quinta-feira, 10 de agosto de 2017

CLIMATEMPO SURPREENDE E O FURO DE REPORTAGEM SÃO CHUVAS INESPERADAS NO INTERIOR SECO DO PAÍS AGORA EM AGOSTO

Uma nova e grande frente fria traz chuva pro interior do país desde o  fim de semana e mais para a próxima semana inclusive por aqui  no mapa da seca e das queimadas entre nordeste paulista e o sudoeste mineiro, chegando até o Mato Grosso 
 
A melhor notícia é que estão para chegar duas frentes de chuvas por aqui
                           
Oferecimento                       
Uma notícia feliz para o povo de parte do interior do Brasil, Josélia Pegorim (Climatempo) informa nesta quinta- feira, 10 de agosto, que a última frente fria que passou pelo Brasil provocou temporais apenas ao sul do Brasil dia 8 de agosto. Mais, choveu até granizo, muitas nuvens carregadas, porém, o ciclone extratropical se afasta para o alto-mar e não influencia mais o país nos próximos dias. Contudo, de surpresa vem vindo aí outra frente fria, mais forte, que deve avançar pelo interior do continente. Esta frente fria tem potencial para provocar temporais generalizados sobre a região sul e desta vez para a alegria de muitas regiões interioranas, a chuva avança sobre boa parte do sudeste e do centroeste, embora não haja expectativa de chuva para todas as áreas de todo o interior brasileiro. 

Seca, queimadas e doenças respiratórias podem diminuir mesmo que não chova muito

Esta outra nova e surpreendente frente fria vai aliviar a secura e o calorão dos últimos dias também no Mato Grosso do Sul e até um pouco mais ao norte. Os estados de São Paulo e de Rondônia também serão beneficiados com chuva. A má notícia é que esta frente fria não deve conseguir avançar para áreas como o Espírito Santo, o norte de Minas Gerais ou o Distrito Federal muito carentes de melhorar os baixos índices de umidade relativa do ar e altos de seca, queimada, doenças respiratórias, problemas do meio ambiente e da saúde pública em muitas regiões do Brasil nesse inverno como em toda região de Brasília. 

Satélites e alguns sinais na natureza já mostram que choverá no interior
Notícia positiva também desta previsão do instituto Climatempo de meteorologia é que entre os dias 16 e 20 de agosto, haverá a passagem de outra frente fria pelo sul do Brasil, trazendo mais instabilidades que voltam a se espalhar sobre várias áreas do sudeste e também do centroeste. No interiorzão do país tem havido procissões, rezas e promessas para chover, o que está agora por acontecer,


Procissões e promessas do povão para chover por todo o interior

Por aqui foram ouvidos cantos de Seriemas ao amanhecer: sinal de chuva...
 Com estas duas frentes frias, inesperadas, deve chover mais do que a média normal para o mês em vários locais do sudeste, do centroeste e de todo o sul do país, mesmo que não sejam em grande volume, chuvas acontecerão também por aqui na divisa entre os estados de São Paulo e de Minas Gerais, desde a Serra da Canastra, Triângulo, Franca, Ribeirão Preto, podendo chegar até Belo Horizonte. Os mapas de satélites mostram estimativa de chuvas também para estas áreas até o dia 19 ou 20 de agosto. Climatempo já preparou até uma mapa a média climatológica de chuva em pleno agosto, época que quase sempre no Brasil apesar das ventanias predomina a seca e os problemas dela decorrentes. "Não nesse caso os meteorologistas, cientistas do tempo, mas nós, os ecologistas e ativistas do movimento de cidadania, já vínhamos criticando a falta duma gestão ambiental sustentável em todo o país, também por aqui no interior, capaz de prever ou de evitar surtos de doenças respiratórias, aumento de queimadas ou incêndios rurais e urbanos, infelizmente, as autoridades políticas não gerenciam o setor climático, a dano do ambiente e da saúde da população. Só mesmo a natureza, surpreendendo com chuvas ainda que localizadas ou relativas em pleno agosto nos consolam e ajudam nossa qualidade de vida agora", é o que comentou ao editar este post de hoje aqui no blog nosso editor de conteúdo o repórter ambientalista Antônio de Pádua Silva Padinha: "Deus e a natureza, com estas chuvas surpreendentes nos salvam dum caos no ambiente e na saúde pública mais uma vez agora, mas é cada vez mais urgente uma gestão governamental que previna e atenue os problemas que vêm junto com a seca, prevista muitos meses antes de acontecer, tempo os políticos têm para planejar e agir, não falta hoje tecnologia, você sabe então o que falta".

Só a natureza e as chuvas inesperadas em agosto para nos salvar da seca e doenças

(Confira mais informações e mensagens na nossa seção de comentários do blog da ecologia)
 
             www.folhaverdenews.com

7 comentários:

  1. Magno Quirino, que mantém um sítio nos limites da área urbana de Franca (SP) nos alertava aqui na redação do blog que ouvira cantos de Seriema ao amanhecer nesses dias. Segundo ele, há uma tradição no interior, quando se ouvem Seriemas cantando de manhãzinha é sinal de chuva.

    ResponderExcluir
  2. Por causa da mensagem de Magno Quirino, a gente foi investigar e surpreeendentemente um dos melhores institutos de meteorologia está mesmo confirmando duas novas frentes chegando e novas chances de chover dpor volta dos dias 14 e 19 de agosto agora, segundo mapas de satélite e previsões Climatempo.

    ResponderExcluir
  3. Por aqui e em todo o interiorzão, como aos pés e em torno da Serra da Canastra (nascente do rio São Francisco), onde rios, córregos e nascentes estão secas demais, tem havido procissões, promessas e rezas do povo pedindo chuva a Deus. Foram ouvidos.

    ResponderExcluir
  4. Você pode colocar aqui sua informação ou comentário mas se preferir envie mensagem pro e-mail da nossa redação que postamos para você, mande para este webendereço navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. Você também pode contatar nosso editor de conteúdo do blog pelo e-mail padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. "Tomara que Climatempo acerte na previsão que a coisa está brava em várias regiões, pena que daqui mais para o norte de Minas, talvez não chegue nenhuma chuva ainda, o pior é a imprevisão dos nossos políticos, que sabiam que essa época seria seca com queimadas e doenças, não fazendo quase nada para minorar a situação": comentário de José Santos Aragão, de Belo Horizonte (MG), corretor de seguros de atuação regional.

    ResponderExcluir
  7. "Realmente, Climatempo surpreende mais uma vez, a maioria dos meteorologista afirmavam que chuva só em setembro, quanto aos governos de todas as esferas falta mesmo previsão de problemas e gestão ambiental nesse país, onde a saúde pública é precária e não tem como socorrer crianças e outras pessoas com doença respíratória": comentário de Júlia Aparecida, de Brasília (DF), funcionária pública que veio do Rio de Janeiro onde tem família, "lá não tem faltado tanto chuva mas o problema é o excesso de violência".

    ResponderExcluir

Translation

translation