sábado, 6 de maio de 2017

FESTIVAL PATH (MAIOR EVENTO DE INOVAÇÃO DA AMÉRICA LATINA) TAMBÉM UM AVANÇO PARA REFUGIADOS DE TODO MUNDO NO BRASIL (INICIATIVA FELIZ)



Em São Paulo neste fim de semana refugiados participarão do festival de inovação como uma forma de atalho a caminho da inserção no mercado de trabalho no Brasil  

 


Participação no Festival Path abre caminho novo para refugiados


LaBaq faz músicas que ajudam a cidadania de todos no mundo (veja videoclip)





Numa iniciativa inédita, humanitária e de cidadania o Festival Path abre suas portas para os refugiados de vários países que já estão no Brasil,  neste fim de semana imigrantes de diferentes nacionalidades e com alguma formação profissional ou universitária poderão participar do evento como monitores, tendo a oportunidade de entrar em contato com empresários e pessoas inseridas no mercado de trabalho brasileiro: a notícia nos foi envidada para nosso blog Folha Verde News por e-mail da ONU e esta feliz participação de refugiados neste acontecimento foi viabilizada com a ajuda da agência das Nações Unidas para refugiados (ACNUR).

Mapa do refúgio no Brasil por regiões

Refugiados de diferentes nacionalidades e bagagens profissionais participarão do evento como monitores e terão a oportunidade de dialogar e entrar em contato com o público do evento, em todas as regiões brasileiras há atualmente entre 10 e 20 mil novos refugiadps (o levantamento ainda está em processo de organização), vindos de cerca de 80 países."O Brasil é um dos refúgios mais elogiados por entidades humanitárias porque por aqui todos os estrangeiros são tratados como fraternidade e até com carinho", como explicou a líder de cidadania e socióloga Maria Bertoni, bisneta de imigrantes italianos. Em parceria com o Programa de Apoio a Recolocação de Refugiados (PARR), a agência da ONU para refugiados (ACNUR) se juntou ao Festival Path para viabilizar a participação destes refugiados, em sua maioria jovens, que têm formação acadêmica, já alguma experiência profissional e que, mesmo assim, estão atuando no mercado de trabalho em funções que não correspondem às suas qualificações: "Tenm engenheiro trabalhando de garçon, psicóloga de babá", contou por telefone para nosso blog Maria Bertoni. Por meio desta iniciativa, o organismo das Nações Unidas espera que os refugiados estabeleçam relações tipo networkingcom com diferentes profissionais e variados empresários brasileiros. Os refugiados participantes são desta vez em sua maioria de países como Síria, Mali e República Democrática do Congo, possuem formação em áreas como Jornalismo, Tecnologia da Informação, Letras e Administração, entre outras áreas. O objetivo esperado pelos organizadores do Festival Path é promover contatos ou vivências enriquecedoras e inovadoras nas áreas de educação, entretenimento e negócios. Este festival de inovação e de novas tendências vai rolar neste fim de semana no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. Nos dois dias, atividades começam a partir das 9h. Em 2017, o evento chega a sua 5ª edição, oferecendo ao público uma rica programação de palestras, shows, filmes, feiras e espaços de diálogo ou até rodas de negociação que favorecem o intercâmbio de conhecimentos e relações socioculturais entre os participantes. nPara os que se interessam de alguma forma por exemplo para empregar mão de obra especializada de refugiados há o telefone do Festival Path para contatos (11) 94985-1734 e também o e-mail pachioni@unhcr.org. Eventualmente, podem também ser feitos contatos para matérias em jornias, rádios, TVs, blogs. Um evento feliz e alto astral que dá um clima de esperança a muitos jovens que chegam em busca de nova vida e que pode colocar definitivamente o Brasil no mapa do refúgio mais humanitário. Um avanço de cidadania também. 

