quinta-feira, 23 de novembro de 2017

UM PEQUENO GRANDE PROJETO QUE DEVERIA SER FEITO TAMBÉM POR AQUI E EM TODO O BRASIL PARA RECUPERAR A ECOLOGIA DAS NOSSAS ÁGUAS



O reflorestamento de nascentes e matas ciliares que está sendo feito por ecologistas junto a um rio do Tocantins seria vital também pro Rio Grande, Pardo, Sapucaí ou São Francisco e todos os que precisam ser revitalizados por aqui no interior do Brasil (antes que seja tarde d+)


Trabalho para recuperar a ecologia é vital lá ou aqui


Reflorestamento de Nascentes e Matas Ciliares em Taquarussu, Tocantins - Ecossistema Cerrado e Amazônia -  local Palmas/TO - Enquadramento legal: trabalho voluntário - Status do projeto: Ativo - Esta súmula na página do site ecologica.org.br resume como vai indo o processo lá, algo que não exige investimentos grandes demais e que poderia vir a ser uma forma bem eficaz de gestão ambiental sustentável das prefeituras do interior do país e também por aqui em nossa região, onde, por exemplo, o Comam (consórcio regional de cidades daqui) poderia bancar e incentivar algo similar, com apoio de empresas de toda a macrorregião. Este conteúdo de educação socioambiental leva a gente a divulgar esta iniciativa de muito valor, embora ela seja quase anônima no Brasil da desnatureza e da falta de ação sustentável, é fundamental para reequilibrar o meio ambiente: vamos abrir nosso webespaço para este modelo de reflorestamento de nascentes e de matas ciliares em Taquarussu. Tem um Taquarussu em cada microrregião brasileira e então, nosso blog Folha Verde News ligado ao movimento ecológico, científico e de cidadania, chegando em breve à marca de 500 mil visualizações  na web (segundo medição oficial do Google), divulga e enaltece esta iniciativa, mostrando o seu modus operandi para que alguma coisa semelhante se faça também em outras regiões do Brasil, quase todas sem nenhuma gestão ambiental governamental, todas sem exceção com pouco ou quase nada de avanço em gestão sustentável mesmo nesta época atual em que (conforme cientistas alertam) a ecologia é o principal fator de desenvolvimento de verdade, que venha a ser capaz de equilibrar os interesses econômicos nesse país ruralista e urbanista com os ecológicos, a bem da nossa última natureza, ajudando por acréscimo também a saúde da população.
 
Uma das nascentes do Taquarussu sendo recuperadas

O Taquarussu e quase todos os rios precisam ser revitalizados



Modus operandi: a grande maioria da população de Palmas, no Tocantins, usa a bacia hidrográfica de Taquarussu como fonte de água. Nos últimos anos, no entanto, houve uma redução drástica do fluxo de água na bacia. O reflorestamento das nascentes na região da bacia de Taquarussu pode ajudar a resolver esse problema enorme, assim como o sequestro de carbono, a restauração dos serviços de ecossistema e benefícios de alcance socioambiental e até de saúde pública. O projeto já em andamento (terá um ano de operação) visa reflorestar inicialmente 32 nascentes (26 hectares), sequestrar aproximadamente 5.000 tCO2e em 30 anos; melhorar as condições legais e ambientais de pequenas propriedades rurais; gerar empregos; criar atividades de demonstração para agricultura para mitigar as mudanças climáticas e fornecer serviços ambientais.


Voluntários da ecologia na região do rio Taquarussu

 A ação começa com a coleta de lixo junto a nascentes

A mídia da região apoia oa voluntários da ecologia


O método de implementação do Instituto Ecológica envolve a criação de novos viveiros de árvores para plantar espécies nativas, além da experiência em gerenciamento de viveiros e uso da mão de obra local, gerando empregos e benefícios para a restauração da ecologia de nosas águas. Vai ser reflorestada a área legal de floresta (50m) em volta de cada nascente, totalizando 0,8ha por nascente. A densidade média de plantação será 1.111 mudas/ha.

O viveiro de mudas nativas é o primeiro passo


O envolvimento da comunidade também será um fator de importância para manter o projeto. A comunidade será responsável por colher e fornecer as sementes para o viveiro e para o reflorestamento das nascentes. Estima-se que um total de 20 a 30 pessoas estão sendo treinadas sobre coleta de sementes na região do Rio Taquarussu, com um viveiro (plantio de sementes e manutenção das mudas), plantio no campo em torno das nascentes e junto a matas ciliares, com gente treinada para a manutenção do reflorestamento. Estes voluntários da ecologia poderão assim praticar o amor pela nossa natureza e a população ou as autoridades públicas e empresas regionais serão motivadas ainda a reconhecer o premiar de alguma forma o trabalho destes cidadãos e cidadãs.


