quarta-feira, 15 de novembro de 2017

PESQUISA FEITA AGORA POR ENTIDADE DO REINO UNIDO MOSTRA QUE O POVO BRASILEIRO É BOM E DO BEM APESAR DOS POLÍTICOS E OUTROS TANTOS QUE ENVERGONHAM NOSSO PAÍS


Autossatisfação e apoio a causas humanitárias, religiosas ou sociais  explicam tantas doações de brasileiros e brasileiras segundo o estudo Country Giving Report realizado agora nestes dias no Brasil através da Internet

 

 
Country Giving Report Brasil revela ao mundo que nossa gente é do bem



 
Nesta semana, mais notícias de corrupção, propina, desvios de políticos e de empresários até também da maior rede de televisão do país, porém, a informação que nos dá um alento de cidadania vem duma pesquisa realizada através duma entidade especializada em medir a solidariedade humana em vários lugares do planeta: a pesquisa feita pela Charites Aid Foundation, instituição ligada ao estímulo à caridade e sediada no Reino Unido, chamada de Country Giving Report Brasil chegou ao fim como revelações positivas sobre a índole do povo brasileiro, bom e do bem, segundo os dados levantados ao longo de 2 meses de trabalho. A conclusão em resumo é que  o brasileiro é generoso e se sente bem ao exercer a generosidade, a pesquisa revela que 68% dos brasileiros fizeram alguma doação em dinheiro no último ano e metade deles foi movida pelo desejo de bem estar pessoal ou de autossatisfação, de toda forma, o levantamento que ouviu 1.313 pessoas, maiores de 18 anos e com acesso à Internet, colheu números e dados distribuídos por todas as regiões brasileiras. O que era um mito, a bondade da nossa gente, agora é um fato da realidade. 
 
 
 

 A formação do nosso povo também explica este fato





"Os brasileiros estão engajados nas causas sociais e dispostos a contribuir para a solução de problemas", comentou através da Agência Brasil Paula Fabiani, diretora-presidente do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis), voltado ao apoio ao investidor social e que foi responsável pela realização desta pesquisa por aqui. Segundo o estudo, feito entre junho e julho deste ano, cada doador desembolsou em média R$ 250 nos últimos doze meses. Se entre os que ganham mais os valores doados são maiores, quem tem rendimento menor fez doações proporcionalmente ainda mais generosas. Este fato amplia o valor da generosidade, algo que dignifica nossa gente, ainda mais num momento como esse da atualidade, com tanto corrupção, desvios, vantagens indevidas e atos degradantes em termos de cidadania. Na faixa dos que recebem mais de R$ 100 mil ao ano, a média doada foi de R$ 352, enquanto aqueles cuja renda é inferior a R$ 10 mil anuais doaram R$ 120 em média. O levantamento não avaliou o montante total doado pelos brasileiros, mas com base numa projeção de pesquisas anteriores o volume de dinheiro doado poe cidadãos e cidadãs de boa vontade no Brasil chega a R$ 13,7 bilhões.


 Exemplos como dos Médicos Sem Fronteiras também ajudam


(Confira na seção de comentários deste nosso blog de ecologia e de cidadania mais algumas dados desta pesquisa bem como outras informações relacionadas e mensagens)

 


 Campanhas como a feita por Messi nas redes sociais, também



De toda forma uma boa notícia nesse país assolado por corruptos


Fontes: Agência Brasil
             www.folhaverdenews.com

8 comentários:

  1. Aqui, mais alguns dados deste estudo Country Giving Report Brasil, no fundo, se trata da mais pura cidadania o amor ao próximo em causa justas.

    ResponderExcluir
  2. "Quase metade dos doadores (49%) declarou ter doado para organizações religiosas, tanto para as igrejas diretamente quanto para projetos desenvolvidos por elas. Em seguida, aparecem doações a trabalhos dirigidos às crianças (42%) e aos pobres (28%)": comentário feito pela entidade Charites Aid Foundation ao divulgar esta pesquisa internacionalmente.

    Pouco mais da metade dos pesquisados (52%) realizou trabalho voluntário nos últimos 12 meses. Nesse quesito, o apoio a organizações religiosas também liderou (40% ) e os jovens de 18 e 24 anos foram os que mais participam (39%).

    Além da satisfação pessoal, outros motivos que levam o brasileiro a doar são a defesa de uma causa (41%) e a crença de que todos devem ajudar a resolver os problemas sociais (40%).

    ResponderExcluir
  3. "Todas estas doações, além de caridade ou de solidariedade humana ou ainda cidadania são tudo o que nossos governantes, políticos e também muitos dos empresários mais ricos do Brasil não fazem": comentário de Rubens Gonçalves Silva, de São Paulo, comerciante, que informa ser voluntário na doação de sangue.

    ResponderExcluir
  4. Você pode e deve colocar aqui seu comentário, sua informação, sua opinião: pode também enviar esta mensagem para o e-mail da redação deste nosso blog navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  5. Entre em contato com nosso editor de conteúdo para críticas, sugestões, mensagens, comentários ou para nos enviar material como vídeo, fotos, levantamentos ou seja o que for, envie com liberdade pro e-mail padinmhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. "Incrível é a palavra para dizer da doação de brasileiros ou brasileiras mais pobres e ainda mais abertos a causas humanitárias ou de cidadania": comentário de Paula Fabiani,que preside o Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis).

    ResponderExcluir
  7. "Um tapa de pelica dos políticos, autoridades e milionários que fazem fortuna às custas da corrupção, propinas e vantagens indevidas, algo que mancha nosso país": comentário de Maria Alda, estudante da Unesp, faculdade de Serviço Social.

    ResponderExcluir
  8. "Eu também vejo que Os brasileiros estão engajados nas causas sociais e dispostos a contribuir para a solução dos nossos problemas como comentou Paula Fabiani, mas há um detalhe, os governantes, os políticos em geral, estão desengajados completamente do povo, estão em outra, têm outros interesses, aí o Brasil não avança": comentário de Aiovaldo Batista, de Belo Horizonte, formado em Economia pela PUC de Minas.

    ResponderExcluir

Translation

translation