Crianças palestinas adotaram o Brasil como país do coração

Brasil refúgio de milhares de pessoas oriundas de 80 países do planeta

Fontes: www.nacoesunidas.org
             www.festivalpath.com.br
             www.folhaverdenews.com

10 comentários:

  1. O Festival Path é um evento múltiplo: a sua programação é formada por palestras em diversos formatos (painéis, entrevistas, workshops, falas, entre outros), shows no Centro Cultural Rio Verde, na cobertura do Centro de Convenções e na Praça dos Omaguás, onde também acontece a feira gastronômica com foodtrucks, festival de filmes documentais, exposição de arte, rodadas de negócios, feira de startups, feira maker feira de games. Tudo fica muito próximo, num formato ideal para as pessoas transitarem pela Cidade Path a pé.
    Muitas das atividades acontecem ao mesmo tempo, então recomendamos que você monte sua própria agenda para aproveitar o fim de semana do Path ao máximo. Coloque este evento maior em sua agenda e no caso, o contato com os jovens universitários que são refugiados cadastrados pela ONU e que têm interesse no mercado de trabalho brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. O Panda Criativo é a empresa que criou e que organiza o Festival Path. Os sócios Fabio Seixas e Rafael Vettori buscam inovar na área eventos e o Path atua como plataforma para criar, promover e gerir iniciativas que usam a criatividade como ferramenta para transformar a sociedade. Além do Festival Path, O Panda organiza eventos como o PlusPlus!, o ShiftCineclub e a Concha e presta consultoria em inovação para marcas como Philps, Itaú, Multiplus e Reserva. Enfim, uma oportunidade também para contatos de valor para muita gente.

    ResponderExcluir
  3. Logo mais, mais informações por aqui nesta seção de comentários: você pode postar aqui a sua opinião ou se preferir enviar a sua mensagem para o e-mail da redação do nosso blog de ecologia e de cidadania, envie para navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  4. Outra opção é você contatar diretamente o editor de conteúdo deste blog para assim trocar informações ou enviar material (fotos, vídeos, sugestões de pauta ou de matérias), além de comentários, de críticas: participe e confira a próxima edição deste nossa seção de comentários ainda hoje, mais tarde.

    ResponderExcluir
  5. "Realmente, uma iniciativa feliz, nós brasileiros somos um povo de imigrantes e temos mesmo que abrir as portas pros refugiados com carinho e também com chances objetivas de integração deles em nosso país": comentário de João Alberto, advogado, que é ativista do movimento ecológico na região de Sorocaba (SP) e diz que "tentarei ir até o Path no domingo".

    ResponderExcluir
  6. "O Brasil com uma realidade tão triste e lamentável como está hoje em dia por causa dos políticos e da corrupção se engrandece em iniciativas como essa da ONU e do Festival Path": comentário de Marina de Góes Silva, de São Paulo, que conta ser descendente de quarta geração de portugueses vindos ao nosso país por volta de 1920.

    ResponderExcluir
  7. "Este evento Festival Path, além de todos estes conteúdos positivos citados aqui neste blog, é uma chance de vivência cultural, intercâmbio de gente de diferentes lugares, o que só enriquece todo mundo": comentário de Cássio Freires, videomaker e repórter da Rádio Difusora AM de Franca (SP).

    ResponderExcluir
  8. "Numa época de Trump, Le Pen, tantos preconceitos e violência contra os refugiados na Europa, nos Estados Unidos, em tantos lugares, esse evento Path é fora do comum no seu valor": comentário de Helena Brígida Tostes, de Embu das Artes (SP), artesã.

    ResponderExcluir
  9. "Curti o videoclip da La Baq, cidadã do mundo, brasileiro atuando no exterior e tem a ver com essa matéria aqui, o feliz evento Festival Path em busca de inovações e avanços mas também com o velho amor, o carinho humanitário por gente de todas as origens e lugares": comentário de Amadeu de Pádua, filólogo, de São Paulo, pesquisando na Bahia e o Nordeste e como ele diz "sempre dando uma olhada no blog do nosso movimento". A gente agradece, paz na luta.

    ResponderExcluir
  10. "Superlegal essa notícia, vou lá. E o video é duca, tem tudo a ver e sentir": comentário de Gustavo Porto, de São Paulo e da USP.

    ResponderExcluir

Translation

translation