O ecoturismo junto ao Rio Taquarussu...

..e eventos regionais ecológicos ou culturais...


...ajudam a levantar recursos para oTaquarussu

Um resumo dos benefícios do reflorestamento de nascentes

  • Aumento da qualidade e quantidade de água nessa bacia hidrográfica
  • Redução da emissão de gases de efeito estufa
  • Conservação do solo
  • Restauração do habitat para a fauna local
  • Geração de renda para a comunidade
  • Disseminação de conhecimento e recuperação de ecossistemas 

  Medidas essenciais para este pequeno grande projeto ecológico

 

Recuperação das nascentes através do plantio em torno das águas...
...já traz de volta turistas e recursos à região
  • Capacitação de pessoas para as acções 
  • Conservação dos recursos hídricos
  • Criação de viveiros de mudas em toda a região
  • Reflorestamento em todos os locais mais agredidos
  • Geração de empregos ao longo da execução dos trabalhos
  • Sequestro de carbono
  • Venda de créditos de carbono para recuperar investimentos
  • Formação de um pool de empresas amantes da natureza 
  • Ecoturismo regional...

     (Confira mais informações na seção de comentários aqui no nosso blog)


    Fontes: www.ecologica.org.br
                www.folhaverdenews.com

7 comentários:

  1. "O ano de 2016 foi agonizante para as comunidades do Tocantins com a longa permanência de uma seca avassaladora que atinge o estado. Com um trabalho em conjunto, o Instituto Ecológica está entregando a essas comunidades esperança e conscientização com o Projeto de Reflorestamento de Nascentes na Bacia do Ribeirão Taquarassu": comentário no site da entidade.

    ResponderExcluir
  2. "Ainda no final de 2015, o Instituto Ecológica foi selecionado para receber recursos de um fundo internacional com o objetivo de promover a restauração florestal em áreas degradadas. O projeto submetido pelo Instituto Ecológica contempla a construção de um viveiro florestal para a produção de mudas nativas, que serão utilizadas para restaurar primeiro 20 nascentes e outras 32 degradadas na Bacia do Ribeirão Taquarussu, um dos principais mananciais que abastecem Palmas, a capital do Estado do Tocantins, hoje o projetop já dá resultados positivos": comentário de Marcelo Haddad no Projeto Nascentes

    ResponderExcluir
  3. "A primeira etapa do projeto foi a construção do viveiro no ponto central da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Taquarussu. Depois, passamos a coletar sementes de espécies arbóreas/arbustivas nativas da região, presentes em áreas de nascentes e matas ciliares para a produção de mudas – cerca de 20.000 mudas de 35 espécies diferentes. Foi então que identificamos as nascentes degradadas aptas a receberem as atividades de restauração e iniciamos o plantio e a manutenção das mudas nativas. Até agora, reflorestamos metade das nascentes degradadas, de todas nascentes identificadas, apenas poucas possuíam água, fato decorrente da forte estiagem. A presença de fatores de degradação na Bacia Hidrográfica é marcante. Na maioria delas foi encontrada sinais de fogo, gado, e trilhas de motos, poluição, erosão": comentário também de Marcelo Haddad no Projeto Nascentes.

    ResponderExcluir
  4. O maior desafio tem sido a conscientização da população sobre a importância da conservação de nascentes e mata ciliares para a manutenção da qualidade e quantidade de água dos mananciais.
    Além disso, todos os anos ocorrem incêndios de grandes proporções na região, incontroláveis, que são provocados no meio rural da região. É importante a população tomar conhecimento das consequências do uso do fogo, que normalmente fogem do controle na época da seca, e causam enormes prejuízos ambientais para toda a biodiversidade em torno do Rio Taquarussu.

    ResponderExcluir
  5. Logo mais, mais dados, comentários, mensagens, você pode também manifestar aqui a sua opinião sobre esta pauta de hoje sobre a revitalização de um rio no Tocantins (algo que deveria ser feito em todas as regiões do país): se precisar, envie um e-mail para nossa redação do blog que aí postamos sua mensagem: navepad@netsite.coim.br

    ResponderExcluir
  6. Para nos enviar informações, material como vídeo ou fotografias ou ainda comentário ou sugestão de matéria, neste ou noutro tema, contate o nosso editor de conteúdo aqui deste blog de ecologia padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. "As prefeitura e empresas de toda região deveriam mesmo fazer algo similar a isso, temos que tomar a iniciativa porque governantes e políticos em geral não estão nem aí pro meio ambiente": comentário de Ana Lúcia, de Juiz de Fora (MG), geógrafa, que informa sobre o processo de erosão e também de desbarrancamentos por lá.

    ResponderExcluir

Translation

translation