas e destra vez ficamos felizes pelo seu sucesso": comentário de Elizeu Amador, de São José do Rio Preto (SP), formado pela Unesp e que vem pesquisando na Federal do Mato Grosso.

    ResponderExcluir
  5. "A revista Nature é uma das mais importantes da área científica no mundo. isso valoriza ainda mais que uma das escolhidas tenha sido Celina Turchi Martelli, pesquisadora de Pernambuco. Ela é especialista em doenças infecciosas da Fiocruz e ganhou reconhecimento desta revista de alcance internacional após realizar a sua pesquisa e descobrir a relação entre a microcefalia e a zika": quem comenta é Carlos Bressa, jornalista, de Brasília (DF), que vem procurando pautar matérias sobre avanços e também a luta dos nossos pesquisadores, segundo ele "desprezados no Brasil, nesse sentido, este prêmio agora dá uma virada nessa situação".

    ResponderExcluir
  6. "Para conseguir realizar a sua pesquisa e aí obter este reconhecimento mundial, Celina Turchi contatou cientistas do mundo todo e formou uma força-tarefa de pesquisadores de vários países, uma rede de cientistas, aqui dentro do nosso país não há tanto apoio assim para pesquisas, que são a base de melhorias em nossa vida": comentário de Maria Eugênia, que fez Psicologia na USP e faz carreira universitária em São Paulo (SP).

    ResponderExcluir
  7. "Só por trazer perspectiva de solução para o drama da microcefalia esta pesquisadora precisa ser convidada pelo Ministério da Saúde para ir à Brasília e orientar a política pública neste setor que assim como em todo o sistema de Saúde Pública está carente de soluções": comentário de Itamar Moreira, de Curitiba (Paraná), que também enaltece a luta dos pesquisadores brasileiros.

    ResponderExcluir
  8. "Este blog está de brincadeira, cada dia dá um furo de reportagem: parabéns, matérias muito boas e um apoio às lutas dos ecologistas e dos cientistas, dependendo de mim este blog vira um dos maiores sites do Brasil": comentário de Leonor Barbosa, de Cuiabá (MT), ativista do movimento indígena na universidade federal do Mato Grosso. A gente agradece o elogio e vamos juntos, com luta e com paz.

    ResponderExcluir

Translation

translation