domingo, 12 de fevereiro de 2017

IMAGENS DE MESTRE DO FOTOJORNALISMO IMPORTANTES KNOW HOW DA CULTURA DA COMUNICAÇÃO AGORA NA ERA DA IMAGEM


Exposição no Rio de Janeiro apresenta fotos coloridas inéditas de Robert Capa e outras mais: aqui no nosso blog trazemos um pouco desta cultura da hora até você na era da imagem, das redes sociais e dos selfies, repórter da vida

 






Você pode ter mais informações sobre Robert Capa, fotógrafo histórico do jornalismo mundial hoje em matéria de Isabela Vieira, na Agência Brasil e aqui agora no blog da ecologia, cidadania e cultura da vida Folha Verde News, um resumo: em contraste com as imagens em preto e branco que consagraram este profissional húngaro, um dos fundadores da Agência Magnum, uma exposição no Rio de Janeiro revela outro lado do artista, na mostra Capa em Cores, que está exibindo, pela primeira vez na América Latina, 136 fotos coloridas trazidas do International Center of Photography, de Nova York (USA). Capra é ícone pela cobertura de momentos que se tornaram marcos da história, como o desembarque aliado na Normandia, em junho de 1944 ou cenas da Guerra do Vietnan. Capa, pseudônimo de Endre Friedmann, também registrou, em cores, o glamour de artistas em Roma e em Paris. Emplacou ainda, nas principais revistas da sua época, ensaios coloridos sobre o balneário Biarriatz, no País Basco francês, e férias de esqui de famílias abastadas nos Alpes Suíços em contraste com o dia a dia de pessoas comuns em todos os lugares da Terra. Confira mais detalhes sobre a arte e o trabalho de Robert Capra aqui na nossa seção de comentários, OK? Vamos a seguir abrir mais espaço nesta webpagina para algumas das mais de 800 mil imagens publicadas ou inéditas deste pioneiro da atual civilização da imagem. Confira e divulge, cultura da hora para você, repórter da vida.


Uma das fotos mais famosas de Capa (Guerra do Vietnan)
O fotógrafo e ecologista  brasileiro Sebastião Salgado visto por Capa
 


















  

A seguir curta um album de fotos do eterno Robert Capa (Endre Friedmann) que com certeza não precisam nem de legenda: são tipo de imagens que falam por si mesmas












Na guerra ou no dia a dia soldados nazistas foram tema de Capa também


  
Fontes: Agência Brasil - Google
             www.folhaverdenews.com

7 comentários:

  1. "Quem visitar a exposição também deparará com a intimidade de personalidades do século 20 com quem Capa conviveu. Entre elas, o pintor espanhol Pablo Picasso e o escritor norte-americano Ernest Hemingway – registrados em momentos raros com a família. Retratos do cineasta sueco Ingmar Bergman e do italiano Roberto Rosselini também podem ser vistos, entre outros personagens que marcaram o século 20": comentário de Isabela Vieira, da Agência Brasil.

    ResponderExcluir
  2. "As imagens coloridas foram feitas com filmes Kodachrome e Ektachrome e resgatadas pela curadora da exposição agora no Rio e rodando o mundo, Cynthia Young. Desde 2000, ela trabalha com a coleção de Capa, nos Estados Unidos. Conta que o fotógrafo começou a usar cor ainda durante os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial, quando registrou tropas britânicas e americanas no Norte da África. Por um período, ele andava com duas câmeras, uma para cada tipo de foto": idem, ibidem.

    ResponderExcluir
  3. “Capa é considerado um mestre da fotografia de guerra em preto e branco, o homem que documentou alguns dos principais eventos políticos da Europa Ocidental no século 20”, comentou a curadora da mostra, Cinthia Young que já circulou por Madri, Budapeste e França, antes do Rio, agora, você tem um resumo aqui no blog da gente.

    ResponderExcluir
  4. "Referência em fotojornalismo e em retratar a experiência humana, Capa morreu em 1954, fotografando a Guerra da Indochina, ao pisar acidentalmente numa mina terrestre. A mostra Capa em Cores está aberta ao público até 9 de abril, de terça-feira a domingo, entre 11h e 20h, no Oi Futuro do Flamengo, na Rua Dois de Dezembro, no Catete": informa na matéria a EBC, texto e fotos que tiveram a edição de Wellton Máximo.

    ResponderExcluir
  5. Logo mais aqui nesta seção mais informações, você pode postar aqui direto o seu comentário ou se preferir assim, envie uma mensagem para a redação do blog navepad@netsite.com.br e/ou pro editor do Folha Verde News padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. "Estou fazendo um videoarte sobre imagem na atualidade e vou usar esta matéria dentro do documentário": comenta Rubens Pereira, que fez a ECA da USP e trabalha no mercado publicitário em Minas Gerais (BH em especial).

    ResponderExcluir
  7. "As imagens de Capa e sua geração de repórteres nos mostram que a violência vem predominando há muito, muito, muito tempo e a pergunta que eu deixo é se a gente irá conseguir mudar o mundo": comentário de Daniel Fisk, diretor de arte, que atuava na Europa e hoje no Brasil, em São Paulo.

    ResponderExcluir

Translation

translation